DaioPax

José Osvaldo Lavôr de LIma é um poeta cordelista renomado que faz dos versos lições de vida, como por exemplo em sua obra "Paraiso Artificial" onde o grande vate narra com riqueza de detalhes os dramas causados pelo consumo excessivo de álcool, falando desde os problemas sociais até as doenças graves causadas pelo alcoolismo.

20171112 070232

Paraíso Artificial mostra as fases de enganação das bebidas alcoólicas cujo início vem da curiosidade, em seguida vem as desculpas de tomar uma para almoçar, ou como diz outro grande poeta e cantor Paulo Diniz "Um chope pra distrair", levando a grande maioria dos bebedores à sarjeta. A grande obra mostra no final que nem tudo está perdido, pois existe uma saída para as pessoas que estão mergulhadas no mundo do álcool e que se acham no fundo do poço. Usando as rimas, o poeta recomenda que você  evite o primeiro gole. Finalmente, podemos dizer que a obra prima Paraiso Artifical é acima de tudo, uma grande lição de vida. Confira a biografia desse renomado vate da região de Picos.

20171112 070213

 

Da redação   

Uma realização da Secretaria de Estado de Cultura do Piauí, através da Escalet Produções Cinematográficas, a 12º edição do Encontro Nacional de Cinema e Vídeos dos Sertões teve início nessa quarta-feira (08) em Floriano, indo até o dia 12. Reunindo produções cinematográficas de vários lugares do Brasil, a amostra conta com a participação de 75 filmes nacionais. As exibições acontecem nos anfiteatros do Espaço Cultural Maria Bonita, Instituto Federal do Piauí, Cidade Cinematográfica e UESPI. Após as exibições que acontecem no Maria Bonita haverá o Piauí Mix com atrações musicais locais. A abertura será realizada às 19h, no Cineteatro Maria Bonita, Cais do Porto.

IMG 4474

O Encontro, que reúne 16 federações, tem como objetivo divulgar e premiar obras audiovisuais de curtas e longas-metragens de ficção ou documentários, sendo em amostras competitivas ou não. Além disso o Encontro Nacional de Cinema e Vídeos dos Sertões busca formar uma plateia consciente, com reunião de profissionais de cinema, discutindo questões pertinentes ao tema, promovendo debates, oficinas, além de contribuir para difusão das obras selecionadas.

O Piauí será representado durante essa edição com cinco filmes que farão parte da Mostra Competitiva de curtas-metragens documentários “Piauí na Tela”, são as produções: Reação do Gueto, Estado da Arte (Adriano Abreu), Mistérios e Encantos da Cidade de Pedra, Além das Barracas, Mosaico de Memórias, Na Feira Livre de Picos e Galeria Rua. O público também poderá conferir a programação paralela do Piauí Mix, com os músicos e bandas: Nilton Veloso, Retrohard, Rosinha Amorim, Maurício e Banda e Ícaro e Avelã. Sempre no Cineteatro Maria Bonita, após as exibições dos filmes.

 

Fonte:Secom

“Por aí...”. O título escolhido retrata bem a diversidade de olhares e paisagens encontradas em vários cantos do Nordeste pelo fotógrafo João Freitas Filho. Parte dessas imagens será exposta no Museu do Piauí – Casa de Odilon Nunes (MUP), a partir de sábado (28). A abertura da exposição e o lançamento do livro – que recebe o mesmo título – acontece às 17 horas.

2dcb3eefd3a8384d1cb08d6afb82f7ff

Para a exposição, 40 fotografias foram selecionadas. Em cada uma delas, um pouco da vegetação nordestina, marcada pelo solo seco e pelas estiagens constantes. Por outro lado, o sorriso de vários personagens aparece em meio às adversidades. O que se vê ainda são cenas do cotidiano, a figura do vaqueiro e imagens que retratam a fé do povo nordestino por dias melhores. “O livro contempla 18 temas sobre o Nordeste, sendo que 80% se refere ao Piauí”, conta o fotógrafo.

A exposição “Por aí...” tem curadoria de Elsa Paranaguá Elvas. “A essência do processo de construção de uma fotografia, ainda que por meio técnico, mas nunca alheio à manipulação do homem, concentra-se na fusão entre artista e fotógrafo. Este se apodera de uma cena precedente, solidificada em papel, desapegando de infinitos acontecimentos circundantes à cena por ele enquadrada”, diz, sobre a obra de João Filho.

O professor Cineas Santos, presidente do Conselho Estadual de Cultura, também escreve sobre o livro “Por aí...”. “A grande transformação na vida do João deu-se quando ele descobriu a mágica que é eternizar a efemeridade do instante numa foto bem feita. E, assim, vai colecionando imagens preciosas, prêmios e a admiração dos seus pares”, afirma Cineas.

João Freitas Filho é piauiense, advogado por formação, mas atuou nos mais diversos campos da atividade humana. Industrial, empreende nos mercados de alimentos, agricultura e energia. Ambientalista, é fundador e presidente da organização não governamental maisvida.eco.br. João recebeu 18 menções honrosas no 13º Annual Lucie InternationalPhotography Award, na categoria não profissional, e 15 menções honrosas no 14º Annual Lucie International Photography Awards Winners, na categoria Profissional.

O Museu funciona de segunda a quinta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados e domingos, de 8h às 12h.

 

Fonte:cidadeverde.com

Na noite do último sábado (21) Floriano teve a honra de receber, na Catedral São Pedro de Alcântara, o espetáculo “Concertos pelo Piauí: Rio abaixo, Rio Arriba”, apresentado pela Orquestra Sinfônica de Teresina que está percorrendo municípios do Piauí com a apresentação. Na ocasião estiveram presentes o prefeito Joel Rodrigues, autoridades e secretários municipais, além de representantes da parceria que promoveu o concerto e a comunidade em geral, que lotou a Catedral para prestigiar a apresentação.

IMG 0740

O evento foi realizado mediante uma parceria entre a Prefeitura de Floriano, através da Secretaria Municipal de Cultura, e a Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, na pessoa do seu presidente, Luís Carlos, do SESI, na pessoa do seu presidente de Conselho Nacional, João Henrique, e da Associação de Amigos da Orquestra Sinfônica de Teresina.

IMG 0737

O prefeito Joel Rodrigues, na ocasião, exprimiu sua alegria agradecendo a todos que trabalharam para que tal noite acontecesse e ao público que prestigiou o evento. “A nossa cidade merece acesso a todos os tipos de expressões culturais, a apresentação da Orquestra Sinfônica de Teresina ficará para sempre na memória daqueles que assistiram a apresentação”, disse o prefeito Joel.

IMG 0739

 

Fonte:Secom

Galerias dos Calçados
G Gas
Js Contrutora
Espeto e Cia
Nobe Climatizadores
Friks peixe