DaioPax

Um policial militar foi baleado dentro de casa neste sábado (12), em Olinda, Nilópolis, na Baixada Fluminense. Segundo investigadores, a principal suspeita é de que o soldado Vaine Luiz dos Santos Ferreira, 33 anos, lotado na UPP do Caju, tenha sido assassinado pelo próprio cunhado, que vive no mesmo terreno.

frame 00 33 21.971PM Vaine Luiz dos Santos Ferreira tinha 33 anos (Foto: Reprodução/TV Globo)
Esta foi a terceira morte de um policial militar em menos de 24 horas no Grande Rio. Na noite de sexta-feira (11), o soldado Samir da Silva Oliveira, de 36 anos lotado na UPP São João, morreu após ser baleado no Méier. Na madrugada deste sábado, a policial Elisângela Bessa Cordeiro, de 41 anos, lotada no 5º BPM, foi assassinada em assalto em Coelho Neto.

Sete tiros nas costas
Ainda de acordo com a polícia, Vaine Ferreira foi morto na frente do filho, que é afilhado do suspeito de ser autor de sete disparos pelas costas, o guarda municipal Marcelo de Moura Maciel. Segundo relatos, Marcelo fugiu do local após o crime. Os dois brigavam pela propriedade de um terreno.
O PM estava há quatro anos na corporação. A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense investiga o caso, registrado na 57ª DP.
Em nota, a Guarda Municipal informou que "lamenta profundamente a morte de mais um policial militar" e que "a Corregedoria da instituição já iniciou apuração interna e acompanhará as investigações da Polícia Civil para tomar as medidas cabíveis em relação ao GM Marcelo de Moura Maciel, apontado como autor do crime".

 

Fonte: G1

Espeto e Cia
G Gas
Js Contrutora
Galerias dos Calçados
Nobe Climatizadores