• Posto Aliança
  • Garoto
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Dario PAX
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Posto Aliança

O carioca Ygor Coelho, de 22 anos, derrotou o canadense Brian Yang por 2 jogos a 0 (parciais de 21/19 e 21/10) e subirá ao lugar mais alto do pódio no Pan de Lima.

794869c8b7c7cfadeb417de14fdda639Foto - Alexandre Loureiro/COB

A medalha do jovem carioca, revelado num projeto social da favela da Chacrinha, é a quinta do país na modalidade nesta edição do evento.

Soma-se a quatro bronzes obtidos na quinta (1). Após o ponto decisivo, ele se atirou no chão e vibrou muito com a principal conquista de sua carreira.

Antes do título, ele foi bicampeão pan-americano (simples) em 2017 e 2018 e medalhista de ouro nos Jogos Sul-americanos Cochabamba em 2018 (simples, dupla masculina e equipe).

Carol Meligeni aplica 'pneu' vai às semis

Com parciais de 6/2 e 6/0 (chamado de 'pneu' no tênis), a brasileira (número 342 no ranking da WTA) derrotou a mexicana Renata Zarazua (296) pelo placar de 2 a 0 em partida com duração de 50min.

Próxima fase da disputa de simples começa a ser disputada no sábado (3), a partir das 12h (horário de Brasília).

Ainda nesta sexta (2), Carol Meligeni disputará o torneio de duplas, ao lado de Luisa Stefani. Elas enfrentam as paraguaias Veronica Cepede-Royg e Montserrat Gonzalez.

Masculino e feminino classificados na canoagem slalom

Pedro Gonçalves derrotou o canadense Keenan Simpson e o boliviano Juan Singuri na categoria Extreme Slalom K1 masculina.

No feminino, Ana Satila desbancou a paraguaia Ana Paula Fernandez e a chilena Constanza Nobis na mesma prova. As semifinais ocorrem no domingo, a partir das 16h45 (horário de Brasília).

Fonte: Folhapress

Com time misto, o Corinthians derrotou o Montevideo Wanderers por 2 a 1 nesta quinta-feira e garantiu vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Vagner Love marcou os dois gols e confirmou a tranquila classificação - o time alvinegro havia vencido o jogo de ida por 2 a 0.

5a7be7e9438a6d58d6739c236288be6fFoto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Na próxima fase, a equipe de Fábio Carille terá pela frente o Fluminense, que eliminou o Peñarol. A Conmebol ainda não definiu a data dos confrontos, mas é provável que aconteça nos dias 21 e 28. Certo é que a delegação corintiana volta nesta sexta-feira do Uruguai de olho no clássico com o Palmeiras, domingo, na arena em Itaquera, pelo Brasileirão.

Na verdade, a comissão técnica já viajou para Montevidéu de olho no duelo pelo Campeonato Brasileiro. Tanto é que Carille poupou titulares como Manoel, Junior Urso e Sornoza. Pedrinho também não viajou, mas por estar suspenso.

Quem melhor aproveitou a oportunidade foi Matheus Jesus. Em sua estreia como titular, ele fez um grande primeiro tempo. Diante de um adversário fraco tecnicamente, o Corinthians se mostrou seguro no setor defensivo e criou boas oportunidades para sair na frente no marcador.

As principais chances nos 45 minutos iniciais foram com Jesus. Na primeira, ele recebeu na entrada da área e bateu para defesa do goleiro Arruabarrena. Depois, recebeu fora da área e mandou uma bomba que acertou o travessão do Wanderers. Mateus Vital, responsável pela armação das jogadas, também foi bem e deu velocidade nas puxadas de contra-ataque.

O gol saiu no início do segundo tempo. Clayson lançou para Ramiro, que tocou na saída do goleiro e acertou a trave. Vagner Love aproveitou a sobra e mandou para as redes. Os jogadores relaxaram e levaram o empate logo em seguida. Gabriel perdeu a bola, Bravo avançou e chutou de longe. Cássio errou o tempo da bola e deixou passar.

