• Oticas Floriano
  • Garoto
  • Farmaduty
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Garoto

O Campeonato Carioca está chegando em sua reta final e o contrato de empréstimo do atacante Riascos com o Vasco também. Artilheiro do time na temporada, com oito gols marcados, o colombiano tem mais 24 dias de vínculo com a equipe de São Januário, mas ainda não sabe se vai permanecer ou não na Colina. Certo mesmo é a vontade do jogador, que não esconde o desejo de ficar no Rio de Janeiro. No entanto, até ele ainda não sabe qual será o desfecho das conversas com o Cruzeiro.

5713f98c86b51Riascos vive indefinição no Vasco (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco)

A tática dos dois clubes na negociação é a mesma: a paciência. Enquanto o Cruzeiro aguarda por uma proposta do exterior para recuperar o investimento realizado na contratação do colombiano, o Vasco acredita que nenhuma proposta pelo jogador chegará na Toca da Raposa. E confiando nisso, a diretoria cruz-maltina também crê que sem ofertas, os mineiros vão estar abertos a negociar uma extensão do empréstimo, que seria a forma de manter o jogador no Rio de Janeiro.

Focado na semifinal do Carioca, diante do Flamengo, no domingo, em Manaus, Riascos prefere desconversar sobre o assunto:

– Não tenho que me preocupar com outras coisas para não tirar o foco. Se o Vasco não procurou o Cruzeiro, não é questão para mim. Cada um fala uma coisa. Tenho que pensar no que estou fazendo. Meu caminho mudou muito em relação ao ano passado. Agora, vivo um bom momento. Tenho que curtir o dia a dia e olhar para frente. O Vasco tem lutas para os próximos dias. Espero não sair.

Certo mesmo é que o Vasco não vai fazer nenhum grande investimento pelo jogador. Em ano de crise econômica, o clube tem mantido os salários em dia e pretende continuar assim. Os mineiros arcam com a maior parte dos salários e nesse ponto o Cruz-Maltino até aceitaria pagar mais. No entanto, comprá-lo (o valor fixado é de cerca de R$ 7,2 milhões) está fora de pauta.

As únicas certezas do torcedor é que Riascos quer mesmo ficar no Vasco e que pelo menos para as finais do Carioca, ele ainda estará na Colina. O vínculo já está bem perto do fim e novos capítulos desta novela estão por vir.

 

Fonte: Lancenet

A grande final do campeonato florianense de futebol acontecerá no próximo sábado às 16h no estátio Tibério Barbosa Nunes com uma partida preliminar entre os times da cidade de Marcos Parentes e Os Quarentões e na partida principal Reno e Portuguesa onde serão homenageados o grande desporista florianense Galdino Oliveira, que atualmente passa por problemas de saúde e o jogador Jeremias.

Screenshot 2016 04 14 15 58 56

As informações são do Presidente da Liga Florianense de Futebol Rilmar Barbosa, o Mocó que falou ainda sobre a premiação dos times campeões que serão três mil pro primeiro colocado, dois mil pro segundo quinhentos reais o quarto colocado. Além de premiações pro goleiro e artilheiro. "A gente espera fazer uma grande festa a contento como foi todo o campeonato florianense". Disse Rilmar. Os valores dos ingressos não serão alterados, permanecem cinco reais. "Nós queremos o torcedor em campo e que possamos fazer uma grande final". Concluiu o Presidente da Liga Florianense de futebol. Confira a vídeo-reportagem com o presidente.

 

Da redação

O estádio Tibério Barbosa Nunes foi palco de uma partida entre o time da casa Cori-sabbá e o Caiçara da cidade de Campo Maior que teve o resultado de 1 x 1 tendo o Cori-sabbá feito o primeiro gol em seguida permitindo que o time campomaiorense empatasse. No final da partida o nosso colaborador Carlos Iran fez uma avaliação da partida que levou ao estádio um público pequeno na noite de ontem.

DSC01187Carlos Iran. (Imagem:Arquivo/jc24horas)

 

Da redação.

O estádio Tibério Barbosa Nunes foi palco da maior goleada do campeonato piauiense de futebol 2016. O placar contabilizou 06 gols pro River e 0 pro time florianense. Confira as imagens do final do jogo, duas entrevistas sendo uma com o treinador do River Capitão e outra com o jogador esquerdinha. No final você confere o comentário do jornalista Carlos Iran.

20160410 174557River e Cori-sabbá. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

 

 

Da redação

  • Espeto e Cia
  • Blossom
  • Paraiba
  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Casa Boa Esperança