O Sport conquistou o título pernambucano da temporada ao bater o Salgueiro, por 1 a 0, nesta noite, no estádio Cornélio de Barros, no sertão do Estado. No primeiro jogo disputado há 52 dias, houve empate por 1 a 1 em Recife.

54d224e4c5edd3e8e03f670760fb9ea3

O curioso é que foi o único jogo sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo. O rubro-negro é o maior campeão estadual com 41 conquistas, contra 28 do Santa Cruz e 21 do Náutico.

Desta vez, o sport levou para casa o Troféu do Bicentenário da Revolução Pernambucana. O Interior do Estado continua sem título após 103 anos de disputa, incluindo a fase amadora.

“Se eu perco, seria porque perdi. Se eu ganho é porque só fiz um jogo. O importante é dar este título ao clube e à torcida” – comentou o técnico após a conquista. Seu último título ocorreu em 2011 quando levantou o Carioca pelo Flamengo.

DIEGO SOUZA ADIA POSIÇÃO

A decisão contou com o recurso do ‘Árbitro de Vídeo”, usado uma vez no segundo tempo para anular um gol do Salgueiro. O meia Diego Souza não confirmou após o jogo se vai ou não se transferir para o Palmeiras, que lhe apresentou uma proposta de R$ 800 mil de salário e a promessa de pagar os R$ 12 milhões da multa rescisória.

"Agora é o momento de comemorar. O resto a gente vê depois e com calma" - afirmou emocionado e mantendo o suspense sobre a sua decisão.

JOGO TRUNCADO

O primeiro tempo foi truncado. O Salgueiro até surpreendeu com mais volume de jogo e não tão defensivo, como se esperava. Os dois times até tentaram finalizar, mas para fora sem ameaçar os goleiros. O Sport reclamou muito das condições do gramado, mas prometendo voltar para o segundo tempo disposto a confirmar o título.

Apesar de voltar mais na frente, o Sport levou um grande susto aos 24 minutos quando Álvaro marcou um gol após escanteio. Mas foi anulado, porque a bola teria saído no lance da cobrança do esquinado.

Mesmo assim, ficou a dúvida que só foi dissipada após a conferência no vídeo. A anulação foi confirmada e a bola voltou a rolar após cinco minutos de paralisação.

Mas aos 36 minutos saiu o gol do título. Após rápida torça de passes na intermediária, a bola ficou nos pés de Everton Felipe, de 19 anos, que fez o giro e bateu. A bola resvalou em Morelândia e encobriu o goleiro Mandragon. Era o gol do título.

PRÓXIMOS JOGOS

Os dois times voltam à rotina do Campeonato Brasileiro no final de semana. O Sport vai enfrentar o Atlético-PR, domingo, às 16 horas, em Recife (PE) pela 11.ª rodada. O Salgueiro vai receber o CSA, líder do Grupo A, com 14 pontos, pela oitava rodada da Série C.

SITUAÇÕES DIFERENTES

Os dois times voltaram a campo 52 dias depois do primeiro jogo decisivo, disputado na Ilha do Retiro e que terminou empatado por 1 a 1. Em condições diferentes também, afinal o Salgueiro estava em grande fase tendo liderado o hexagonal final.

O Sport vinha em alta na Copa do Nordeste e também brigando na Copa Sul-Americana. Era dirigido por Ney Franco, mas agora tem Vanderlei Luxemburgo no comando.

Neste momento, o Carcará do Sertão, como é chamado o Salgueiro, é lanterna do Grupo A da Série C e o Sport, o ‘Leão da Ilha’ ocupa a perigosa 15.ª posição no Brasileirão, com apenas 12 pontos.


Fonte: Futebol do Interior

Por conta da má fase de Alex Muralha, o Flamengo tem Thiago, garoto da base, como dono da meta rubro-negra neste Campeonato Brasileiro. Com três competições ainda a disputar na temporada e uma cobrança da torcida por títulos, a diretoria começa a se movimentar sobre reforços para a posição.

54399b2154f73db27624386a06a2d719

E dois nomes aparecem com possíveis no Ninho do Urubu. Segundo o jornal Zero Hora, do Rio Grande do Sul, os cariocas estão interessados nos dois goleiros do Internacional.

Danilo Fernandes e Marcelo Lomba entraram no radar da cúpula responsável pelo futebol do Flamengo. O nome mais forte é o do titular da posição. Danilo tem contrato até 2020 e está valorizado. A negociação giraria em torno de R$ 13 milhões.

Marcelo Lomba, que foi revelou pelo time da Gávea, mas conviveu com a bomba de ser o primeiro substituto de Bruno após a prisão, não teve vida fácil no Rio e acabou saindo. Mais experiente, passaria a ser a bola da vez em caso de desistência do Colorado em negociar Danilo.

No atual elenco do Flamengo, Thiago, Muralha e César são os três goleiros principais à disposição do técnico Zé Ricardo. O garoto Gabriel, que também faz parte do elenco sub-20, é a quarta opção do plantel.