Mas o Wanderers não ameaçava a classificação. Em um rápido contra-ataque, Ramiro cruzou da direita e Love voltou a colocar o Corinthians em vantagem. O time uruguaio precisava agora de quatro gols para avançar no torneio. Carille, então, aproveitou para dar descanso aos jogador e tirou da partida Jesus e Love para as entradas de Junior Urso e Boselli. Gustavo ainda entrou na parte final e fez seu primeiro jogo após a pausa da Copa América - ele ficou de fora nos jogos anteriores por causa de problema muscular.

FICHA TÉCNICA:
MONTEVIDEO WANDERERS 1 x 2 CORINTHIANS
MONTEVIDEO WANDERERS - Arruabarrrena; Barrandeguy, Macaluso, Bueno e Morales; Veglio, Gabriel Pérez (César Araújo), Bravo e Albaracín (Coitiño); Riolfo e Barreto (Méndez). Técnico: Román Cuello.
CORINTHIANS - Cássio; Fagner, Gil, Henrique e Carlos Augusto; Gabriel, Matheus Jesus (Junior Urso), Ramiro (Gustavo), Mateus Vital e Clayson; Vagner Love (Boselli). Técnico: Fábio Carille.
GOLS - Vagner Love, aos 2 e aos 15, e Bravo, aos 4 minutos do segundo tempo.
CARTÕES AMARELOS - Macaluso, Barreto e Barrandeguy; Ramiro e Matheus Jesus.
ÁRBITRO - Eber Aquino (PAR).
RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.
LOCAL - Estádio Parque Central, em Montevidéu (URU).
Por João Prata
Estadão Conteúdo

Forte, decisivo, eficaz. O Grêmio demonstrou toda sua força, ao derrotar o Libertad, por 3 a 0, em Assunção, no Paraguai, nesta quinta-feira à noite, no jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. Com o resultado, o time gaúcho, que já havia vencido em Porto Alegre, por 2 a 0, vai enfrentar o Palmeiras nas quartas de final. O primeiro duelo será no Sul, entre os dias 20 e 21 de agosto - a Conmebol ainda não confirmou as datas.

b24ee4b5937e9d5d52fa6bc02e4c64f7FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Aos poucos, o Grêmio, que teve problemas para se classificar na primeira fase, vai adquirindo o desempenho que o credita como um dos candidatos ao título sul-americano.

Com a classificação do Grêmio, o futebol brasileiro garante um finalista na Libertadores. Pois, na mesma chave, Flamengo e Internacional vão disputar a outra vaga na semifinal.

O jogo começou com o Libertad no ataque, com o apoio de um fortíssimo vento. Mas no primeiro ataque do Grêmio, após escanteio, Everton chutou e a bola tocou na mão de Piris. Pênalti muito bem cobrado por Jean Pyerre.

Em desvantagem, o Libertad foi para o tudo ou nada. Aos oito minutos, Paulo Victor fez grande defesa, após cabeçada de Cardozo. O Grêmio pareceu desconcentrado, o que valeu duras do goleiro e do capitão Maicon para seus companheiros.

Outra vez o Grêmio precisou de muito pouco para marcar. Em jogada iniciada por Everton, André bateu de primeira, sem chances para Martín Silva: 2 a 0, com 19 minutos de jogo. Havia três meses que o atacante não balançava as redes.

O desespero tomou conta do time paraguaio, que passou a abusar das bolas alçadas na área. Com mais duas belas defesas no fim do primeiro tempo, Paulo Victor passou a ser o melhor em campo.

Mas ainda havia tempo para o Grêmio fazer o terceiro. Alisson dividiu com a zaga adversária, a bola bateu em Jean Pyerre e sobrou para André, que driblou Martín Silva e marcou : 3 a 0, aos 46.

No segundo tempo, o Grêmio diminuiu o ritmo. Deixou a iniciativa do jogo para o Libertad, que não demonstrou capacidade nem para diminuir a enorme vantagem gaúcho no duelo. Renato Gaúcho aproveitou para dar descanso para Everton e Maicon, que foram substituídos.

