Senador do Podemos do Paraná, que disputou a Presidência da República e ficou em 9º lugar, Álvaro Dias anunciou que não será mais candidato ao comando do Senado.

299ef5f6acaccb7b185817d885ae1c09Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Ele criticou o oponente Renan Calheiros (MDB-AL), a quem liga à velha política. "Eu não pretendia ser presidente do Senado a não ser para tirá-lo do chão."

Com isso, restavam oito candidatos ao posto, mas sem ter conseguido grande mobilização, o senador Major Olímpio (PSL-SP) também anunciou que está fora da disputa pela presidência do Senado.

"Passo a me alinhar a todos aqueles que querem as mudanças de que o nosso país precisa", disse, sem declarar voto.

Sua saída, como a de Alvaro Dias, tem efeito simbólico de fortalecer os candidatos anti-Renan remanescentes, Alcolumbre e Tebet.

Fonte: FolhaPress