Há alguns dias a tenda que foi colocada na frente do setor covid do Hospital Regional Tibério Nunes apresentou alguns problemas, de maneira que não estava mais fazendo o trabalho de borrifação de produtos para imunizar todas as pessoas que entravam e saiam daquele setor do hospital.

c31959ca db25 40e2 9c02 0ce06c8643d8Local onde era instalada a tenda. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

Nossa reportagem recebeu uma postagem do internauta Sebastião Maurício exibindo essa situação, questionando o valor gasto para a sua instalação e o fim dado a algo tão importante em tempos de pandemia. Na manhã desta terça-feira, ao nos deslocarmos para o Hospital Regional Tibério Nunes no sentido de saber quando seria reativada a tenda, fomos surpreendido com a sua retirada que, segundo informações colhidas por nossa reportagem, a ordem teria partido do Ministério Público Estadual.

A determinação foi para que fossem retiradas todas as tendas dos hospitais do estado, pelo fato de estarem jogando produtos químicos nas pessoas, mas segundo informações do HRTN, o material da tenda instalada em Floriano não tem produtos que prejudiquem as pessoas ou o meio ambiente.
Nossa reportagem enviou uma mensagem para o Representante do Ministério Público e aguarda uma resposta.

 

Da redação.

  • Ada Atten
  • Paçoka
  • Cabedo
  • Med Plan
  • Espeto e Cia