• Posto Aliança
  • Paraiba
  • Vista bela
  • Dario PAX
  • floriano shop
  • Construforte
  • Garoto
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Construforte
  • Oticas Floriano
  • Garoto
  • Vista bela
  • floriano shop
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Paraiba

O Vitória sentiu o 'gostinho' do triunfo na noite desta quarta-feira, fez um bom jogo, mas ficou apenas no empate sem gols diante do líder Coritiba, no Barradão, pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

484e06a35895bdabbf6f854291227003Foto: Pietro Carpi / ECVitória

O time baiano criou as melhores oportunidades e, apesar de ter sido melhor, conseguiu um ponto importante na luta contra o rebaixamento.

Com o resultado, o Vitória chegou a sua décima rodada dentro da degola e ficou na 17ª colocação, com 25 pontos, contra 26 da Ponte Preta, a primeira fora da Z-4.

O Coritiba, por outro lado, lidera, com 49 pontos. Em segundo, o Goiás tem 45. O time paranaense segue com a defesa menos vazada do torneio.

Para arrancar pontos do líder do campeonato, o Vitória precisou concentrar todas suas forças na marcação, anulou o Coritiba no primeiro tempo até com facilidade, mas não teve pernas para buscar o gol.

Com seus principais jogadores bem marcados, a equipe paranaense não conseguiu se impor, como foi nas partidas anteriores.

Foram 30 minutos sem um lance perigoso sequer. Na primeira escapada, o Coritiba ameaçou. Robinho recebeu de Igor Paixão e obrigou Lucas Arcanjo a fazer a defesa.

O time paranaense chegou a esboçar uma pressão, mas esbarrou na marcação do time rubro-negro, que, depois de muito tempo, esteve impecável.

No segundo tempo, o Coritiba voltou de forma sonolenta e não saiu atrás do placar por detalhe. Culpa de Wilson, que fez um milagre no arremate de Marcinho.

O Vitória também quase colocou tudo a perder. Caíque Souza fez dura falta em Robinho e escapou de ser expulso - só o amarelo foi aplicado.

O Vitória começou a gostar do jogo, chegou a colocar Wilson novamente para trabalhar, mas também deu espaço para o Coritiba ameaçar. Léo Gamalho era a principal opção.

O atacante chegou a criar bons momentos para o time visitante. A bola, porém, insistiu em não entrar.

E ficou assim até o apito final. O Vitória ainda criou uma última chance, mas não conseguiu passar pela defesa menos vazada da competição.

Na próxima rodada, o Vitória enfrenta o Londrina no sábado, às 16h, no estádio do Café, em Londrina (PR). No mesmo dia, às 21h, o Coritiba recebe o Guarani, no Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Fonte: Estadão Conteúdo

O Maracanã está pronto! Nesta quarta-feira (22), o mítico estádio do Rio de Janeiro receberá o primeiro jogo da semifinal da CONMEBOL Libertadores, entre Flamengo e Barcelona (ECU).

6ed713cdf4eb12d27190317977fe2496Foto - Alexandre Vidal - Flamengo

A bola rola às 21h30 para a partida, que terá transmissão ao vivo da FOX Sports e do Star+.

Na abertura do confronto das semis, o Fla poderá contar com a força de sua torcida. A última vez que o Rubro-negro disputou um jogo de Libertadores com torcida no Maracanã foi justamente contra o Barcelona, pela fase de grupos de 2020.

Na partida desta quarta-feira, o Flamengo deposita suas fichas na estrela do atacante Gabriel Barbosa. Artilheiro isolado da atual edição da CONMEBOL Libertadores, com dez gols, ele é também o maior goleador do Fla na história da competição.

Ele já foi o jogador com mais gols na edição de 2019, quando o Fla foi campeão, e se marcar novamente, se tornará o atleta com mais gols por um único clube brasileiro na história da competição. Ao todo, são 21 gols de Gabi na Libertadores (20 pelo Flamengo e um pelo Santos).

O duelo de volta está marcado para a próxima quarta-feira (29), no Estádio Monumental, em Guaiaquil. O Flamengo briga para voltar à decisão da LIbertadores depois de dois anos. No outro lado da chave, dois clubes brasileiros também disputam uma vaga na final: Atlético-MG e Palmeiras.

Fonte: CBF