• Paraiba
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Garoto
  • chopp sabora
  • Posto Aliança
  • Jorge
  • Construforte
  • Paraiba
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Construforte
  • Jorge
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • chopp sabora

O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, voltou a fazer críticas à arbitragem após o empate do Rubro-Negro com o Atlético-MG, neste sábado, no Mineirão. O mandatário adotou tom ameno, mas disse que houve uma falta no volante Márcio Araújo antes do pênalti sofrido por Fred.

58015c21657ecPresidente rubro-negro questionou alguns lances do jogo no Mineirão (Divulgação)

- Prefiro deixar para vocês (da imprensa) avaliarem, o lance do pênalti e a última falta (em Diego), que poderia talvez ter sido positiva para nós. Antes do pênalti, houve falta clamorosa no Márcio Araújo. Na sequência, veio o pênalti e o gol. A falta do Diego no último lance do jogo acho difícil que alguém em sã consciência não marque - disse.

O presidente do Flamengo admitiu certa frustração pelo empate num duelo decisivo pelo Campeonato Brasileiro.

- É sempre frustrante um empate, estamos aqui para ganhar, o Flamengo mereceu ganhar. Nossa obrigação é ganhar, apesar de tudo - avaliou.

 

Fonte: Lancenet

A partida entre Figueirense e Grêmio, neste sábado, pela 33ª rodada do Brasileirão, trouxe mais um tumulto nas arquibancadas. De acordo com a Rádio CBN Diário, de Florianópolis, na reta final da etapa inicial, torcedores da equipe catarinense brigaram entre si, em conflito que culminou em uso de gás de pimenta no Orlando Scarpelli.

581532042317eTorcedores foram dispersados por gás de pimenta(Foto: Eduardo Valente/Lancepress!)

A confusão teria começado quando membros de uma organizada provocaram e vaiaram quem estava em outro setor, com gritos de "torcida geladeira". Torcedores passaram a pular as divisórias para distribuir socos e pontapés, e houve corre-corre nas arquibancadas.

O Batalhão de Choque da Polícia Militar interveio e chegou a fazer uso do gás de pimenta para tentar conter o tumulto. Segundo a rádio, um vidro de uma divisória foi quebrado. A partida terminou 0 a 0.

 

Fonte: Lancenet

Wilson foi o grande responsável por interromper a sequência de vitórias do Botafogo no Brasileirão. Com grandes defesas, o arqueiro parou o trio de atacantes alvinegros e manteve o 0 a 0 no placar na Arena da Ilha, que contou com recorde de público, com 15.170 presentes na noite deste sábado.

581514a34f6a1Botafogo x Coritiba (Foto: Celso Pupo/Fotoarena/Lancepress!)

Os primeiros 45 minutos foram de um Botafogo desorganizado, contra um Coritiba fechado, que jogava por uma bola. Com três atacantes, Jair ousou, abrindo mão da sua trinca no meio-campo. E os paranaenses aproveitaram a superioridade numérica no setor. A saída de bola alvinegra - sem Airton - não tem a mesma qualidade. A bola parada e o chutão para os pontas - Pimpão e Neilton - foram as armas alvinegras no decorrer da primeira etapa.

Mesmo assim, o time criou e fez de Wilson o nome do jogo já no primeiro tempo. Aos 35, Emerson finalizou cruzamento de Camilo e o goleiro alviverde fez grande defesa. Cinco minutos depois, foi a vez de Pimpão parar em Wilson, após jogada de Neilton pela direita. A arbitragem ainda ignorou pênalti em Sassá, puxado na pequena área após cruzamento de Pimpão, aos 31.

Surpreendentemente, o Coxa voltou ainda mais recuado na segunda etapa. Como mandante, o Botafogo não recusou o convite e se jogou em cima. Chances aos três minutos, com Pimpão, e aos 5, em cabeçada de Camilo. Em ambas, Wilson salvou. Aos 17, Sassá girou na pequena área, e o arqueiro salvou com o peito.

Nervoso, a pressão botafoguense se tornou desespero. O Coritiba conseguiu sair com maior perigo, com Sidão salvando o time frente a frente com Kazim. Mas a viagem desgastante pesou e o time paranaense pouco incomodou no final. Mas quem não deixou a peteca cair foi Wilson, salvando nova cabeçada aos 46.

Neste sábado, não teve gol no final que salvasse. O Glorioso deixa dois pontos para trás na Arena lotada e interrompe a sequência de cinco vitórias consecutivas no Brasileiro.

 

Fonte: Lancenet

Era o encontro entre o vice e o terceiro na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. E era também o reencontro de Diego e Robinho. No fim, tudo igual.

c47bd21c223a2604d4303fa1a77f9f0dFim eletrizante: Atlético e Fla empatam, e Palmeiras festeja.(Imagem:Divulgação)

Com dois gols depois dos 40 minutos do segundo tempo, Atlético-MG e Flamengo empataram em 2 a 2 em um Mineirão lotado. O duelo foi válido pela 33ª rodada da Série A.

Diego abriu o placar na primeira etapa. Na segunda etapa, Robinho, de pênalti, deixou tudo igual. No fim, Lucas Pratto e Guerrero marcaram e deram números finais ao jogo.

Com o resultado, a equipe comandada por Zé Ricardo segue na segunda posição e tem 62 pontos, a cinco do líder Palmeiras, que enfrenta o Santos a partir das 19h30 (de Brasília). Já o Atlético-MG vai a 60 pontos e pode perder a terceira posição justamente para os santistas, que têm 58.

As duas equipes voltam a campo pelo Brasileirão no próximo fim de semana. O Fla encara o Botafogo no sábado, às 17h, no Maracanã. O Galo joga no domingo, às 19h30, contra o Coritiba no Couto Pereira.


Fonte: ESPN