DaioPax

A seleção dos Estados Unidos conseguiu uma façanha histórica na noite dessa terça-feira. O problema é que dessa vez o feito não tem nada de positivo. Em Couva, no estádio Ato Boldon, a equipe da casa venceu por 2 a 1 na última rodada das Eliminatórias da Concacaf para a Copa do Mundo de 2018 e tiraram dos Estados Unidos qualquer chance de ir ao Mundial da Rússia.

d9d60684ad42e3e1c24f7a69cb15ef15

Lanterna do hexagonal final, Trindade e Tobago tinha apenas três dos 27 pontos disputados até então. Mesmo com a vitória memorável, a equipe se despediu da competição com seis pontos, na lanterna da tabela. Enquanto isso, os filhos do Tião Sam acabaram apenas uma posição acima, em quinto, com 12 pontos.

Winchester e Jones, ainda no primeiro tempo, marcaram os gols da vitória de Trindade e Tobago ainda no primeiro tempo. No fim da partida, os EUA até acertaram a trave em uma finalização de longe, mas ali se viu qualquer esperança de reação ir por água abaixo.

E o maior culpado pela não classificação dos norte-americanos, além eles próprios, foi o Panamá. No estádio Rommel Fernandez, na capital panamenha, Torres marcou o gol da vitória por 2 a 1 dos anfitriões em cima da Costa Rica já aos 44 minutos do segundo tempo. Antes, Venegas, para os visitantes, e Torres, para os donos da casa, foram às redes.

Os três pontos levaram o Panamá ao terceiro lugar, última posição que garante uma equipe com vaga direta à Copa do Mundo. Assim, com 13 pontos, os panamenhos puderam fazer a festa após o apito final, assim como os costa-riquenhos, que terminaram as Eliminatórias da Concacaf na vice-liderança do Hexagonal, com 16 pontos, também com classificação garantida.

O quarto lugar na tabela, que dá direito a dois jogos em formato de mata-mata contra um representante asiático pela repescagem do Mundial, ficou com a seleção de Honduras. Nessa terça, os hondurenhos conseguiram bater o México por 3 a 2 em San Pedro Sula, no estádio olímpico Metropolitano, chegaram aos 13 pontos, e assim, se mantiveram vivos na briga para ir à Rússia no ano que vem.

Já o México, que entrou em campo já classificado, mesmo com o revés, termina as Eliminatórias da Concacaf com 21 pontos, na ponta do Hexagonal final.

Peralta abriu o placar para os mexicanos, Elis empatou e Vela deixou os visitantes em vantagem antes do intervalo. Na etapa final, o empate de Honduras veio com gol contra de Ochoa e a virada de concretizou graças a Quioto.

Portanto, a situação ficou definida com México, Costa Rica e Panamá garantidos na Copa do Mundo, Honduras na repescagem e Estados Unidos e Trindade e Tobago eliminados.


Fonte: Gazeta Esportiva

Js Contrutora
Espeto e Cia
Galerias dos Calçados
Nobe Climatizadores
Friks peixe
G Gas