• Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Posto Aliança
  • Farmaduty

A decisão do Campeonato Piauiense Sub-19 foi um sucesso, a começar pela presença de um belo público no Estádio Lindolfo Monteiro. No campo River e Fluminense mostraram um futebol de muíta luta em busca da vitória.

4ff688aca0e93cfbc0d9ce4c3998f669Foto - Elziney Santos - FFP

E não faltaram momentos de emoção para as duas torcidas, proporcionados por intervenções sensacionais do goleiro Sebastão (Fluminense), pênalti perdido, bola na trave oportunidades desperdiçadas. Enfim, tivemos quase tudo que se espera de uma decisão.

No final a vitória foi do Fluminense por 2 x 0, mas o River criou inúmeras situações para mudar o placar e não aproveitou.

Durante o primeiro tempo o Fluminense construiu a vitória com 2 gols. Logo aos 3 minutos da fase final o River poderia ter mudado a história da decisão, mas Felipe Codó cobrou um pênali e o goleiro Sebastião defendeu.

No mesmo lance foi expulso o zagueiro Pedro Luca. Com apenas 10 jogadores, o Flumiense teve dificuldades para conter a pressão riverina e nos instantes mais difíceis estava lá o goleiro Sebastião para garantir a vitória.

No final do jogo a moçada do Fluminense fez uma tremenda festa para comemorar a conquista do título e receber o troféu Coronel Renato de Sousa Lopes, entregue por Renato Filho.

A Federação trabalhou muíto bem na organização do jogo e na festa final. A Semel fez o mesmo no funcionamento do Estádio Lindolfo Monteiro. Em campo o comportamento dos jogadores foi nota dez.

Ficha técnica de Fluminense 2 x 0 River

Local - Estádio Lindolfo Monteiro

Gols - Lucas Camarão e Salvino, este cobrando pênalti, aos 6 e aos 39 minutos, ambos no primeiro tempo.

Fluminense - Sebastião; China, Pedro Luca, Vítor Moisés e Cadim (Mário): Edinaldo (Zé Mendes), Ánderson ( Paulo Fabrício), Tiago (João Vítor e João Guilherme; Lucas Camarão(Pedro Paulo) e Salvino. Técnico - Carlos Alberto.

River - Carlos Eduardo; Ruan (Danilo), Geovani, Lucas e Clémer (Dudu); Arielton, Léo (Felipe Codó), Romarinho(Erisvaldo) e Luquinha(Leonardo); Paulo Rodrigo e Cássio(Matias). Técnico - Mael Reis.

Árbitro - Antônio Dib Moraes Sousa; Assistientes - Márcio Iglésias e Álisson Lima; 4º árbitro - Jadiel da Rocha; Analista de campo - Adowilson da Silva.

Excelente atuação da arbitragem.

Com o título conquistado o Fluminense será representante piauiense na Copa São Paulo, Copa do Nordeste e Copa do Brasil. O River estará presente na Copa São Paulo, com o próprio Fluminense.

TAÇA TERESINA SUB-13

Na preliminar de Fluminense 2 x 0 River a Semel realizou a decisão da Taça Teresina de Futebol Sub-13. A Fundação Mateus ficou com o título ao vencer o River por 2 x 1, com 2 gols de Luís Fernando e Faendel para o River.

A premiação do Sub-13 ficou assim:

Campeão( Fundação Mateus ) - Troféu Prefeito Firmino Filho e R$ 3.000,00.

Vice-campeão (River) - Troféu Senador Ciro Nogueira e R$ 2.000,00.

Artilheiro - João Gabriel(Escolinha do Catita) com 11 gols. Troféu Deputado Júlio Arcoverde e R$ 250,00.

Melhor goleiro - Yago (Fundação Mateus). Troféu Carlos Said e R$ 250,00

 

Fonte:cidadeverde.com

Dando sequência aos jogos do Campeonato Os Quarentões, a bola vai rolar logo mais às 19h30min no Comércio Esporte Clube com os jogos Federal x Câmara, em seguida Barão de Grajaú x Havai.

