• Dario PAX
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Garoto
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Farmaduty

Como era de se esperar, Cuca fará mistério para o jogo contra o Flamengo, nesta quarta-feira, às 21h45, no Allianz Parque. Mesmo com uma pequena lesão muscular na coxa esquerda, Gabriel Jesus foi relacionado pelo treinador do Palmeiras. Ao todo, 26 jogadores estão convocados - três deles serão cortados do banco de reservas.

57d86db92df64Gabriel Jesus foi relacionado. Clube faz mistério (Foto: Thiago Ferri)

O atacante chegou a calçar chuteiras nesta terça, fez uma parte do treino em um campo anexo sem a presença de jornalistas e quando voltou chegou a bater bola. Ainda assim, a expectativa é de que o camisa 33 não jogue, e Rafael Marques comece o confronto.

Jean e Mina voltam de suspensão e devem ser titulares. A provável escalação para o jogo é: Jailson; Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Gabriel, Tchê Tchê e Moisés; Dudu, Erik e Rafael Marques.

Arouca e Alecsandro, liberados para jogar pelo STJD, ainda estão em recondicionamento e por isso não entraram na lista. Fernando Prass e João Pedro que estão em tratamento de lesões são as outras ausências.

Com 47 pontos, o Palmeiras é o líder do Brasileiro, e o Flamengo é o segundo colocado, com 46. Para este jogo, 30 mil ingressos foram vendidos de forma antecipada para a torcida do Verdão.

Confira os 26 jogadores convocados:
Goleiros: Jailson e Vinicius Silvestre
Laterais: Egídio, Fabiano, Jean e Zé Roberto
Zagueiros: Edu Dracena, Mina, Roger Carvalho, Thiago Martins e Vitor Hugo
Volantes: Gabriel, Matheus Sales, Tchê Tchê e Thiago Santos
Meias: Allione, Cleiton Xavier, Fabrício e Moisés
Atacantes: Dudu, Erik, Gabriel Jesus, Lucas Barrios, Leandro Pereira, Róger Guedes e Rafael Marques

 

Fonte: Lancenet

Fred esteve diante do Fluminense, clube pelo qual fez história e se tornou ídolo, pela primeira vez desde que deixou o Tricolor. Fred que não teve bom desempenho no primeiro tempo, foi substituído no intervalo e viu seus ex-companheiros derrotarem o seu Atlético-MG de virada, por 4 a 2, na noite desta segunda-feira, em Édson Passos, no jogo que encerrou a 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

57d74bb52480e Vibra, Douglas! Volante foi o responsável por empatar o jogo em Édson Passos (Foto: Armando Paiva/AGIF)

A sétima vitória na condição de mandante no Brasileirão levou o Fluminense aos 37 pontos, o que fez o time assumir a sétima colocação, sendo superado pelo Grêmio nos gols pró. O Corinthians, com 40, fecha o G4. Vitória que fez o Tricolor encerrar um jejum contra o Galo. O time não vencia o rival desde o dia 28 de setembro de 2010. Eram seis empates e cinco derrotas desde então. Já o Galo segue com 42 e na terceira colocação.

PRÓXIMOS JOGOS

O Fluminense voltará a atuar pelo Brasileirão na próxima quinta-feira, quando receberá a Chapecoense, novamente em Édson Passos, a partir das 19h30. Já o Atlético, no mesmo dia e horário, receberá o Sport, na Arena Independência.

FLUMINENSE DOMINA, MAS GALO É EFICAZ

Levir Culpi surpreendeu ao apostar em um ataque sem uma referência, com Danilinho e Marcos Jr. de novidades. Já o Galo, contando com o retorno de Pratto, voltou a ter o trio com o argentino, Robinho e Fred. O início de jogo foi equilibrado. E polêmico. Cícero derrubou Maicosuel na área. Pouco depois, foi a vez de Marcos Jr. ir ao chão após toque de Edcarlos. O árbitro Eduardo Tomaz de Aquino Valadão ignorou ambos os lances.

O Fluminense era melhor graças, principalmente, ao ritmo imposto por um time veloz. Mas faltava ser eficaz na hora de concluir. Eficiência que o Galo teria de sobra aos 27 minutos. A aga tricolor falhou após lançamento de Maicosuel e Robinho, livre, marcou pela 22 vez no ano, assumindo a artilharia do Brasileirão, com 11.

O gol atleticano não abateu o Fluminense. Sobrou volume de jogo e sobraram chances. Scarpa, Wellington, por exemplo, tiveram boas chances. Mas o Tricolor não tomava a melhor decisão no momento de concluir as investidas. E ainda foram muitos os cruzamentos que não encontraram jogadores altos. Não encontraram uma referência. Bom para o Galo, que foi mais eficaz.

 

VIRADA TRICOLOR COM GOLS DE MARQUINHO E SCARPA

A opção por Danilinho, que se mostrou errada pelo desempenho do jogador, foi desfeita para Magno Alves ser a referência tricolor em campo. E logo com quatro minutos da etapa final, o Fluminense chegou ao empate. Lançamento de Scarpa, passe de Magno Alves e finalização de Douglas, que Victor não segurou. Gol que fez justiça ao desempenho tricolor no jogo e tudo igual.

O Atlético possui, inegavelmente, um ótimo elenco e, mesmo desfalcado de jogadores como Marcos Rocha, Erazo, Cazares e Luan, apresenta muita qualidade técnica. Mas o Galo não conseguiu colocar tal qualidade em prática. O Fluminense seguiu superior e chegou ao merecido gol da virada aos 27. Segundos após entrar em campo, Marquinho recebeu de Magno Alves e marcou.

