Com a saída confirmada do técnico Cuca ao final da temporada, o Palmeiras intensificou a busca por um novo comandante para a temporada de 2017. O clube alviverde, atual campeão brasileiro, já iniciou as tratativas com Eduardo Baptista, hoje na Ponte Preta.

0c1a212a9796a50bf2445cc653492bdbDiretoria do Palmeiras negocia com técnico Eduardo Baptista.(Imagem:Divulgação)

Por questões pessoais, Cuca, contratado no último mês de março, decidiu não renovar seu vínculo atual, válido até dezembro de 2016. Como sabia que o treinador dificilmente mudaria de ideia, Alexandre Mattos, diretor de futebol palmeirense, já trabalhava com outras alternativas.

No momento, Eduardo Baptista é a principal aposta da diretoria alviverde para assumir o comando em 2017, temporada em que o clube disputa a Copa Libertadores. O Palmeiras já apresentou as bases de um possível acordo e espera por uma resposta do técnico.

Filho de Nelsinho Baptista, Eduardo despontou no comando do Sport ao conquistar o Campeonato Pernambucano 2014 e a Copa do Nordeste 2014. Após uma passagem decepcionante pelo Fluminense, ele acertou com a Ponte Preta, atual 10ª colocada do Brasileiro com 50 pontos ganhos.

Eduardo Baptista chegou a ser procurado pelo Corinthians recentemente, mas preferiu permanecer na Ponte Preta. Ele tem contrato com o time de Campinas até 2017 e encerra sua campanha no Brasileiro às 17 horas (de Brasília) deste domingo contra o Coritiba, no Moisés Lucarelli.

Responsável por conduzir a busca por um novo treinador, Alexandre Mattos tem contrato com o Palmeiras apenas até o final desta temporada. A tendência é que o vínculo do diretor de futebol seja estendido, mas o acordo ainda não foi anunciado, o que pode atrasar o anúncio de Eduardo Baptista.

Roger Machado e Abel Braga, que também estavam no radar do Palmeiras, nos últimos dias acertaram com Atlético e Fluminense, respectivamente. O clube alviverde ainda trabalha com a possibilidade de efetivar Aberto Valentim, atual auxiliar, como técnico principal.


Fonte: Superesportes

Após um ano e três meses no Vasco, o técnico Jorginho não vai comandar a equipe na temporada de 2017. Nesta segunda, o treinador teve uma reunião com o presidente Eurico Miranda, e a saída foi comunicada pelo dirigente.

021bfeb97aa868c6b1867d5e0aa0c01aJorginho deixa o comando do Vasco após reunião com diretoria.(Imagem:Dvulgação)

Apesar de ter obtido o acesso, ele termina sua passagem por São Januário extremamente desgastado por problemas de relacionamento dentro de vestiário, tanto com atletas quanto com integrantes da comissão técnica e diretoria.

Depois da partida diante do Ceará, que selou o retorno do Cruz-maltino à Série A do Campeonato Brasileiro, Jorginho falou abertamente sobre 'vozes' contrárias dentro do clube. Ainda que não tenha mencionado nomes, o técnico teve dificuldades no seu relacionamento com Eurico Brandão, filho e assessor do presidente vascaíno.

Sem comando, o Vasco inicia sua busca por um substituto. Ney Franco entrou com força na pauta da diretoria de São Januário e o ex-treinador de Flamengo, Botafogo e São Paulo tem sido analisado pelos dirigentes.

A definição do técnico do ano que vem é considerada prioridade na Colina, uma vez que o novo profissional deve participar da formação do elenco para 2017. Vanderlei Luxemburgo chegou a ser cogitado, mas perdeu força no clube.

Ney está sem clube desde o ano passado, quando treinou o Coritiba no Campeonato Brasileiro. Aos 50 anos, possui como títulos mais importantes a Copa do Brasil com o Flamengo e a Copa Sul-Americana com o São Paulo. Pela seleção brasileira de base, foi campeão sul-americano e mundial sub-20.

Outra novidade estudada na Colina é a contratação de um diretor executivo. Felipe Ximenes, com passagens por Flamengo, Fluminense, é um dos favoritos da cúpula vascaína. Ele viria para ser chefe do gerente Isaías Tinoco e dividir com Eurico Brandão o comando do futebol.


Fonte: Extra

O Fluminense não vence há nove jogos, e nesta quinta-feira completará dois meses sem triunfos. Após a derrota para o Figueirense por 1 a 0, naturalmente o clima no Tricolor era de muita tristeza. No entanto, o discurso no clube é buscar a vitória contra o Internacional, na última partida do ano, para fechar a temporada de forma minimamente digna. Por conta disso, o técnico Marcão garante que o jogo contra o Colorado vale muito para o Flu.

583b7aa516d77Fluminense foi derrota por 1 a 0 para o já rebaixado Figueirense (Foto: Nelson Perez/Fluminese FC)

- Estão todos muito tristes, queriam um resultado melhor. Mas com a sensação de que fizeram o máximo. Temos jogo dificílimo diante do Inter, vale muito para eles e para nós - disse o treinador.

Para a partida, Marcão terá o retorno do meia Gustavo Scarpa, principal jogador do time, que não enfrentou o Figueirense porque estava suspenso. A possibilidade de contar com o seu camisa 10 deixa o técnico animado.

