• Garoto
  • veloso
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Casa dos frios
  • Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Farmaduty
  • Casa dos frios
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Dario PAX
  • Oticas Floriano
  • veloso

Wendie Renard foi escolhida pela Fifa para a seleção de melhores jogadoras do mundo em 2019. A zagueira defendeu a seleção da França na Copa do Mundo feminina e ganhou o troféu "The Best" como melhor zagueira do ano, mas esqueceu o troféu no trem.

9d81e5e6f18e17468780a9380428c9adFoto: Instagram wendie_renard

No trajeto de Paris para Lyon na quinta-feira (2), Renard esqueceu no trem a mala de mão que tinha os troféus que conquistou na última temporada.

"Eu só percebi quando cheguei em casa", escreveu ela no Twitter, onde relatou todo o ocorrido.

A jogadora do Lyon voltou à estação imediatamente e reencontrou a mala na recepção, mas o troféu "The Best" não estava mais dentro da bolsa. Agora, Renard pede para que a companhia de trens (SNCF) e a equipe de funcionários da estação a ajudem a encontrar o prêmio.

Fonte: Folhapress

O Flamengo anunciou, no começo da noite desta sexta-feira (3), a contratação do zagueiro Gustavo Henrique. O jogador, que estava no Santos, é o segundo reforço do Rubro-Negro para esta temporada no mercado da bola - já havia oficializado a chegada do atacante Pedro Rocha. Ele chega à Gávea com contrato de quatro anos.

c5c8a06ba8af9d798e2ffc4c67952ce7Foto: Ivan Storti/Santos FC

Gustavo Henrique fez elogios ao Flamengo e à torcida e demonstrou entusiasmo em vestir a camisa rubro-negra neste ano.

"Primeiro me sinto muito lisonjeado pela oportunidade. É um clube gigantesco com uma torcida muito grande. Estou feliz e motivado. Espero superar a expectativa dos torcedores. Quero dar o meu melhor como sempre fiz na minha carreira. Não vai faltar trabalho e raça. Estou na expectativa de vestir esse Manto e pode ter certeza que não vai faltar entrega. O ano de 2019 foi muito bom para o Flamengo e eu quero escrever o meu nome na história do clube agora em 2020", disse, ao site oficial.

O vínculo do zagueiro com o Santos terminava no fim deste mês e as negociações com o Flamengo foram fechadas quando a diretoria ainda estava em Doha, no Qatar, por conta da disputa do Mundial de Clubes.

Atualmente, a zaga titular é formada por Rodrigo Caio e Pablo Marí. Além deles, o elenco ainda conta com os jovens Matheus Thuler, Matheus Dantas e Rafael Santos. Rhodolfo, que tinha contrato até o fim do ano, não teve o vínculo renovado e está livre no mercado.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

O contrato de Neymar com o PSG, válido até 2022, não prevê multa rescisória, mas isso não significa que o jogador ficará preso em Paris pelos próximos dois anos.

a6edcb229582a9826b4562c4956fd4cbFoto: PSG/Twitter

O regulamento sobre status e transferências de jogadores da Fifa permite que o brasileiro, a partir do meio deste ano, rescinda de forma unilateral seu vínculo e se transfira para outro clube mediante o pagamento de uma indenização calculada na câmara de disputas da entidade que rege o futebol mundial.

A possibilidade está no radar do Barcelona e reacende o interesse em repatriar o atacante.

Segundo o regulamento da Fifa, um atleta de menos de 28 anos, ao assinar com um clube, entra no que se chama de "período protegido". Esse período tem duração de três anos ou três temporadas, o que vier primeiro, a contar a partir da assinatura do contrato.
Durante esse tempo, as regras para a rescisão de contrato sem acordo entre as duas partes são extremamente rígidas.

O jogador que forçar a rescisão de contrato durante o período protegido fica exposto a sanções esportivas: o artigo 17 do regulamento sobre status e transferências prevê suspensão de quatro a seis meses.

O clube que contratar o atleta que forçou a rescisão responde por aliciamento e pode ser proibido de registrar reforços por dois períodos de transferências consecutivos.