Fonte: Fox Sports

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou na noite desta segunda-feira a tabela da Segunda Fase do Campeonato Brasileiro da Série D. Os jogos acontecerão nos dois próximos finais de semana.

b77c7dbdce3194204b2c03bf80dae883

A competição começou com 68 clubes divididos em 17 grupos de quatro. Agora restam 32 clubes divididos em 16 novos grupos. Eles vão se enfrentar em jogos de ida e volta.

Se houver igualdade em pontos, a vaga será pelo saldo de gols, com o gol fora entrando no critério. Isso vai acontecer até a final. Os semifinalistas vão garantir o acesso para a Série C em 2018.

Confira os jogos da Segunda Fase da Série D:
IDA

Sábado (01/07)
16h
URT-MG x União Rondonópolis-MT -
16h30
Espírito Santo-ES x Boavista-RJ -
17h
Altos-PI Rio Branco-AC -
São Francisco-PA x Santos-AP -
19h
Comercial-MS x América-RN

Domingo (02/07)
16h
Parnahyba-PI x Guarany-CE -
Maranhão-MA x Globo-RN
Jacobina-BA x Ceilândia-DF
Villa Nova-MG x Operário-PR -
Brusque-SC x São José-RS
17h
São Raimundo-PA x Atlético-AC
Princesa do Solimões-AM x Gurupi-TO
Campinense-PB x Juazeirense-BA
Sousa-PB x Fluminense-BA
Segunda (03/07)
19h30
Aparecidense-GO x Portuguesa-RJ
Metropolirano-SC x São Bernardo-SP

VOLTA

Sábado (08/07)
15h
Boavista-RJ x Espírito Santo-ES
São Bernardo-SP x Metropolitano-SC
15h30
Ceilândia-DF x Jacobina-BA
18h
América-RN x Comercial-MS
18h30
Juazeirense-BA x Campinense-PB
19h
Atlético-AC x São Raimundo

Domingo (09/07)
15h
Portuguesa-RJ x Aparecidense-GO
15h30
Operário-PR x Villa Nova-MG
São José-RS x Brusque-SC
16h
Guarany-CE x Parnahyba-PI
Fluminense-BA x Sousa-PB
17h
Santos-AP x São Francisco-PA
Globo-RN x Maranhão-MA
18h
Rio Branco-AC x Altos-PI
19h
União Rondonópolis-MT x URT-MG
Guarupi-TO x Princesa do Solimões-AM


Fonte: Futebol do Interior

Diego Souza é o nome da vez estudado pelo Palmeiras para reforçar o ataque, conforme publicou o "GloboEsporte.com". Aos 32 anos, o jogador é o principal jogador do Sport e já atuou no Verdão entre 2008 e 2010.

a7942bebef5264795756c6719b1b4ef8

O clube já cogitou seu retorno por duas vezes recentemente: no fim de 2014 e fim de 2015. Diego agrada à comissão técnica por desempenhar duas funções carentes no elenco: meia, que hoje tem Guerra como principal nome e sem reposição à altura, e principalmente ataque, desfalcado após as saídas de Barrios, Alecsandro e Rafael Marques, e com Borja sem engrenar.

Diego quando passou pelo Palmeiras era apenas meio-campista, mas ganhou espaço jogando como centroavante no Sport, tanto que tem sido assim convocado por Tite na Seleção Brasileira. Vanderlei Luxemburgo, recém-contratado pelo Leão, é quem tem o feito o camisa 87 jogar mais recuado, novamente armando.

No fim de 2016, Diego Souza renovou com o Sport até o fim de 2018, e embora seja o principal atleta na Ilha do Retiro, uma negociação deve ser feita por um valor bem mais baixo do que o Palmeiras ofereceu por Richarlison.

Pelo atacante do Fluminense, primeira opção para o setor, o clube pagaria 12 milhões de euros (R$ 44 milhões), além do empréstimo de dois jogadores. A negociação não se concretizou.

O jogador é agenciado por Eduardo Uram, que tem relação próxima com Alexandre Mattos. O Palmeiras oficialmente diz que não comenta negociações, e o empresário preferiu desconversar.

- Eu não vou falar desta negociação. Deixa para os dois clubes se pronunciarem - respondeu Uram.

Diego tem 145 jogos pelo Sport e 45 gols - 13 deles marcados neste ano. No Palmeiras, foi campeão paulista em 2008 e esteve no elenco que disputou o título brasileiro no ano seguinte. Ele saiu em 2010 depois de responder a xingamentos de torcedores no Palestra Itália com um gesto obsceno.

Em 2016, chegou a trocar o Sport pelo Fluminense, mas três meses depois decidiu retornar ao Sport, alegando motivos particulares. Procurada, a diretoria do Leão não respondeu aos telefonemas da reportagem.


Fonte: Terra

  • Cabedo
  • Paçoka
  • Ada Atten
  • Espeto e Cia
  • Med Plan