Foi com mais emoção do que o jogo indicava, mas o Fluminense venceu o clássico contra o Vasco por 2 a 1, neste sábado (29), e engatou a terceira vitória seguida e subiu na tabela do Campeonato Brasileiro. Os gols de Dodi e Fred, que marcou pela primeira vez desde seu retorno ao clube, abriram caminho para o triunfo - Talles Magno descontou.

66f04895396ac13aede911d4ccd570e4Foto: Lucas Mercon/Fluminense

Com a vitória, o Flu entrou momentaneamente no G-4 e pode terminar a rodada na zona de classificação para a Libertadores, com 10 pontos. O Tricolor não disputa a competição internacional desde 2013, após ser tetracampeão brasileiro no ano anterior.

Já o Cruz-Maltino, com a mesma pontuação, perdeu a chance de seguir na cola do Inter e viu o Colorado disparar na primeira posição, com 15.

JOGO
O relógio marcava pouco mais de dois minutos quando o Fluminense, em início arrasador, abriu o placar. A boa jogada pela esquerda terminou em belo passe de Egídio para Dodi, que colocou no ângulo de Fernando Miguel para marcar um golaço.

A pressão do inicio continuou e aos sete minutos Yuri avançou pela direita e bateu na rede pelo lado de fora, e aos dez, Nenê chapou tirando tinta da trave do Vasco.

O Vasco só acordou aos 17 minutos, com Talles Magno. Primeiro, o ponta fez um salseiro pela esquerda até vencer o escanteio. Depois, Benítez cobrou escanteio, o camisa 11 ganhou no alto e escorou para o meio, mas Cano, o artilheiro do Vasco, tocou fraco para boa defesa de Marcos Felipe. Só a partir daí a equipe de Ramon Menezes equilibrou as ações.

No segundo tempo, o treinador Odair Hellmann promoveu a entrada dos veteranos Ganso e Fred. E a dupla funcionou: o camisa 10 achou lindo passe para Fred, que abriu espaço e soltou uma bomba para marcar o seu primeiro gol no retorno ao Fluminense, exatos quatro anos e três meses depois de balançar as redes pela última vez com a camisa tricolor.

O atacante Talles Magno, que segue sem repetir o bom futebol de 2019, aproveitou uma sobra no fim do segundo tempo. O garoto de 18 anos aproveitou sobra de chute de Bruno César e deixou o seu pelo Vasco, o primeiro em 2020. Fim da partida e a vitória do do Fluminense sobre o Vasco por 2 a 1.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Uma falha do goleiro Weverton impediu o Palmeiras de assumir a vice-liderança do Campeonato Brasileiro neste sábado (29). Até os 50 minutos da segunda etapa, a equipe alviverde vencia o Bahia por 1 a 0, mas, após uma saída de gol desastrada do goleiro palmeirense, Marco Antônio empatou o jogo em 1 a 1.

4f03ef98799af4a493863b540b1a5df9Fotos: Felipe Oliveira / EC Bahia

Com o resultado, a equipe comandada por Vanderlei Luxemburgo soma, agora, nove pontos, e está na sexta posição do Nacional, à frente justamente do Bahia.

No estádio Pituaçu, depois de um primeiro tempo sem grandes emoções, o meia Zé Rafael abriu o placar, marcando o primeiro gol dele contra o seu ex-clube.

Reserva durante boa parte do jogo, ele ganhou uma oportunidade do técnico Vanderlei Luxemburgo aos 28 minutos do segundo tempo, quando substituiu Lucas Lima, que teve atuação regular no jogo.

Com a entrada do camisa 8, além de outras quatro mudanças, o Palmeiras passou a ter mais volume no campo de ataque e chegou ao gol aos 31 minutos.

Foi o primeiro gol de Zé Rafael contra a equipe baiana, pela qual ele atuou entre 2017 e 2018. No ano passado, ele chegou ao time alviverde em uma transferência de cerca de R$ 15 milhões.

O duelo em Salvador teve dois tempos distintos, com os gols sendo reservados para a etapa final.

Durante a primeira etapa não houve nem sequer um lance de real chance de gol. As duas equipes erram muitos passes, sobretudo quando estavam próximos à grande área. O Palmeiras deu seis chutes ao gol, enquanto o Bahia finalizou quatro vezes e nenhum dos arremates deram trabalho aos goleiros.

Dos dois lados faltava, também, maior aproximação entre os jogadores para que tabelas e triangulações pudessem abrir espaços nas defesas.

Após o intervalo, o Bahia voltou com mais ímpeto e chegou a marcar um gol, com Gilberto, de cabeça, mas o lance foi anulado pelo VAR (Árbitro de Vídeo) por causa de impedimento.

Depois deste lance, a partida ganhou mais movimentação, mas as equipes ainda pecavam nos arremates e nos passes mais próximos ao gol.