- É um jogador de alto nível, já provou isso, técnica diferenciada. Está bem, motivado, está querendo sair dessa situação e vai nos ajudar.

Porém, o treinador tricolor já tem duas baixas certas no time. Cícero e Pierre levaram o terceiro cartão amarelo contra o Figueirense e estão do jogo contra o Inter.

 

Fonte: Lancenet

O Santa Cruz se despediu do seu estádio com uma vitória, na Série A 2016. Jogando no Arruda, mesmo já rebaixado o Santinha goleou o Grêmio por 5 a 1. Grafite, duas vezes, Léo Moura, Roberto e Arthur fizeram para o Santinha, enquanto Miller Bolaños fez para os gremistas, que pouparam os titulares pensando na decisão da Copa do Brasil contra o Atlético-MG.

583b5bed89840Santa Cruz passou fácil pelo Grêmio neste domingo, por 5 a 1 (Foto: Carlos Ezequiel Vannoni/Eleven/Lancepress!)

Com a vitória deste domingo, o Santa Cruz continua na 19ª colocação, agora com 31 pontos. Os gaúchos estão em oitavo, com 53.

Na última rodada, o já rebaixado Santa Cruz se despede da Série A contra o São Paulo, no próximo domingo, às 17h no Pacaembu. O Grêmio joga em casa, contra o Botafogo

Mas antes da despedida do Campeonato Brasileiro, o Tricolor do Sul tem o jogo de volta da decisão da Copa do Brasil contra o Galo, nesta quarta-feira, em sua Arena. Na ida, time gaúcho venceu por 3 a 1 e pode perder por 1 a 0 que fica com o título.

O JOGO

O duelo entre tricolores no Arruda começou movimentado, e na primeira chegada o Santa quase abriu o placar, Keno bateu firme e Léo fez boa defesa. O Grêmio respondeu com Negueba, mas dessa vez foi a vez de Tiago Cardoso evitar o gol. No lance seguinte, os gaúchos marcaram com Henrique Almeida, porém o assistente marcou impedimento, de forma equivocada.

Aos 22, os visitantes tiveram outra boa chance, só que Negueba pegou mal na bola e isolou. O Santa apostava nos contra-ataques e em uma saída rápida Léo Moura quase deixou sua marca após passe de Grafite. Vitor também tentou surpreender Léo, mas o goleiro estava atento ao cruzamento e mandou para escanteio.

Na reta final de primeiro tempo, Keno quase marcou um golaço. Atacante fez fila desde o campo de defesa e chute passou raspando. Antes do intervalo, o Grêmio ainda teve uma chance boa, mas Henrique Almeida parou nas mãos do goleiro pernambucano.

O Santa Cruz voltou pressionando para o segundo tempo e logo na primeira chegada Grafite marcou. Keno cruzou na medida para o camisa 23 mandar de cabeça para o fundo do gol. Sem perder tempo, o Grêmio buscou o empate e conseguiu com Miller Bolaños, batendo na saída de Tiago Cardoso.

Os gols não paravam de sair na etapa final, aos 15, foi a vez de Léo Moura guardar o seu, aproveitando rebote da ótima defesa de Léo após desvio de Grafite. Mesmo já rebaixado, os donos da casa jogavam bem e levavam perigo para o goleiro gremista. João Paulo quase fez olímpico.

Derley quase ampliou para o Santa Cruz em um lindo chute de fora da área, mas bola passou tirando tinta da trave direita de Léo. O Grêmio tentava levar perigo, mas faltava criatividade no setor de meio-campo. Os donos da casa ainda conseguiram ampliar com Roberto, em linda cobrança de falta. Já no fim, Grafite e Arthur também balançaram as redes e fecharam a goleada. Despedida do Arruda com boa vitória.

FICHA TÉCNICA
SANTA CRUZ 5 X 1 GRÊMIO

Data e hora: 27/11/2016, às 19h30 (de Brasília)
Local: Estádio do Arruda, em Recife (PE)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa (MG) e Celso Luiz da Silva (MG)
Cartões amarelos: Léo Moura, Derley e Keno (STA); Guilherme Amorim, Miller Bolaños e Wallace (GRE)
Cartão vermelho: Não houve.
Público e Renda: 2.227 pagantes e R$13.795,00
Gols: Grafite, 03'/2ºT (1-0); Miller Bolaños, 07'/2ºT (1-1); Léo Moura, 15'/2ºT(2-1); Roberto, 41'/2ºT (3-1); Grafite, 42'/2ºT (4-1); Arthur, 44'/2ºT (5-1)

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso, Vítor, Néris, Danny Morais e Roberto; Derley, Léo Moura e João Paulo; Arthur, Keno (Pisano, 39'/2ºT) e Grafite. TEC: Adriano Teixeira.

GRÊMIO: Léo; Wallace Oliveira, Rafael Thyere, Wallace e Iago; Guilherme Amorim (Moisés, 23'/2ºT), Kaio, Negueba (Ty, 21'/2ºT); Pedro Rocha, Miller Bolaños e Henrique Almeida (Batista, 39'/2ºT). TEC: James Freitas.

 

Fonte: Lancenet 

  • Ada Atten
  • Cabedo
  • Paraiba
  • Blossom
  • Espeto e Cia