• Paraiba
  • chopp sabora
  • Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Garoto
  • Farmaduty
  • Construforte
  • Jorge
  • Jorge
  • Dario PAX
  • chopp sabora
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Paraiba
  • Garoto
  • Construforte
  • Posto Aliança

Mais nove partidas válidas pela terceira rodada das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo da Rússia foram realizadas nesta segunda-feira.

Além da vitória da França fora de casa no clássico contra a Holanda, outro destaque do dia foi a facilidade que Bélgica e Portugal tiveram para lidar com seus adversários fora de casa.

d6a08edd73ab9ea3da0e3890707fc230Eliminatórias: Portugal e Bélgica goleiam por 6 a 0; França derrota Holanda.((Imagem:Divulgação)

Começando pelos portugueses, que contaram com umprimeiro tempo inspirado de André Silva,que fez três gols e direcionou os portugueses à vitória por 6 a 0 sobre as Ilhas Faroe. Cristiano Ronaldo, João Mourinho e João Cancelo fizeram os outros três gols. Portugal chegou a seis pontos no Grupo B e segue na cola da Suíça, que venceu Andorra e chegou à nove.

Pelo mesmo placar, a Bélgica atropelo a seleção de Gilbatar fora de casa. Mal começou o jogo e Benteke marcou o gol mais rápido da histórias das eliminatórias europeias para a Copa do Mundo.

O atacante faria um Hat-trick no decorrer da partida. Witsel e Mertens também marcaram e Hazard fechou a conta para os belgas. Agora com nove pontos, a Bélgica segue na liderança, mas a Grécia, que venceu a Estônia, segue na cola com a mesma pontuação.

No confronto direto entre as duas favoritas do Grupo A, a França venceu a Holanda fora de casa por 1 a 0. O único gol do disputado jogo aconteceu aos 30 minutos do primeiro tempo. Paul Pogba, o jogador mais caro do mundo, foi quem deu números finais à partida. A Suécia venceu a Bulgária por 3 a 0 e ultrapassou a Holanda, que tem quatro pontos. França e Suécia lideram com sete.


Fonte: Futebol do Interior

Com um gol do volante Bruno Silva, marcado nos acréscimos, o Botafogo derrotou o Figueirense por 1 a 0, em partida disputada na tarde deste domingo, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

72829fd55f747f19bbb8ffbe569e527dBotafogo marca nos acréscimos, vence o Figueira e cola no G6.(Imagem:Divulgação)

O resultado fez o Alvinegro de General Severiano subir para a sétima posição, com 44 pontos ganhos, um a menos que o Atlético-PR, primeiro time do G6 do Brasileirão. O Figueirense, que fez grande campanha para atrair a torcida, segue em situação complicada na competição. O time catarinense é o 18º colocado com 31 pontos ganhos e segue ameaçado pelo rebaixamento.

O Botafogo não fez uma grande partida e foi dominado durante a maior parte do confronto, mas soube se defender com competência e teve a felicidade de conseguir marcar o gol da vitória aproveitando o descuido do adversário. O Figueirense teve mais posse de bola e desperdiçou algumas chances que poderiam ter modificado a história da partida.

Na próxima rodada, o Botafogo vai receber o Internacional, na Arena Botafogo, quarta-feira (12) às 21h45. No mesmo dia, às 19h30, o Figueirense tem confronto direto contra o Coritiba, no Couto Pereira.


Fonte: Gazeta Esportiva

O Botafogo arrancou, nos acréscimos do segundo tempo, uma importante vitória no Campeonato Brasileiro neste domingo. Aos 46 minutos, Bruno Silva garantiu o 1 a 0 sobre o Figueirense, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

57fabfda49b7bFigueirense x Botafogo Figueirense x Botafogo (Foto: Cristiano Andujar/AGIF/Lancepress!)

Com o resultado, o Fogão subiu para 44 pontos e assumiu o sétimo lugar. Está agora apenas dois atrás do Fluminense, quinto, e a um do Atlético-PR, sexto. O G6, que garante classificação na Libertadores de 2017, é logo ali. Já o Figueira segue em 18º, com apenas 31.