WhatsApp Image 2019 05 16 at 19.25.14Campeonato Os Quarentões. (Imagem:Carlos Iran/jc24horas)

A equipe organizadora que tem a frente o Repórter Carlos Iran e o Desportista Francalino, convidam a população para esse grande evento futebolístico.

 

Da redação

O Santos avalia que saiu de Minas Gerais com um bom resultado na quarta-feira (15): o empate por 0 a 0 com o Atlético-MG, na Arena Independência, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O time paulista precisa de uma vitória simples em casa para avançar às quartas.

10445f4dcacd0e6f0421ec5a6f96785bFoto - Santos FC

Após um primeiro tempo bom e um segundo no qual viu o adversário crescer, o auxiliar Jorge Desio, que substituiu o suspenso Jorge Sampaoli, classificou o empate como justo e não lamentou o resultado.

"Resultado não é ruim, tendo em conta a qualidade do mandante e os jogadores da equipe contrária. Não é um resultado para lamentar. Tentamos a vitória, como sempre, mas por ser visitante, não é algo ruim e me parece justo o resultado", disse Desio.

No entanto, o time que enfrentou o Atlético fora pode ser muito diferente da equipe que terá a missão de bater os mineiros no dia 6 de junho, data da partida de volta. Isso porque quatro estrangeiros já apareceram na pré-convocação de suas seleções para a Copa América: Aguilar, Cueva, Derlis González e Soteldo.

Além deles, o meia Carlos Sánchez também tem chances de ser chamado pelo Uruguai e o atacante Rodrygo já foi convocado pela seleção pré-olímpica, ou seja, os desfalques podem chegar a seis nomes.

O Santos pediu a liberação da revelação vendida ao Real Madrid (ESP) e está otimista em conseguir, assim como também requisitou que a partida de volta diante do Atlético-MG seja antecipada, mas sabe que é difícil devido ao calendário atleticano, que também disputa a Copa Sul-Americana.

Dos seis jogadores que podem ficar fora do confronto, três foram titulares no jogo de ida (Aguilar, Derlis e Rodrygo) e outros dois entraram no decorrer da partida (Soteldo e Cueva).

Se não puder contar com nenhum deles, o Santos teria apenas Eduardo Sasha no ataque. Outros atletas do setor não vêm sendo utilizados, como Copete, Kaio Jorge e Yuri Alberto -este está no time sub-20.

EDER TRASKINI
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

Fluminense e Cruzeiro chegam ao jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, a partir das 21h30 desta quarta-feira (15), no Maracanã, em cenários parecidos de instabilidade, que vêm desde o início do Campeonato Brasileiro.

cf645884866a38f348c5de23e4389268Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

Entre os cariocas, a avaliação é de que o time tem atuado bem, mas peca em garantir resultados. Foram três derrotas em quatro jogos no Brasileiro, a última delas para o Botafogo, por 1 a 0, no sábado (11), uma semana depois da histórica virada sobre o Grêmio por 5 a 4.

"A gente vem apresentando um bom futebol mesmo na derrota, com maior posse de bola em quase todos os jogos. As derrotas serviram de aprendizado, e espero que o time não cometa os mesmos erros", disse o volante tricolor Allan.

Já o clube mineiro aparecia invicto na temporada até estrear no Brasileiro, quando perdeu para o Flamengo. De lá para cá, venceu Ceará e Goiás, mas saiu derrotado contra o Emelec (EQU), pela Taça Libertadores, e diante do Internacional no domingo passado (12), por 3 a 1, no Beira-Rio.

"Temos que jogar bem e voltar a vencer. Tem coisas que deixamos de fazer e temos de retomar imediatamente", disse o meia celeste Robinho, que volta ao time após ter sido poupado por desgaste muscular.

Na Copa do Brasil desde a primeira fase, o Flu já eliminou River-PI, Ypiranga-RS, Luverdense (MT) e Santa Cruz (PE). O Cruzeiro, atual campeão do torneio, se classificou direto às oitavas por disputar a Libertadores.

Em campo, o Fluminense deverá ter a mesma formação do recente clássico, enquanto o time celeste terá, além de Robinho, os reforços Marquinhos Gabriel, Raniel e Orejuela, liberados pelo departamento médico.

 

Fonte: Folhapress