O Flamengo vem mantendo a base dos seus titulares ao longo de todos os jogos que disputou até este momento. Para muitos, uma estratégia que pode ter um custo alto mais à frente. Porém, na visão dos flamenguistas, o time carioca tem acertado na decisão.

5b5a9b07500f7637cf5b62cbd341e4ffClassificado no Carioca, Flamengo agora busca vaga na Primeira Liga.(Imagem:Gilvan de Souza/Flamengo)

Afinal de contas, a ideia é atingir rapidamente alguns objetivos. O primeiro deles, a classificação para as semifinais da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, foi alcançado no domingo, com o triunfo de 2 a 1 no clássico contra os reservas do Botafogo.

Na próxima quinta-feira é a vez de o Flamengo tentar assegurar a classificação para as quartas de final da Primeira Liga. Para isso precisa precisa superar o América-MG em choque programado para às 21h30 (de Brasília), no Estádio Bezerrão, em Brasília (DF).

“Para nós a vitória será fundamental porque vai nos garantir na próxima fase e vamos atingir mais um objetivo. Por isso mesmo que o Flamengo tem que manter o foco em mais um resultado positivo. Avançar na Primeira Liga é muito importante, como aconteceu na Taça Guanabara.

Sabemos que a temporada é rica em competições e justamente por isso não podemos vacilar em momentos decisivos”, disse o goleiro Alex Muralha.

O lateral direito Pará concorda com o arqueiro e vê o mando de campo ser mais um fator para não deixar a oportunidade escapar.

“Se vencermos o América-MG vamos para a última rodada com a classificação assegurada e por isso mesmo não podemos deixar passar esta oportunidade, ainda mais porque teremos o mando de campo.

O nosso adversário também vai buscar a vitória, mas o triunfo na estreia nos deu uma tranquilidade para projetarmos o que está por vir”, disse o lateral.

O elenco flamenguista ganhou folga nesta segunda-feira e a reapresentação está marcada para a manhã desta terça, no Ninho do Urubu, onde o técnico Zé Ricardo vai definir a escalação que enfrenta o América-MG.


Fonte: Gazeta Esportiva

A primeira vez a gente nunca esquece. E Rogério Ceni nem vai querer saber de esquecer a primeira vez dele como técnico no Morumbi. Com direito a três gols de Gilberto, o São Paulo goleou a Ponte Preta por 5 a 2.

23261a12cfae133656d26f4262fb89c2SP faz 5 na Ponte e coroa festa da volta de Ceni ao Morumbi.(Imagem:Divulgação)

Cueva e Thiago Mendes completaram o triunfo, e Matheus Jesus e Lucca marcaram para o time campineiro. A partida também serviu para o São Paulo apresentar à torcida seus dois novos reforços: o volante Jucilei e o atacante Lucas Pratto.

Os dois entraram em campo com a camisa tricolor antes da partida e foram ovacionados pelas arquibancadas, que receberam quase 51 mil torcedores.

Talvez até inspirado a jogar mais com a chegada da concorrência, Gilberto foi o nome do jogo com os três jogos que marcou. ‘Ofuscando' até o ótimo primeiro tempo de Cueva, responsável pelo primeiro gol e pela assistência do segundo. Agora Ceni ainda embala sua segunda vitória seguida como treinador.

O dia de festa do São Paulo quase foi estragado no Morumbi. Aos 21 minutos da primeira etapa, a Ponte Preta mostrou que não queria saber de aliviar. E contou também com uma ‘ajudinha' do goleiro Sidão para abrir o placar.

Após roubada de bola, Pottker puxou ataque pela direita e tocou para Matheus Jesus. O meio-campista ainda limpou a marcação antes de bater muito de longe. A bola pegou velocidade, e Sidão até encostou nela, mas não conseguiu fazer a defesa e acabou espalmando para dentro do gol.

A Ponte ainda teve a chance de aumentar a vantagem cinco minutos depois, mas Sidão se redimiu ao defender uma finalização quase à queima-roupa de Lucca. O susto, porém, parou por aí. Graças a um peruano que fez questão de espantar qualquer zebra.

Aos 32 minutos, Cueva empatou a partida. Gilberto invadiu a área pela esquerda e achou espaço para bater forte. Aranha até fez a defesa, mas espalmou para dentro da área e viu o peruano aparecer livre para empurrar para as redes.

Aos 43, a retribuição. E a virada. Cueva puxou jogada pela esquerda e deu um lançamento magistral para deixar Gilberto de cara para o gol. O atacante bateu forte e também contou com uma ‘mãozinha' de Aranha, que não fechou o ângulo direito, para colocar o São Paulo a frente.

Se sofreu no primeiro tempo, o São Paulo fez questão de matar logo a fatura na etapa final. E de transformar a vitória em goleada em apenas dois minutos.

Aos 11, Fábio Ferreira se atrapalhou na hora de afastar a bola. Thiago Mendes aproveitou, dominou na entrada da área e bateu colocado, com estilo, para marcar um belíssimo gol.

Um minuto depois, logo na saída de bola, o São Paulo recuperou a bola e puxou ataque com Luis Araújo. Ele ainda deu um belo drible em Fábio Ferreira antes de cruzar rasteiro para Gilberto encher o pé. A bola ainda desviou e matou qualquer chance de defesa de Aranha.