Até o gol, o duelo entre os alvinegros era ruim. Os primeiros 45 minutos foram de transpiração, entrega, divididas e plena superioridade dos setores defensivos. Os goleiros Gatito Fernandez e Sidão foram meros espectadores. E um mísero lance, aos 43 minutos, levou perigo. Após uma bola levantada para a área, Vinícius Tanque finalizou por cima da meta catarinense. Um prenúncio de jogo mais emocionante na segunda etapa.
Os técnicos não mexeram de imediato. O Figueirense apostou na bola aérea com Rafael Moura. As duas primeiras tentativas do He-Man não chegaram a assustar. Na terceira, aos 14 minutos, ele ficou sem marcação, na pequena área, mas errou a finalização de primeira. Um gol perdido daqueles!

Jair Ventura então trocou a dupla de ataque, colocando Sassá e Pimpão em campo. Mais velocidade, mas nada de concluir a gol. Uma rara boa oportunidade aconteceu num chute de longe de Alemão, aos 30 minutos. Gatito espalmou para escanteio. Aos 43, o goleiro dividiu uma bola com Sassá, na pequena área. Naquele momento o Figueirense parecia exausto, com o Botafogo mais presente no ataque. E foi premiado com o gol de Bruno Silva, aos 46, concluindo de primeira o cruzamento de Pimpão.

Os dois times voltarão a jogar já na quarta-feira. Às 19h30, o Figueirense, cada vez mais desesperado, enfrentará o Coritiba, no Estádio Couto Pereira. Já às 21h45, o Botafogo receberá o Internacional, na Ilha do Governador, no Rio. E poderá dormir no G6.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE 0 X 1 BOTAFOGO
Local: Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data-hora: 9/10/2016, às 17 horas
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO/Fifa)
Auxiliares: Bruno Raphael Pires (GO/Fifa) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Renda/Público: 172.575,00 / 12.325 pagantes.

Cartões amarelos: Rodrigo Lindoso (Botafogo), Josa e Rafael Silva (Figueirense)
Cartão vermelho: Não houve.

GOL: Bruno Silva (46'/2ºT)

FIGUEIRENSE: Gatito Fernandez, Ayrton, Werley, Bruno Alves e Pará; Josa, Elvis (Everton Santos, 12'/2ºT), Renato (Ortega, 38'/2ºT) e Dodô; Lins (Rafael Silva, 14'/2ºT) e Rafael Moura - Técnico: Marquinhos Santos.

BOTAFOGO: Sidão, Alemão, Carli, Emerson e Victor Luís; Airton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso (Dudu Cearense, 41'/2ºT) e Camilo; Neilton (Rodrigo Pimpão, 18'/2ºT) e Vinícius Tanque (Sassá, 18'/2ºT) - Técnico: Jair Ventura.

 

Fonte: Lancenet

A noite de domingo foi de sentimentos bem diferentes em um Castelão que recebeu 63.903 pagantes, o que se configurou no maior público do futebol brasileiro na temporada. O Fortaleza caiu pela quarta vez em cinco anos diante do seu torcedor nas quartas de final da Série C, aumentando sua sina na Terceirona. Já o Juventude, que caiu para a Terceira Divisão junto com o Tricolor em 2009, fez história ao empatar em 1 a 1 com o Leão do Pici, retornando à Segundona.

57fada19d6b45 Hugo celebra o gol que garantiu o acesso do Papo à Série B do ano que vem (Foto: LC Moreira/Lancepress!)

Tal resultado garantiu o acesso do Papo graças ao gol marcado fora de casa, já que o jogo da ida, em Caxias do Sul, terminou sem gols. Após o Oeste em 2012, o Macaé em 2014 e o Brasil de Pelotas em 2015, foi a vez do Juventude ser o algoz tricolor. Agora, o Alviverde terá o Boa Esporte pela frente nas semifinais.

Foram sete anos na Terceirona para o Fortaleza. Além dos já citados anos, o Leão não avançou às quartas de final nas edições da Série C de 2010 e 2013 por tropeços na última rodada da fase de classificação e, apenas em 2011, chegou à rodada final sem chance de classificação.

