• Oticas Floriano
  • Garoto
  • Farmaduty
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Garoto

O Corinthians derrotou o CSA por 1 a 0, neste domingo, na arena do clube em Itaquera, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, e conquistou a quarta vitória na competição, graças a um gol marcado por Vagner Love no fim do segundo tempo.

230da6959eb6c1b433713feb25930ef6Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Com o resultado, o time de Fábio Carille chegou aos 15 pontos, na oitava posição (com um jogo a menos) e encostou no G6, a zona de classificação à Copa Libertadores. A diferença para o líder Palmeiras é de onze pontos. O time alagoano, que estreou o técnico Argel Fucks, soma apenas seis pontos, na penúltima colocação.

Na 11ª rodada, o Corinthians receberá o Flamengo, no próximo domingo, às 16h, novamente na sua arena em Itaquera, no clássico que envolve as duas maiores torcidas do futebol brasileiro. No sábado, o CSA busca a reabilitação contra o Athletico-PR, 19h, no Rei Pelé, em Maceió.

O JOGO - Corinthians e CSA fizeram um primeiro tempo ruim. Muita marcação, pouca criatividade e apenas uma chance clara de gol, desperdiçada por Vagner Love. Dentro da sua proposta de jogar fechado no campo de defesa e sair nos contra-ataques o clube alagoano cumpriu apenas parte do planejado. Defendeu-se relativamente bem, mas não levou perigo algum ao gol de Cássio.

Já o Corinthians, apesar da intertemporada de um mês por causa da nos torneios pela disputa da Copa América, apresentou a mesma carência que o acompanha desde o início da temporada: falta de poder ofensivo, de criação no ataque, mesmo com 66% de posse de bola.

A única chance real de gol do Corinthians na etapa inicial surgiu aos 38 minutos. Vagner Love recebeu passe de Pedrinho dentro da área, deu uma "cavadinha" encobrindo o goleiro Jordi, mas Alan Costa veio na cobertura e impediu a conclusão do atacante para o gol.

No início do segundo tempo, o Corinthians mudou a postura, voltou com mais intensidade e velocidade no ataque, e empurrou o CSA para seu campo de defesa. Aos 20, Sornoza bateu falta com perigo e obrigou Jordi a fazer boa intervenção no ângulo direito

Ainda insatisfeito com o rendimento do time, Fábio Carille fez duas alterações que seriam decisivas na jogada que resultou no gol da vitória. Primeiro, tirou Ralf e recuou Sornoza para atuar como volante. Depois, sacou Pedrinho, com atuação apagada, e colocou Boselli em campo.

Aos 32 minutos, Sornoza começou a jogada no meio-campo, encontrou Boselli na direita, o atacante tocou entre as pernas de Luciano Castán e a bola chegou até Vagner Love dentro da área O atacante dominou e acertou um chute forte no ângulo direito, marcando o gol da vitória.

O Corinthians ainda marcou um segundo gol aos 37, corretamente anulado pelo árbitro, já que Gil, que fez sua reestreia pelo clube neste domingo, estava em posição de impedimento.

FICA TÉCNICA:
CORINTHIANS 1 x 0 CSA
CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf (Régis), Júnior Urso, Pedrinho (Boselli), Sornoza e Clayson; Vagner Love (Gabriel). Técnico: Fábio Carille.
CSA - Jordi; Celsinho (Cassiano), Alan Costa, Luciano Castán e Rafinha; Naldo, Apodi, Nilton (Jean Cléber) e Jonatan Gomez (Victor Paraíba); Alecsandro e Ricardo Bueno. Técnico: Argel Fucks
GOL - Vagner Love, aos 32 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO - Wagner Reway (PB).
CARTÕES AMARELOS - Nilton, Fagner, Sornoza, Ricardo Bueno, Alan Costa, Cassiano, Luciano Castán.
RENDA - R$ 1.392.676,36.
PÚBLICO - 33.952 pagantes.
LOCAL - Arena Corinthians, em São Paulo (SP).
Por Dani Arruda
Estadão Conteúdo

Com atuação de gala do uruguaio Arrascaeta e de Gabriel Barbosa, o Flamengo goleou o Goiás na manhã deste domingo, por 6 a 1, no Maracanã, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. Arrascaeta fez três e Gabriel dois dos seis gols rubro-negros.

93df60e6fd19cff76a979868c3728da7Alexandre Vidal/CRF

Apesar do placar elástico, o Flamengo encontrou dificuldades para passar pela defesa do Goiás no primeiro tempo. Porém, com sete minutos avassaladores, os cariocas marcaram três gols e encaminharam a excelente vitória diante de mais de 65 mil torcedores nas arquibancadas.

O resultado é importante para manter o time carioca nas primeiras posições. O Flamengo se manteve na terceira posição, agora com 20 pontos. Já o Goiás, com o resultado negativo permanece com os mesmos 15 pontos e em sétimo lugar.

Com bola rolando, o Flamengo entrou em campo pressionando o Goiás e abriu o placar logo aos cinco minutos. A zaga goiana saiu jogando mal, Everton Ribeiro tocou para Arrascaeta e o meia chutou forte. A bola ainda desviou na marcação antes de estufar as redes.

