DarioPax

O senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Senado, foi hostilizado na quarta-feira (29) por passageiros que pegavam o mesmo voo que ele.

O grupo questionava sobre sua atuação no impeachment e fazia referência à gravação na qual, em conversa com o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, ele destacava a necessidade de "estancar a sangria" , numa referência a deter o avanço da Lava Jato.

c072f302800c251292c61c23202a7d80

Os passageiros também questionam as reformas do governo Temer, e os acordos feitos para a sua aprovação.

Visivelmente contrariado, Jucá chega a dar um tapa na mão de uma das passageiras, que gravava a sua imagem. A mulher foi aplaudida e, Jucá, vaiado.


Fonte: Terra

Nortista
Friks peixe
G Gas
Espeto e Cia
Galerias dos Calçados
ab filmes