• Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Garoto
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano

Uma das grandes promessas do São Paulo para os próximos anos participou de treino com o profissional nesta quarta-feira. Recuperado de uma cirurgia no ombro esquerdo, que o afastou por seis meses, o atacante David Neres, de 19 anos, integrou a equipe Sub-20 em atividade no CT da Barra Funda.

57b1fa5105d75Atacante David Neres, em ação com a camisa do São Paulo (Foto: Afonso Pastore/saopaulofc.net)

David Neres foi um dos destaques do time Sub-20 nos títulos do ano passado e na campanha da Copa São Paulo de Futebol Júnior este ano, quando o Tricolor foi eliminado nas quartas de final. Rápido e habilidoso, virou sensação da torcida durante os torneios e dele se espera muito.

No São Paulo, Neres é tratado como grande joia. Os profissionais do clube afirmam que ele estaria treinando com o profissional há tempos não fosse a lesão sofrida. Este ano, o clube já utilizou Banguelê, Artur, Lucas Fernandes, Luiz Araújo e Pedro do time Sub-20, além de ter relacionado Araruna e Lucas Kal.

Ainda não é certo se Neres será integrado ao time de Ricardo Gomes, mas é a tendência. Vale lembrar que a diretoria busca jogadores que atuem pelos lados do campo, assim como ele, mas com mais experiência para serem lançados em momentos difíceis como o de agora. Por isso, Marquinhos, do Internacional, está na mira.

 

Fonte: Lancenet

Os médicos Vinicius Martins e Rubens Sampaio deram explicações sobre o tratamento de Arouca, após o volante ter sido pego no exame antidoping. A substância identificada no teste do volante foi a "triancinolona", por conta de uma infiltração feita no joelho esquerdo. De acordo com os médicos, não houve doping, pois o uso do remédio foi intra-articular, forma autorizada pela Wada (Agência Mundial de Anti-doping) e pela comissão de dopagem. O clube vê semelhanças no caso com o de Yago, zagueiro do Corinthians.

57c713923c7fbVinicius Martins e Rubens Sampaio dão explicações no clube. Na mesa está o remédio usado no meio-campista (Foto: Thiago Ferri)

- Estamos absolutamente tranquilos ao que causou esta notificação, porque temos tudo documentado devidamente no prontuário e calçado nos exames de imagem - explicou o médico Rubens Sampaio.

- O Arouca foi operado do joelho esquerdo no dia 3 de junho, no início de julho teve um processo inflamatório, e no dia 13 de julho, antes do Inter, ele tinha um quadro inflamatório importante, documentado com exames de imagem e ultrassonografia, isto está no prontuário do atleta. Fizemos uma infiltração com o medicamento Triancil, na caixa deste medicamento consta "uso adulto e intra-articular". É fundamental ressaltar o intra-articular, porque esta substância é dopante em alguns casos e em outros permitido. O DM agiu de acordo com a ciência e regras do jogo, não deixamos ninguém levar vantagem. O uso de corticoide é permitido pela Wada, Fifa, talvez seja a melhor opção no caso e deve ser usado sem caracterizar nenhum dolo. Tudo está documentado, incluindo a infiltração e quando foi o dia. A conduta é médica, justificada e não é doping - acrescentou.

Os médicos levaram o remédio aplicado em Arouca para a sala de imprensa e explicaram que o procedimento é rotineiro. A infiltração aconteceu quatro dias antes do jogo contra o Inter, no qual o camisa 5 ficou no banco de reservas. Por usar a substância de forma que não é considerada dopante (é proibido o uso por via oral, intramuscular, intravenosa ou retal), o Palmeiras nem pedirá a contra-prova e tentará acelerar o processo. Ao abrir mão deste passo, o clube espera receber o quanto antes o comunicado da suspensão preventiva, talvez ainda nesta quarta-feira e encurtar o período sem o meio-campista.

A comparação com o caso de Yago se dá por ter sido também um tratamento para dores no joelho com corticoide, mas no caso do corintiano a substância era outra: betametasona. Ele também recebeu o medicamento de forma intra-articular e ficou suspenso por 30 dias. Já com Alecsandro, os médicos não fazem comparação. O atacante foi suspenso por dois anos após ser pego no doping com o uso de anabolizantes.

- Vamos defender o atleta e a conduta do departamento médico. A defesa vai se basear no fato simples de que o corticoide é permitido em algumas vias e em outras não. Usamos a permitida - encerrou Rubens Sampaio.

 

Fonte: Lancenet

Quando a fase é ruim, as traves ficam pequenas e o goleiro adversário passa a ser enorme. Foi o que aconteceu com o São Paulo neste domingo (28), em casa, contra o Coritiba. O time tricolor até jogou bem, criou chances de gol, mas desperdiçou todas, então a partida terminou 0 a 0.

6f921e0cb2ca93deebb4408d879398feSérie A: São Paulo joga melhor que Coritiba, mas empata e segue em crise.(Imagem:Divulgação)

O São Paulo sofreu com protestos graves um dia antes no CT da Barra Funda e agora a crise deve aumentar, principalmente por causa do goleiro Wilson, do Coritiba. Desde o 1º tempo ele fez grandes defesas e evitou dois gols de Chávez, um de Kelvin e outro de Luiz Araújo.

O Coritiba, que também vive um momento delicado no Campeonato Brasileiro, apostou no contra-ataque e até criou esparsas chances de gol. Mas Neto Berola desperdiçou as melhores e Dênia ainda fez uma boa defesa.

Agora o São Paulo completou três jogos sem vitória, tem 28 pontos e está a cinco da zona de rebaixamento. Já o Coritiba tem dois a menos e pode terminar a rodada na zona da degola, dependendo dos outros resultados.


Fonte: GOAL

O Palmeiras venceu o Fluminense por 2 a 0 neste domingo, no estádio Mané Garrincha, pela 22ª rodada do Brasileirão, e disparou na liderança do campeonato, chegando a 43 pontos.

831cc1c96df5148b9d167d0f2b142125Palmeiras bate o Flu em Brasília e segue cada vez mais líder do Brasileirão.(Imagem:Divulgação)

O Verdão aproveitou os tropeços dos integrantes do G4 e agora pegou uma vantagem muito boa num torneio disputado como é o Brasileiro. Por outro lado, o Fluminense estacionou nos 31 pontos e ficou um pouco mais distante do G4.

A vitória palmeirense foi decidida logo nos primeiros 25 minutos de jogo, quando o time alviverde já havia marcado os dois gols do duelo, com Dudu e Jean.

O primeiro deles saiu aos 18 minutos de jogo. Jean cobrou falta, Diego Cavalieri saiu muito mal do gol, e Dudu se esticou todo e conseguiu tocar nela para empurrar para as redes. O segundo veio seis minutos depois.

Dudu veio pela esquerda e tentou cruzar na área. A bola sobrou para Moisés, e a bola bateu em Mina. Novamente a bola sobrou, mas dessa vez para Jean, que chutou de primeira e acertou o ângulo, sem chances para Cavalieri.


Fonte: IG

  • Espeto e Cia
  • Paraiba
  • Blossom
  • Casa Boa Esperança
  • Ada Atten
  • Rastek
  • Cabedo