O zagueiro Bruno Méndez, capitão da seleção sub-20 do Uruguai, assinou contrato com o Corinthians até 2023. O clube de Parque Jorge confirmou hoje o acordo, mas o uruguaio já treinava no CT Joaquim Grava nas últimas semanas.

22c5e25320a48e59bb9f90f53d1e9033Imagem: Reprodução/Twitter

O clube paulista fez algumas postagens nas redes sociais antes de confirmar o acerto. O Corinthians postou o zagueiro, mais novo, com a camisa do Alvinegro, e ainda divulgou um vídeo da sirene do Parque São Jorge anunciando o reforço, prática bastante utilizada até o início da década passada.

O defensor foi contratado do Montevidéu Wanderes, do Uruguai, por US$ 3,5 milhões (R$ 13 milhões), que serão pagos de forma parcelada. Aos 19 anos, Méndez já é uma das grandes promessas do futebol uruguaio.

Estreou como profissional em 2017 e em apenas um ano chegou à seleção: jogou dois amistosos da Celeste em novembro, contra Brasil e França. Ele foi o capitão do Uruguai no Sul-Americano sub-20.

Atualmente, o técnico Fábio Carille conta com quatro zagueiros no elenco profissional: Henrique e Manoel, a dupla titular hoje, além de Pedro Henrique e Marllon. Até semana passada o time ainda contava com o jovem Léo Santos, mas ele foi emprestado ao Fluminense ate dezembro deste ano.

 

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

O técnico Tite convocou nesta quinta (28) a seleção brasileira para os amistosos contra Panamá e República Tcheca, que acontecem em março. A principal novidade é a presença de Vinícius Júnior entre os convocados. O atacante convenceu o treinador após a sequência como titular do Real Madrid.

f7c01287a31897fa05dac6329fb475c6Fotos: Fernando Torres / CBF

Como já havia sido antecipado, Lucas Paquetá foi chamado pela primeira vez. O jogador chegou ao Milan recentemente, conquistou o técnico Gennaro Gattuso e ganhou espaço entre os titulares.

A convocação também marca o retorno de Daniel Alves à seleção brasileira. O lateral-direito do PSG perdeu a Copa do Mundo de 2018 e os amistosos do segundo semestre devido a uma lesão.

Já a maior ausência é Neymar. Como previsto, o atacante do PSG ainda se recupera de uma lesão no pé direito e não participará dos jogos. Outro nome que está fora da lista é o do lateral Marcelo, que perdeu espaço no Real Madrid e virou reserva nos últimos jogos.

A convocação divulgada hoje, primeira de 2019, é a última antes da lista oficial para a disputa da Copa América, que será realizada em junho, no Brasil.

O Brasil enfrenta o Panamá, em Portugal, no dia 23 de março. Já no dia 26, a seleção encara a República Tcheca, em Praga

0fadcbd1e5b519147a6328e7c5109b4a

.Confira a lista completa:
GOLEIROS
Alisson
Ederson
Weverton

LATERAIS
Alex Sandro
Danilo
Daniel Alves
Eder Militão
Filipe Luis

ZAGUEIROS
Marquinhos
Miranda
Thiago Silva

MEIO-CAMPISTAS
Alan
Arthur
Casemiro
Fabinho
Felipe Anderson
Lucas Paquetá
Philippe Coutinho

ATACANTES
Everton
Roberto Firmino
Gabriel Jesus
Richarlison
Vinicius Júnior

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

O Santos foi eliminado da Copa Sul-Americana, ainda na primeira fase, nesta terça-feira (26), ao empatar em 1 a 1 com River Plate-URU, no Pacaembu -com portões fechados, por punição da Conmebol.

d9e6e27bde6d45330885a05f5adcf5f1Foto: Ivan storti | Santos FC

Com um empate sem gols na partida de ida, em Montevidéu, os santistas precisavam de uma vitória neste segundo duelo para avançar. A classificação foi definida, portanto, pelo critério de gols marcados fora de casa, favorável aos uruguaios.

O time paulista tomou a iniciativa na etapa inicial, mas foi anulado pela forte retranca uruguaia. No início do segundo tempo, acabou ainda sofrendo gol em jogada de contra-ataque, com finalização de Mauro da Luz, que até driblou Vanderlei.