Porém, a reação do Goiás foi imediata. Aos 11 minutos, Rodrigo Caio falhou feio e Kayke partiu em velocidade. O atacante ficou cara a cara com Diego Alves e não desperdiçou, fazendo seu quinto gol no campeonato.

O gol animou o Goiás, que poderia ter virado o placar logo aos 15 minutos, quando Michael passou pela marcação e finalizou na trave.

Só que no final do primeiro tempo o Flamengo embalou e fez três gols em sete minutos. Aos 43, Trauco cruzou na área e Bruno Henrique aproveitou confusão para deixar sua marca. Dois minutos depois, Gabriel Barbosa passou por Rafael Vaz e tocou para Arrascaeta, que chutou de bico, sem chances de defesa para Tadeu Por fim, aos 49, de novo Arrascaeta marcou, desta vez num cruzamento que foi na direção do gol e entrou no ângulo. Um golaço.

No segundo tempo o Flamengo seguiu tocando bem a bola e aumentou a vantagem aos dez minutos. Arrascaeta cruzou da esquerda e encontrou Gabriel Barbosa, que de cabeça fez o seu primeiro gol na partida.

Sem diminuir o ritmo, o Flamengo ainda fez o sexto gol antes do apito final. Aos 35 minutos, Arrascaeta passou como quis pela marcação e tocou para Gabriel Barbosa, que sem marcação só completou para as redes. Goleada com ritmo de treino na manhã ensolarada deste domingo.

O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira, quando receberá o Athletico-PR, no Maracanã, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Pelo Brasileiro, o time visitará o Corinthians no domingo, às 16 horas.

Já o Goiás voltará a campo no domingo para enfrentar o Avaí, às 19 horas, na Ressacada, em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 5 X 1 GOIÁS
FLAMENGO - Diego Alves; Rafinha (Rodinei), Léo Duarte, Rodrigo Caio e Trauco; William Arão (Cuéllar), Diego, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique (Vitinho) e Gabriel Barbosa. Técnico: Jorge Jesus.
GOIÁS - Tadeu; Daniel Guedes, Yago (Paulo Ricardo), Rafael Vaz e Jefferson; Geovane (Léo Sena), Yago Felipe e Giovanni Augusto (Marlone); Michael, Kayke e Leandro Barcia. Técnico: Claudinei Oliveira.
GOLS - Arrascaeta, aos cinco, aos 45 e aos 49 minutos, Kayke aos 11 minutos, e Bruno Henrique aos 43 minutos do primeiro tempo; e Gabriel Barbosa, aos dez e 35 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO - Caio Max Augusto Vieira (RN).
CARTÕES AMARELOS - William Arão, Geovane e Leandro Barcia (Goiás).
PÚBLICO - 60.847 pagantes (65.154 total).
RENDA - R$ 2.218.843,50.
LOCAL - Estádio Maracanã, no Rio.
Fonte: Estadão Conteúdo

Com três meses de duração, o campeonato Os Quarentões chegou a seu final na manhã deste domingo, com dois grandes jogos, muita alegria, descontração, música e churrasco para comemorar a final do campeonato que existe a quase duas décadas e é organizado pelos desportistas Carlos Iran e Francalino Costa. 

WhatsApp Image 2019 07 14 at 16.33.09Carlos Iran e Francalino Costa. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

Nossa reportagem conversou com os dois organziadores, momentos antes de ser dado o pontapé inicial no campo do Comércio Esporte Clube. Confira a avaliação deles e os planos para a realização de outros eventos futebolísticos em nossa cidade.

Da redação

Após a pausa para a Copa América, o Flamengo retoma sua jornada no Brasileiro neste domingo (14), contra o Goiás, em duelo no Maracanã, às 11h, na sequência da 10ª rodada.

5418f1c05056b5a6a29640aeb09734e2Foto - Alexandre Vidal / Flamengo

As equipes são adversárias diretas na disputa pelo G4, a zona de classificação da Libertadores.

Os rubro-negros terminaram a rodada anterior em terceiro lugar, com 17 pontos -três a menos que o vice-líder Santos e oito atrás do líder Palmeiras. O time goiano, porém, ficou logo atrás, na sexta posição, a apenas dois pontos do Flamengo (e um jogo a menos na tabela).

Para o confronto, a expectativa no time carioca fica por conta da estreia de Rafinha.

Contratado para resolver o problema na lateral direita, o ex-jogador do Bayern de Munique ficou no banco de reservas, por opção do técnico Jorge Jesus, no empate de 1 a 1 com o Athletico-PR no meio da semana, pela Copa do Brasil. A tendência agora é que ele comece entre os titulares, no lugar de Rodinei.

Outras possíveis mudanças no time principal são as voltas de Diego e Everton Ribeiro, que começaram no banco, mas entraram no decorrer do jogo e ajudaram a segurar o empate em Curitiba.

No Goiás, o destaque é a volta dos atacantes Michael e Kayke, poupados do amistoso contra o Racing, do Uruguai, no último sábado.

 

Fonte: Folhapress

  • Blossom
  • Espeto e Cia
  • Paraiba
  • Ada Atten
  • Cabedo
  • Casa Boa Esperança