• MK Farma
  • DarioPax
  • Visual Grafica
  • Fartote Freitas

Apesar de ser defendida pela maioria dos petistas do Piauí, a proposta de chapa pura proporcional não é unanimidade dentro do partido. Lideranças da sigla mais próximas do presidente da Assembleia Legislativa do Estado, Themístocles Filho (MDB), já se manifestam contra o que chamam de radicalismo do partido.

eb37770ecf4dde646e73269e0107a0c9Foto:Alepi

Os petistas mais simpáticos ao nome de Themístocles Filho, na disputa pela vaga de vice-governador na chapa de reeleição do governador Wellington Dias, já se manifestam publicamente contra a chapa pura. É o caso de nomes como o vereador Dudu (PT).

Na defesa da aliança com o MDB, Dudu chega a afirmar que a insistência do PT em chapa pura pode ser considerada como oportunismo. A relação entre o vereador do PT e Themístocles passou a ser mais próxima após a vitoria do vereador Jeová Alencar na disputa pela presidência da Câmara. Jeová tem o apoio do emedebista e aproxima a Câmara da Assembleia.

Entre os demais partidos da base, o presidente do PDT Flávio Nogueira, também já chegou a levantar dúvidas sobre qual seria o real interesse do partido do governador com o radicalismo na defesa da proposta. A estratégia é colocar em dúvida os interesses petistas para que a tese da chapa pura perca força.

 

Fonte:cidadeverde.com

reidocimentorosa branca