O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) afirmou que Alan García "não resistiu à maré corruptora" e classificou o ex-presidente do Peru, que se suicidou na quarta-feira (17), como populista.

0e2d934280bbae6f2210067f4396e515Foto: Antonio Cruz/ABr

García, 69, era acusado de envolvimento no escândalo da empreiteira brasileira Odebrecht, que declarou ao Departamento de Justiça americano ter pago US$ 29 milhões em propinas e caixa 2 no Peru.

FHC relembrou que García foi seu aluno quando lecionava na França.

"Ou restabelecemos a simplicidade no viver e o respeito à lei ao governar, ou há risco de ditadores enganarem o povo com discursos morais enganosos" escreveu ele em uma rede social nesta quinta-feira.

O corpo de García, que foi presidente de 1985 a 1990, e de 2006 a 2011, está sendo velado nesta quinta na sede de seu partido, o Aliança Popular Revolucionária Americana (Apra).

O ex-presidente morreu na quarta-feira (16) em um hospital de Lima após dar um tiro contra a cabeça quando a polícia judiciária anunciou uma ordem por sua prisão por 10 dias por um caso de suposta lavagem de ativos ligado à empreiteira brasileira Odebrecht.

A arma usada tinha sido um presente da Marinha de Guerra peruana durante seu mandato.

O governo decretou três dias de luto nacional, de 17 a 19 de abril, mas a família rejeitou qualquer homenagem.

O partido atribui o suicídio de García a uma perseguição de setores da imprensa e da promotoria responsável pelas investigações.

Fonte: Folhapress

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, decidiu hoje (18) arquivar sua decisão que impediu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de conceder entrevistas à imprensa.

ab7db5eae742d2c1811486f0391638a3Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Desde 7 de abril do ano passado, Lula está preso na carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba para cumprir pena inicial de 12 anos e um mês de prisão, imposta pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP).

Com a medida, o ex-presidente poderá conceder uma entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, que teve pedido rejeitado pela Justiça Federal em Curitiba.

Após a decisão, Toffoli enviou o caso para Lewandowski, que deverá determinar a autorização para a entrevista.

"Determino o retorno dos autos ao gabinete do relator para as providências cabíveis, uma vez que não há impedimento no cumprimento da decisão proferida pelo eminente relator nesta ação e naquelas apensadas", decidiu.

No ano passado, durante as eleições, Toffoli suspendeu uma decisão do ministro Ricardo Lewandowski que liberava a entrevista.

Nesta quinta-feira, ao analisar a questão novamente, o presidente informou que o processo principal do caso, relatado por Lewandowski chegou ao fim e a liminar de Toffoli perdeu o efeito.

Antes de o caso chegar ao STF, a juíza federal Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, negou o pedido de autorização solicitado por órgãos de imprensa para que o ex-presidente conceda entrevistas.

Ao decidir o caso, a magistrada entendeu que a legislação não prevê o direito absoluto de um preso à concessão de entrevistas. “O preso se submete a regime jurídico próprio, não sendo possível, por motivos inerentes ao encarceramento, assegurar-lhe direitos na amplitude daqueles exercidos pelo cidadão em pleno gozo de sua liberdade”, entendeu a juíza.

Fonte: Agência Brasil

Quando o assunto é buscar a sobriedade um dia de cada vez, os integrantes dos grupos de Alcoólicos Anônimos não param de realizar suas reuniões. Na última quarta-feira, o nosso informativo registrou uma reunião no grupo florianense de Alcoólicos Anônimos, com a participação de vários membros que por motivos óbvios, não podem ter os seus nomes revelados.

WhatsApp Image 2019 04 19 at 06.06.28 1Sala de reunião de AA. (Imagem:Temístocles filho/jc24horas)

Na noite desta sexta-feira, a reunião será no Grupo Princesa do Sul de AA, localizado no Colégio Getúlio Vargas, na praça do bairro Catumbi, com início às 19h e término às 21h. Se você conhece alguém que tenha, ou pensa ter problemas relacionado ao consumo exagerado de bebidas alcoólicas, faça o convite e também sinta-se convidado para participar da reunião. Caso não conheça, faça uma visita para saber como milhares de pessoas que tiveram problemas com as bebidas alcoólicas, estão conseguindo viver longe do primeiro gole.

 

Da redação

Os estudantes da rede estadual de ensino da cidade de São Francisco do Piauí-PI, foram às ruas nesse dia 17 de Abril para manifestar contra a falta de transporte escolar que se arrasta há 4 anos. A ironia é enorme pois dia 18 de abril é dia da Educação. Os alunos pediram uma solução urgente por parte do Governador Wellington Dias

WhatsApp Image 2019 04 17 at 18.05.31
O moivmento foi liderado pelos estudantes Carlos Eduardo e Natanael, visto que são mais de 150 alunos da zona rural que necessitam do transporte escolar.
Os estudantes contaram com o acompanhamento do Conselho Tutelar e dos Vereadores Wilson Leite,Damásio, Antônio José de Cinza, e do Presidente da Câmara Municipal Chagas Abrão, também contou com a presença dos pais.
Foi bastante enfatizado a falta de compromisso por parte do governo do estado com os estudantes, ainda foi lembrado da carta aberta que segue abaixo, e que foi lida na Assenbleia legislativa do estado do Piauí pelo Deputado Estadual Gustavo Neiva. Confira imagens.

 

Da redação