Ambos ainda precisam indenizar a equipe anterior. Até o meio do ano, Neymar e o Barcelona estariam expostos a esses riscos caso adotassem uma postura mais agressiva para concretizar a mudança.

A partir de agosto, o cenário muda. Tendo assinado com o PSG em 2017, aos 25 anos, Neymar não estará mais no período protegido e terá direito de rescindir unilateralmente seu contrato, mesmo sem previsão de multa.

Se o jogador tomar essa decisão, uma indenização será calculada pela Justiça Desportiva internacional com base nos custos que o PSG teve e nos valores envolvidos no restante do contrato. Mediante o pagamento, o atleta é livre para trocar de ares sem qualquer tipo de punição ou impedimento.

O UOL Esporte apurou que o Barcelona está ciente da possibilidade, que é hoje vista como o caminho mais promissor em uma tentativa de repatriar o brasileiro.

O entorno de Neymar também já estudou a questão, mas não fala publicamente sobre o assunto. Existe até uma estimativa de cálculo da indenização, entre 160 e 170 milhões de euros.

CASO ENVOLVENDO BRASILEIRO SE TORNOU PRECEDENTE EMBLEMÁTICO

Um caso envolvendo um brasileiro acabou se tornando emblemático para atletas em contratos sem previsão de multa que se transferem contra a vontade de seus clubes.

Em 2009, o volante Matuzalém rescindiu de forma unilateral com o Shakhtar, da Ucrânia, para defender o Zaragoza, da Espanha. O caso foi julgado pela Fifa, que estabeleceu uma indenização de 6,8 milhões de euros. O Shakhtar recorreu à Corte Arbitral do Esporte, que aumentou o valor para 11,9 milhões de euros.

A quantia foi, na época, a mais alta já fixada em um caso do tipo. Por um lado, foi uma sinalização de que a Justiça Desportiva desencorajaria que contratos sejam rescindidos sem acordo entre as partes e fixaria indenizações de modo a preservar a estabilidade contratual.

Por outro, foi um indicativo de que os atletas, em último caso, têm a palavra final sobre onde querem viver e trabalhar -eles não podem ficar amarrados aos seus clubes contra sua vontade.

Neymar passou o réveillon na Bahia, se reapresentou nesta quinta (2) ao PSG e treinou normalmente com o grupo para a sequência da temporada.

PEDRO LOPES
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

A Seleção Brasileira de Futebol terá dois compromissos importantes na temporada de 2020: Copa América na Colômbia/Argentina e Eliminatórias para o Campeonato Mundial do Catar.

3745f5d7248efbb69ed1f9c2b5aa9644Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

As Eliminatórias começarão logo no mês de março. O sistema de disputa será o mesmo da competição anterior, com as 10 seleções jogando entre si. Ao final das 18 rodadas ( ida e volta ) serão classificadas as quatro melhores.

Quem ficar em 5º lugar vai para uma repescagem contra o representante de outro continente. A primeira rodada está marcada para o dia 23 de março, com os seguintes jogos:

Brasil x Bolívia, Uruguai x Chile, Colômbia x Venezuela, Paraguai x Peru e Argentina x Equador. O grande clássico Brasil x Argentina vai acontecer na sexta rodada.

COPA AMÉRICA

A Copa América será disputada na Colômbia e na Argentina com as 12 seleções divididas em 2 grupos: Grupo Norte - Colômbia, Brasil, Catar(convidado), Venezuela, Equador e Peru; Grupo Sul - Argentina, Austrália (convidada), Bolívia, Uruguai, Chile e Paraguai.

Na primeira fase os jogos da Seleção Brasileira ficaram assim:

14.06 - Brasil x Venezuela, em Cali
18.06 - Brasil x Peru, em Medelin
23.06 - Brasil x Catar, em Barranquilla
27.06 - Brasil x Colômbia, em Barranquilla
01.07 - Brasil x Equador, em Bogotá

  • Ada Atten
  • Cabedo
  • Espeto e Cia
  • Paraiba
  • Blossom