Mesmo com dificuldades para criar chances claras, o técnico Vanderlei Luxemburgo demorou até os 22 minutos para fazer as primeiras substituições, incluindo as entradas de Zé Rafael e Gustavo Scarpa, que também participou do gol, dando assistência ao camisa 8.

O Palmeiras ainda teve chance de ampliar, mas sofreu o gol no final da partida, quando Weverton saiu mal do gol, a bola ficou viva na área e Marco Antônio finalizou para a meta sem goleiro.

Na próxima rodada, o time alviverde vai encarar o Internacional, na quarta-feira (2), no Allianz Parque. Já a equipe baiana enfrentará o Flamengo, no mesmo dia, no Pituaçu.

LUCIANO TRINDADE
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)

Seis jogos e cinco vitórias. É esse o retrospecto do Internacional, líder do Campeonato Brasileiro com 15 pontos após o triunfo deste sábado (29) diante do Botafogo por 2 a 0, no Rio de Janeiro, em partida válida pela sexta rodada do principal torneio nacional.

f98fd229e4f67329a04c59b7aa42c99bFoto: Ricardo Duarte/S.C.Internacional

O placar garante o time colorado na liderança por ao menos mais uma rodada, enquanto o time carioca perde a primeira nesta edição e se mantém com apenas seis pontos conquistados em cinco partidas.

Na próxima rodada, a equipe comandada pelo técnico Paulo Autuori voltará a jogar dentro de casa, desta vez contra o Coritiba, um dos últimos colocados na tabela de classificação; já pelo lado do clube gaúcho, o confronto será de novo fora de seus domínios, diante do Palmeiras.

JOGO
A partida começou movimentada e não foi surpresa quando o Internacional abriu o placar logo aos cinco minutos. Dominando o confronto desde o início, o colorado balançou as redes após ótimo cruzamento do lateral Moisés na cabeça de Thiago Galhardo, que estava livre para chegar ao seu quarto gol nesta edição do torneio nacional.

O domínio dos visitantes se manteve mesmo após o gol, com o time comandado pelo técnico Eduardo Coudet trabalhando para chegar ao segundo e aumentar ainda mais a vantagem. Além da qualidade do colorado quando tinha a bola, a falta de criatividade e de velocidade dos cariocas "colaboravam" com esse cenário.

Aos 27 minutos, saiu o segundo. Com bastante espaço para trabalhar a bola, o ataque da equipe gaúcha conseguiu chegar na entrada da área com facilidade e Thiago Galhardo deu passe preciso para Boschilia, que, na frente de Gatito, não desperdiçou e bateu cruzado.

O segundo tempo foi bem menos intenso, com pouquíssimas chances de gol para os dois lados. O inter abdicou do ataque para manter o resultado e garantir novos três pontos, enquanto o time carioca não achava um meio de chegar à meta defendida por Marcelo Lomba.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 2 INTERNACIONAL
Data: 29/08/2020
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Cartões Amarelos: Caio Alexandre, Matheus Babi e Pedro Raul (Botafogo); D'Alessandro (Inter)
Gols: Thiago Galhardo (INT), aos 05 minutos e Boschilia (INT), aos 27 minutos do primeiro tempo.
BOTAFOGO
Gatito Fernandez; Barrandeguy, Marcelo Benevuto e Kanu; Danilo Barcelos, Rafael Forster (Luiz Otávio), Caio Alexandre (Bruno Nazário), Rhuan (Cícero) e Guilherme; Matheus Babi e Pedro Raul (Davi Araújo). Técnico: Paulo Autuori.
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel (Rodrigo Moledo), Cuesta e Moisés; Lindoso, Edenilson, Boschilia e Patrick (Marcos Guilherme); D'Alessandro (Musto) e Thiago Galhardo. Técnico: Eduardo Coudet.
Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Atual bicampeão piauiense, o JES Futsal anunciou Adriano Gonçalves como novo treinador para a sequência da temporada.

adriano jesFoto: JES Futsal

Campeão sul-americano e mundial com a Ulbra (RS) como jogador, Adriano tem no currículo de treinador dois títulos da Copa Norte, principal competição do Norte do Piauí.
- Nossa expectativa é fazer bons campeonatos, implantar boas ideias e nada melhor do que vir para um time que é vitorioso, acostumado a ganhar títulos e isso torna muito mais fácil.

O JES futsal vai representar o Piauí na Taça Brasil, prevista para outubro, em Fortaleza (CE), e defenderá o título estadual, em data ainda a ser confirmada. A Copa Nordeste, da qual o clube é vice-campeão, foi cancelada por conta da pandemia do novo coronavírus.

Fonte:cidadeverde.com

  • Paçoka
  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Med Plan
  • Espeto e Cia