Já o Juventude vive uma temporada especial. O time foi vice-campeão gaúcho superando o Grêmio na semifinal, realizando sua melhor campanha em oito anos. Já na Copa do Brasil, o Papo eliminou dois times da Série A, Coritiba e São Paulo, e um da Série B, o Paysandu, para se garantir nas quartas de final. O jogo da volta contra o Atlético-MG, que venceu na ida por 1 a 0, será no próximo dia 19 e em Caxias do Sul.

NADA DE GOLS NO PRIMEIRO TEMPO

O Fortaleza que tentava controlar a nítida ansiedade teve a iniciativa no Castelão, buscando trabalhar a bola em seu campo de ataque e pressionando o Juventude. Mas ta ansiedade prejudicava o Tricolor. Diante de um bem postado Juventude, o Leão do Pici mostrava dificuldade para transpor a marcação rival. Eis que aos 19 minutos, Rodrigo Andrade conseguiu se desvencilhar da marcação e serviu Anselmo, que finalizou para a ótima intervenção de Elias.

O Juventude que teve como primeiro objetivo conter o ímpeto tricolor, foi ganhando terreno com o passar dos minutos e passou a ter mais posse de bola. Aos 32, Felipe Lima recebeu de Roberson e bateu com perigo. Pouco depois, Hugo fez Ricardo Berna trabalhar. O Fortaleza, sem inspiração, viu a equipe de Caxias do Sul ser mais eficaz em suas investidas no primeiro tempo.

JUVENTUDE ABRE O PLACAR, PIO EMPATE E O ACESSO É DO PAPO

Veio o segundo tempo e, logo aos dois minutos, o Juventude comprovou o fato de ter tido uma atuação superior na etapa inicial. Cruzamento da esquerda, falha da marcação e tricolor e cabeçada indefensável de Hugo. Papo 1 a 0 e silêncio no Castelão. Gol que aumentou a já imensa ansiedade no Fortaleza, enquanto a equipe gaúcha tinha mais tranquilidade para trabalhar a bola.

O técnico Hemerson Maria, que já havia trocado Sobralense por Leandro Lima, apostou nas entradas de Pio e Juninho. Tentativas de garantir mais força ao Tricolor. E as mudanças surtiram efeito. Já tinha torcedor do Leão deixando o Castelão aos 21 minutos. Eis que Pio deixou tudo igual em cobrança de falta. Fé renovado para o Fortaleza e Castelão pulsando.

Péricles Bassols vinha com uma boa arbitragem até tomar uma decisão polêmica. Juliano tentava pegar a bola das mãos de Pará para cobrar a falta, Pará jogou a bola no atleta tricolor e ainda acertou o braço na boca de Juliano, que ficou sangrando. Péricles optou por expulsar ambos.

A tensão aumentou no Castelão. Roberson teve a chance de colocar o Juventude na frente novamente, mas, cara a cara com Berna, errou a conclusão. Pouco depois, Pio cobrou falta, mas não repetiu o feito de antes, obrigando Elias e boa defesa. Os minutos finais foram de boas investidas pelo Leão. Investidas que não tiveram êxito. Sobrou tensão e, ao apito final de Péricles Bassols, a vaga foi do Juventude. A sina tricolor continua.

AS QUARTAS DE FINAL DA SÉRIE C-2016

JOGOS DE IDA

Sexta-feira – 30/9
Botafogo-PB 0 x 0 Boa Esporte – Almeidão
Botafogo-SP 0 x 0 ABC – Santa Cruz

Sábado – 1/10
ASA 3 x 1 Guarani – Coaracy da Mata Fonseca

Segunda-feira – 3/10
Juventude 0 x 0 Fortaleza – Alfredo Jaconi

JOGOS DE VOLTA

Sexta-feira – 7/10
ABC 1 x 0 Botafogo-SP – Frasqueirão

Sábado – 8/10
Guarani 3 x 0 ASA – Brinco de Ouro

Domingo – 9/10
11h
Boa 1 x 0 Botafogo-PB – Melão
19h
Fortaleza 1 x 1 Juventude – Castelão

 

Fonte: Lancenet