Após a ousada decisão de trocar de clube a três rodadas do fim do Campeonato Brasileiro, o técnico Argel Fucks inicia neste sábado (30), em duelo com Athletico-PR, no Castelão, em Fortaleza, a missão de salvar seu novo time, o Ceará, do rebaixamento.

20190922 034515Argel Fucks, que estava no CSA, foi anunciado como treinador do Ceará - Foto: Reprodução/Twitter

Ex-CSA, Argel acertou com o time alvinegro na manhã de quinta (28) e foi anunciado na madrugada do dia seguinte. O treinador desembarcou na capital cearense já nesta sexta (29), e, após um contato inicial com diretoria, comissão técnica e elenco, comandou seu primeiro e único treino antes da estreia.


O Ceará estava sem treinador há dois dias, desde a demissão de Adilson Batista, após a derrota por 4 a 1 para o Flamengo, no Maracanã, na quarta (27).

Adilson, aliás, já foi contratado pelo Cruzeiro, que mandou embora Abel Braga. A equipe mineira trocou de comando justamente após perder para o CSA, ainda sob comando de Argel, na noite de quinta, por 1 a 0, em pleno Mineirão. Hoje, os três clubes protagonizam a briga contra o rebaixamento.

O time cearense é o primeiro fora do Z-4, em 16º, com 37 pontos -um a mais que o Cruzeiro, em 17º. Logo abaixo, aparece o CSA, com 32 pontos.

Em sua primeira partida no comando alvinegro, Argel não poderá contar com Samuel Xavier, expulso contra o Flamengo. Já o Athletico terá uma série de mudanças.

Algumas delas serão decorrentes de desfalques: Nikão, meia-atacante, e Wellington, volante, foram suspensos após receberem o terceiro cartão amarelo, enquanto Bruno Guimarães ainda se recupera de lesão na coxa direita.


Outras alterações serão movidas por decisão técnica do interino Eduardo Barros -Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira, Márcio Azevedo, Adriano e Marcelo Cirino não foram relacionados para o confronto e ficaram em Curitiba para recuperação física.

O time também contará com alguns retornos: o lateral-direito Madson e o meia Thonny Anderson, desfalques na última rodada, contra o Grêmio, voltarão nas vagas de Jonathan e Lucho González, respectivamente.

Mesmo com vaga já garantida para a Libertadores do ano que vem, por ter vencido a Copa do Brasil, a equipe paranaense busca terminar o Brasileiro no G-4. Iniciará a 35ª rodada na quinta posição, com 59 pontos, empatada neste quesito com o Grêmio, quarto colocado, que leva vantagem no saldo de gols (21 a 18).

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

  • Ada Atten
  • Cabedo
  • Paraiba
  • Espeto e Cia