Ainda deu tempo de Gilberto marcar o terceiro dele no jogo. Em cobrança de escanteio aos 24 minutos, a bola passou por todo mundo até encontrar o corpo do centroavante na segunda trave, quase em cima da linha.

Já com a partida definida, Lucca fechou o placar aos 38, aproveitando rebote de Sidão.

A vitória recupera o São Paulo do tropeço contra o Audax na estreia e já coloca o clube ao lado do Linense na liderança do grupo B com três pontos. O próximo compromisso, porém, é complicadíssimo: clássico contra o Santos na Vila Belmiro nesta quarta-feira, em jogo que pode marcar a estreia de Pratto.

Já a Ponte Preta segue com os mesmos três pontos que já tinha e agora é lanterna do grupo D. Na quarta, o time campineiro vai até Ribeirão Preto enfrentar o Botafogo.


Fonte: ESPN

Na tarde deste domingo a Associação Atlética de Altos volta a campo para enfrentar o Bahia pela Copa do Nordeste. O jogo será no Estádio Lindolfo Monteiro, com início às 16h00.

7517ec42cd0a47f8ffb317543a005651Em 13 jogos Altos sofreu apenas uma derrota.(Imagem: Eduardo Frota - Cidadeverde.com - Arquivo)

A expectativa é de uma boa presença de público para incentivar a equipe piauiense no confronto com o tricolor baiano, time da primeira divisão do futebol brasileiro. Altos vem de uma vitória brilhante sobre o CRB de Alagoas por 2 x 0, pela Copa do Brasil.

Em 2016 Altos realizou uma campanha surpreendente na Série D do Campeonato Brasileiro, quando perdeu a oportunidade de classificação para a Série C no saldo de gols e para o CSA de Maceió.

Nesta temporada de 2017 já foram disputados 3 jogos valendo pela Copa do Nordeste e Copa mdo Brasil com 2 empates e 1 vitória.

A campanha geral de 2016 e 2017 tem números expressivos: apenas uma derrota em 13. Vamos aos resultados:

CAMPEONATO BRASILEIRO DA SÉRIE D DE 2016:

Altos 3 x 0 Maranhão - em São Luís; Altos 4 x 0 Juazeirense - em Teresina; Altos 5 x 1 Icasa - em Teresina; Altos 3 x 0 Icasa - em Juazeiro do Norte; Altos 3 x 3 Juazeirense - em Juazeiro-BA; Altos 4 x 1 Maranhão - em Teresina; Altos 2 x 1 América - em Paulista-PE; Altos 2 x 0 América - em Teresina; Altos 0 x 3 CSA - em Maceió; Altos 2 x 0 CSA - em Teresina.

COPA DO NORDESTE DE 2017

Altos 1 x 1 Moto Club - Em São Luís.; Altos 1 x 1 Fortaleza - Em Teresina.

COPA DO BRASIL DE 2017

Altos 2 x 0 CRB - Em Teresina

Total de jogos disputados - 13; vitórias - 09; empates - 03; derrotas - 01; gols marcados - 32; gols sofridos - 11; saldo de gols - 21; principal artilheiro - Manoel com 11 gols.

A RODADA DO GRUPO B

Neste domingo(12) será disputada a 3º rodada do Grupo B da Copa do Nordeste com os jogos Altos x Bahia em Teresina e Fortaleza x Moto em Fortaleza. O Bahia lidera com 4 pontos. Altos e Fortaleza têm 2 pontos e o Moto está com 1 ponto.

 

Fonte:cidadeverde.com

Não dá para dizer que a tarde de ontem foi histórica para a carreira de Eduardo.

Revelando pelo Flamengo antes de ir para a Europa, o atacante fez seu primeiro gol no retorno ao rubro-negro, no Lindolfo Monteiro onde ele jogou por tantas vezes.

fla picos 33Picos estraga festa de gol histórico e Eduardo pede reforços no Flamengo.(Imagem: Wilson Filho/Fla-PI)

No Acorda Piauí, da rádio Cidade Verde, na última sexta-feira, o artilheiro disse que preferia jogar com o campo molhado. E choveu durante todo o jogo.

O cenário parecia perfeito para as manchetes consagrarem o jogador. Mas o Flamengo voltou do intervalo sem seu principal meia. E do outro lado do campo havia um time favorito ao título do Campeonato Piauiense.

- O campo favorece a equipe que coloca no chão e toca em velocidade, que a bola consegue rolar tranquilamente. Mas nosso time no segundo tempo caiu bastante. Depois da saída do Jean nós perdemos um pouco desse poder ofensivo e começamos a dar muita brecha para o time adversário. Nós estávamos jogando na reação, e não agindo.

A experiência de Eduardo o fez acender o sinal de alerta para o rubro-negro. O Flamengo precisa jogar bem durante os 90 minutos. Mas sem peças de reposição, o time pode ficar na metade do caminho.

- A gente esperava a vitória até pelo volume de jogo do primeiro tempo. A gente sabe que o nosso elenco não é muito grande e às vezes isso paga. A gente tem de ver com a comissão, com a diretoria, para tentar melhorar um pouco mais em termos de quantidade. A qualidade está boa, mas estamos com um número muito limitado.

  • Ada Atten
  • Cabedo
  • Blossom
  • Paraiba
  • Espeto e Cia