Mais concentrado, o Grêmio não permitiu que o Libertad tivesse oportunidades de gol, como no primeiro tempo. Paulo Victor na segunda etapa foi mais um espectador no defensores Del Chaco.

Ao final do jogo, foi possível ouvir os torcedores gremistas gritarem "olé", enquanto a torcida paraguaia deixou rapidamente as dependências do estádio.

FICHA TÉCNICA:
LIBERTAD 0 x 3 GRÊMIO
LIBERTAD - Martín Silva; Iván Piris, Luis Cardozo, Paulo da Silva e Espinoza; Mejía, Cáceres (Riveros), Bareiro e Franco (Rivero); Adrián Martínez e Óscar Cardozo (Benítez). Técnico: José Chamot.
GRÊMIO - Paulo Victor; Leonardo, David Braz, Kannemann e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Maicon (Thaciano), Jean Pyerre e Alisson; André (Luan) e Everton (Tardelli). Técnico: Renato Gaúcho.
GOLS - Jean Pyerre (pênalti), aos 6, André, aos 19 e aos 46 minutos do primeiro tempo.
CARTÕES AMARELOS - Cáceres e Thaciano.
ÁRBITRO - Victor Carrillo (PER).
RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis
LOCAL - Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, Paraguai.

Por Wilson Baldini Jr.
Estadão Conteúdo

O São Paulo anunciou na noite desta quinta-feira a contratação do lateral-direito Daniel Alves, de 36 anos. O jogador estava livre no mercado desde junho, quando encerrou o seu contrato com o Paris Saint-Germain, da França.

df6f49df1235bafc84743a63661218ebFoto : Pedro Martins / MowaPress

O anúncio foi feito por meio de um vídeo da São Paulo TV. Na imagem aparece a conquista do bicampeonato mundial em 1993 sobre o Milan, da Itália, e Daniel Alves faz uma narração:

"Agora, é domingo, e nós estamos assistindo aos jogos de futebol na TV preto e branca. Para nós, esse é o melhor dia da semana, muita alegria na nossa casa. Agora, é 2019. Eu poderia ter escolhido qualquer lugar para jogar, mas eu escolho voltar para o Brasil. Pelo meu país, pelo meu povo, pelo meu clube de coração. É irreal, mas estou aqui", disse o lateral-direito.

Daniel Alves estava de férias desde o título da Copa América com a seleção brasileira, em julho. Capitão da equipe, ele foi eleito o craque da competição.

O São Paulo tratava as negociações com cautela e não queria criar expectativa na torcida. O clube se preocupava com a concorrência de times europeus. Daniel Alves chegou a receber propostas do exterior, mas não se animou. A ideia do jogador é ter um contrato longo, com o projeto de disputar a Copa do Mundo de 2022, que será no Catar.

O presidente tricolor, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, exaltou a contratação. "Daniel Alves é a personificação do que essa gestão vislumbra para o São Paulo. Um dos principais jogadores no mundo e reconhecido pelo seu imenso profissionalismo, por sua determinação ferrenha e sua sede interminável por títulos e vitórias. É, também, um cidadão engajado socialmente e apaixonado pelo nosso país. O São Paulo, portanto, ganha em todas as frentes possíveis. Um dia disse ao Daniel que ele viria jogar no São Paulo, seu clube do coração. Hoje tenho a imensa alegria e orgulho de ter cumprido essa promessa", disse, em entrevista ao site oficial do clube.

O técnico Cuca pedia há meses um reforço para a lateral direita do São Paulo. Atualmente, Igor Vinícius tem sido titular. O volante Hudson, que vinha sendo improvisado no setor, pediu para voltar a ser utilizado em sua posição de origem. Bruno Peres foi liberado para buscar outro clube e aguarda propostas.

O São Paulo chegou a negociar com Adriano, que acertou com o Athletico-PR. Outros laterais também foram analisados pela diretoria e pela comissão técnica.

Fonte: Estadão Conteúdo

  • Espeto e Cia
  • Paraiba
  • Blossom
  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Rastek
  • Casa Boa Esperança