A superioridade tricolor culminaria com um belo gol de Scarpa, em cobrança de falta, aos 32. Cobrança que não ofereceu a menor chance de reação para Vitor, que iniciou a jogada que terminou com a falta de Edcarlos em Magno Alves. O Galo, sem alternativa, tentou pressionar o Fluminense em busca de uma reação. E conseguiu diminuir com Otero. Mas a vitória seria tricolor e com o quarto gol de Maranhão, que recebeu de Magno Alves (participando dos quatro gols) e tirou do alance de Victor. Vitória merecida do Tricolor diante de um dos candidatos ao título.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 4 X 2 ATLÉTICO-MG

Local: Édson Passos, Mesquita (RJ)
Data-hora: 12/9/2016 – 20h
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Auxiliares: Adailton Fernando Menezes (GO) e Édson Antônio de Sousa (GO)
Público/Renda: 7.874 pagantes/9.004 presentes/R$ 189.200,00
Cartões amarelos: Wellington (FLU); Lucas Pratto, Otero e Carlos César (CAM)
Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Robinho, 27'/1ºT(0-1), Douglas, 4'/2ºT(1-1), Marquinho, 27'/2ºT(2-1), Gustavo Scarpa, 32'/2ºT(3-1), Otero, 43'/2ºT(3-2) e Maranhão, 46'/2ºT(4-2).

FLUMINENSE: Julio Cesar, Wellington Silva, Henrique, Gum e William Matheus; Douglas, Cícero e Gustavo Scarpa; Danilinho (Magno Alves, Intervalo), Wellington (Maranhão, 27'/2ºT) e Marcos Jr. (Maquinho, 27'/2ºT) – Técnico: Levir Culpi.

ATLÉTICO-MG: Victor, Carlos César, Leonardo Silva, Edcarlos e Fábio Santos; Rafael Carioca, Lucas Cândido e Maicosuel (Júnior Urso, 43'/2ºT); Robinho, Fred (Otero, Intervalo) e Lucas Pratto – Técnico: Marcelo Oliveira.

 

Fonte: Lancenet

Palmeiras e Flamengo duelam nesta quarta-feira num jogo que é tido por muitos como uma decisão no Campeonato Brasileiro. O Alviverde é o líder, com 47 pontos, enquanto os cariocas estão na cola, com 46. Nesta segunda-feira, o meia Diego concedeu entrevista coletiva no clube - pela primeira vez desde a apresentação - e falou muito sobre este confronto. O jogador garante que o Rubro-Negro está confiante, mas ele não considera a partida como 'um divisor de águas' na competição. Para sair vencedor no Allianz Arena, o atleta quer o time errando pouco.

57a9c04b97230Diego em treino do Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

- Eu tenho certeza que a equipe do Flamengo encara este jogo com muito respeito. Posso assegurar que não vai ser um jogo que vai definir o campeonato, mas é muito importante para nos testarmos, nos impor. Eles não estão na primeira colocação por acaso. Vamos lá com respeito, mas sabendo da condição que nós temos. É isso o que vamos fazer e temos chance de conseguir. Teremos de fazer um jogo quase perfeito - comentou.

Com Diego em campo, o Flamengo tem cinco vitórias em cinco partidas. Para seguir com este ótimo aproveitamento, o meia pede muita atenção.

- O que nos traz confiança é saber que estamos na direção certa, temos que encarar este jogo como encaramos os outros. Na minha opinião, é segurança de ir para um jogo como este com concentração redobrada. Talvez os erros que cometemos contra outras equipes, as chances... Contra o Palmeiras talvez você não tenha. Temos de ter atenção redobrada - analisou.

Diego foi perguntado ainda se espera um jogo aberto, de muitos gols contra o líder do Brasileirão. Ele respondeu negativamente, pois acredita que será uma partida de poucas chances.

- Espero um jogo difícil, de poucas oportunidades. Será um jogo que se decide nos detalhes. Não espero muito espaço. Vamos ter de decidir as jogadas muito rapidamente - ponderou.

 

Fonte: Lancenet

O casamento entre o meia Schweinsteiger e o Manchester United chegou ao fim nesta segunda-feira. Preterido pelo técnico José Mourinho, o alemão e o clube chegaram a um acordo pela rescisão de contrato. O jogador levará nove milhões de dólares (R$ 29,4 milhões) pela ruptura do vínculo.

57bdc02a17848Schweinsteiger não estava nos planos do técnico José Mourinho (Foto: John Peters)

Segundo a imprensa alemã, Schweinsteiger estuda a possibilidade de pendurar a chuteiras. O meia também estaria analisando uma proposta do Olympique de Marselha, porém, com o fechamento da janela de transferências, ele não poderá atuar nos grandes centros europeus até janeiro, quando o vaivém recomeçará.

Schweinsteiger chegou ao United na temporada passada, a pedido do técnico Louis Van Gaal. Ele realizou 31 jogos pelos Red Devills e anotou apenas um gol.

Com a chegada de Mourinho, a situação se complicou para o alemão. O técnico português revelou que o jogador alemão não estava nos planos. Schweinsteiger não teve outra opção a não ser negociar a recisão.

 

Fonte: Lancenet

  • Paraiba
  • Espeto e Cia
  • Blossom
  • Ada Atten
  • Casa Boa Esperança
  • Cabedo
  • Rastek