Os santistas seguiram pressionando, mas com pouca efetividade. O gol de empate só saiu aos 41min do segundo tempo, com Jean Mota.

O técnico Jorge Sampaoli havia até poupado jogadores no clássico do último domingo (24), contra o Palmeiras, visando a competição continental, a única do tipo no calendário santista -restam agora Paulista, Brasileiro e Copa do Brasil.

O veto à torcida santista no estádio foi determinado após a confusão entre torcedores e a Polícia Militar no jogo de volta das oitavas de final da Libertadores do ano passado, contra o Independiente (ARG), no mesmo Pacaembu. Ainda há um jogo com portões fechados a ser cumprido.

Fonte: Folhapress

O Grêmio já está garantido nas quartas de final do Campeonato Gaúcho. Nesta segunda (25), mesmo em ritmo mais lento, o time de Renato Gaúcho venceu o Veranópolis por 2 a 0 em Porto Alegre.

707ae6b4623f84036810f0a1a9aed5deFoto: Lucas Uebel/Grêmio

Marinho, duas vezes, garantiu a vitória que carimbou classificação com três rodadas de antecipação. A partida, que marcou a volta de Portaluppi após curso de treinador da CBF, também foi o último teste antes da estreia na Libertadores.

Agora o Grêmio soma 20 pontos em oito jogos no Gauchão. Está quatro pontos a frente do Inter, segundo colocado, e não pode mais sair da zona de classificação.

A polêmica pelo vídeo se declarando ao Flamengo está no passado. Bem no passado. Marinho foi o jogador mais empenhado do time, talvez de olho em vaga no primeiro compromisso da Libertadores - semana que vem.

Foi oportunista para abrir o placar e depois contou com a sorte para ampliar o marcador: tentou cruzamento e acertou o canto direito do goleiro Reynaldo. Maicon, autor do passe para o primeiro gol, merece menção honrosa.

Pedro Geromel até errou mais que o habitual, mas contra um adversário quase nulo ofensivo os vacilos passam batido. O mesmo não pode ser dito de Everton, artilheiro do Grêmio em 2018. O meia-atacante foi muito discreto durante a partida e se limitou a distribuir passes laterais.

As arrancadas e os dribles não apareceram. Na próxima rodada do Gauchão, o Grêmio recebe o São José-POA em 9 de março. No dia 6, o time estreia na Libertadores contra o Rosario Central, na Argentina.

A postura do Veranópolis induziu o Grêmio a fazer um início sonolento. Beirando a displicência em alguns momentos. Ainda assim, com ritmo de treino, o time da casa conseguiu se impor. A intensidade de Marinho foi uma das boas notícias do primeiro tempo. O meia-atacante, não à toa, abriu o placar.

A jogada por si só entrega o panorama da partida: Maicon se deslocou e aparece na meia esquerda. Dali, fez um lançamento com quê de passe teleguiado e Marinho cabeceou.

No segundo tempo também coube a Marinho o papel de artilheiro. Do lado direito, ele tentou um cruzamento e a bola saiu mais fechada. Reynaldo, goleiro do 'VEC', se enganou e a bola entrou.

Arma poderosa do Grêmio nos últimos anos, o lado esquerdo ficou quase esquecido durante a partida. Bruno Cortez foi pouco acionado, apoiou menos do que em outras partidas e assistiu Everton também fazer papel de mero coadjuvante na atuação do time tricolor.

O flanco foi substituído pela zona oposta, com a mobilidade de Marinho e disposição total de Leonardo. Renato volta do curso em versão elétrica De volta à beira do campo, Renato Gaúcho deu sinais de saudade. O treinador gesticulou com intensidade desde os primeiros minutos.

Deu bronca no time várias vezes e também usou as mãos para aplaudir Marinho em seus lances agudos. Equipado com capa de chuva, o treinador retomou a rotina depois dos dias no curso de treinadores da CBF.

Na reta final do jogo, Renato fez as três trocas e com elas o Grêmio criou mais chances de gol. A atuação do segundo tempo já tinha melhorado, na comparação com a primeira etapa, mas com as substituições houve mais gás.

O placar não mudou por detalhes - centímetros de mais em um chute de Montoya e a cabeça de um zagueiro na conclusão de Matheus Henrique.

JEREMIAS WERNEK
PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS)