• veloso
  • Garoto
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Casa dos frios
  • Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • veloso
  • Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Casa dos frios
  • Farmaduty

Ainda treinando sem três jogadores que receberam propostas de outros clubes, o técnico Márcio Goiano quer evitar a saída de qualquer atleta que tenha iniciado a pré-temporada no River.

goiano river 19 12Foto: Yasmim Cunha/Cidadeverde.com

Em entrevista coletiva antes do treino desta quinta-feira (19), Goiano disse respeitar Roney, Wanderson e Anderson Paraíba, contratados do Galo que ainda não se apresentaram por terem propostas de outros clubes.


O treinador até admite perder os que ainda não vieram. Mas quer o esforço da diretoria para manter quem começou a treinar.

- Tem atletas aqui também que estão com a gente e outros clubes têm interesse. Só que aí eu sou contra a saída de qualquer atleta que esteja (treinando no River) nesse momento. Lógico que tem que buscar o entendimento com a diretoria.

O River se antecipou ao fechar contratos com boa parte do elenco de 2019 logo após a eliminação na Série D do Campeonato Brasileiro. O assédio ao elenco tricolor começou no final do ano, quando outros clubes começaram a formar suas equipes.
Novos elogios para Roney
Márcio Goiano havia elogiado o atacante Roney quando chegou ao River. O treinador manteve os elogios e disse que o assédio ao jogador é mérito de sua campanha no Sampaio Corrêa (MA), clube para o qual foi emprestado e subiu para a Série B do Brasileirão.

O treinador chegou a dizer que precisa de mais um atleta par aa função e talvez um zagueiro, mas não deu a saída de Roney como certa e disse ter conversas diárias sobre o caso com o diretor de futebol Mazinho Patrão.

No entanto, Goiano quer manter seu foco no grupo que começou a pré-temporada.

- Lógico que todos procuram o seu melhor. Mas com relação a isso existe a direção. O próprio presidente tem esse contato com o atleta. Eu particularmente me preocupo com os atletas que estão aqui comigo. Estou bastante satisfeito com os jogadores, principalmente na parte ofensiva, que é o setor que ele joga.

O River estreia no Campeonato Piauiense no dia 17 de janeiro, fora de casa, contra Picos. Na Copa do Nordeste, o Galo viaja para Recife (PE) e encara o Náutico no dia 23. Na Copa do Brasil, a estreia será em casa, contra o Bahia, em data a ser confirmada.

 

Fonte:cidadeverde.com

Os ciclistas florianenses liderados pelo Alex da Ciclopeças estiveram reunidos no local onde funcionava a barreira do aeroporto para fazer uma calorosa recepção ao ciclista Joel Duarte, natural de Canavieira-Piauí que saiu no dia 07 de dezembro de Itapevi-São Paulo em sua bicicleta com destino a cidade de Luis Correia, num desafio que representa para todos os ciclistas um ato de extrema coragem e amor ao ciclismo. Após a recepção no aeroporto, todos foram para o cais da beira rio.

WhatsApp Image 2019 12 18 at 18.32.38Ciclistas no cais da beira rio. (Imagem:Divulgação)

Este é o terceiro ano que o atleta faz o trajeto de Itapevi ao Piauí, sendo que a cada ano ele aumenta o percurso de maneira que depois de ir até Teresina no ano passado este ano seu destino é o litoral piauiense. A recepção para o atleta é mais do que merecida.

WhatsApp Image 2019 12 18 at 18.32.37

Na sua chegada ele concedeu uma entrevista ao Portal jc24horas falando do desafio e rerebeu uma mensagem de incentivo de cada um dos ciclistas presentes. "A viagem este ano foi mais sofrida porque eu passei por uns perrengues mas graças a Deus consegui superar, chegar até aqui e pretendo chegar até o final". Disse Joel. Confira a entrevista e as mensagens dos ciclistas florianenses.

WhatsApp Image 2019 12 18 at 18.32.38 1

WhatsApp Image 2019 12 18 at 18.32.39

WhatsApp Image 2019 12 18 at 18.37.09

Da redação

A aguardada final entre Flamengo e Liverpool, 38 anos depois, foi confirmada nesta quarta-feira. O time inglês garantiu sua vaga na decisão do Mundial de Clubes ao derrotar, com certa dose de sofrimento, o Monterrey por 2 a 1, em Doha, no Catar. O brasileiro Roberto Firmino decidiu o duelo ao marcar aos 45 minutos do segundo tempo.

ce4a196070ffa346a7d34814b72e5b43Foto: Cristiano Andujar/Futura Press/Folhapress

O resultado confirmou a esperada final entre os favoritos da competição organizada pela Fifa. A decisão está marcada para as 14h30 de sábado. Na terça, o Flamengo vencera o Al Hilal por 3 a 1. Assim, as duas equipes vão reeditar a final de 1981, quando o time carioca, então liderado por Zico, surpreendeu o mundo ao aplicar 3 a 0 no favorito inglês e faturar o troféu.

Entre os dois favoritos, o Liverpool acabou sendo o time que mais sofreu em sua estreia. O técnico Jürgen Klopp surpreendeu ao escalar sua equipe com apenas quatro titulares. O motivo é o desgaste recente do Liverpool, que tem oito jogos no calendário somente em dezembro, por quatro competições diferentes, entre jogos decisivos, como aconteceu na Liga dos Campeões.
Não bastasse as baixas, o Liverpool teve dificuldade com a forte e eficiente marcação do Monterrey, que aguentou o quanto pôde até os instantes finais. Mas não resistiu quando o time inglês passou a contar com o seu trio ofensivo, formado por Salah, Firmino e Mané. Os dois últimos entraram somente no segundo tempo. O brasileiro fora colocado em campo apenas seis minutos antes de decidir o duelo.

O JOGO - Preocupado com o desgaste do seu elenco, Klopp escalou uma equipe mista nesta quarta. Deixou de fora, por precaução, o zagueiro Van Dijk e o volante Wijnaldum - o clube garante que a dupla não preocupa -, e poupou Mané, Firmino e Alexander-Arnold. Assim, Henderson atuou improvisado na zaga, enquanto Milner jogou na lateral direita. Shaqiri e Lallana reforçaram o meio-campo.

Com esta formação, o Liverpool até começou no ataque, com uma finalização perigosa de Shaqiri aos 4 minutos, mas não escondia as limitações em comparação ao time titular, principalmente na defesa. Aos 11, Salah recebeu na intermediária, girou rápido e deu precisa enfiada para Keita entrar na área e bater na saída do goleiro Barovero: 1 a 0.

O gol, contudo, não mascarou as dificuldades do time inglês. Apenas dois minutos depois, o Monterrey buscou o empate. Após bate-rebate na área, o goleiro Alisson deu rebote e Funes Mori, sem qualquer marcação na pequena área, só completou para as redes.

Na metade do primeiro tempo, o Liverpool registrava posse de bola de até 73%. Porém, criava pouco. Salah era a única fonte de inspiração da equipe, que parava com facilidade na marcação mexicana e levava sustos constantes na defesa. Aos 26, Alisson precisou fazer bela defesa para evitar o gol de Pabón, em forte finalização da direita. As investidas do Monterrey eram sempre pela direita do ataque, nas costas do volante Henderson, improvisado na zaga.

No segundo tempo, o Monterrey criou a primeira boa oportunidade. Aos 4, o mesmo Pabón cobrou falta com perigo e Alisson saltou para fazer linda defesa. Do outro lado, o Liverpool respondeu com Keita, que perdeu grande chance na marca do pênalti ao bater em cima do goleiro, aos 12.

Diante das dificuldades em campo, Klopp passou a recorrer aos titulares que deixara no banco. Mané e Alexander-Arnold entraram nas vagas de Shaqiri e Milner, na tentativa do treinador de furar a retranca mexicana. Na sequência, Firmino substituiu Origi, deixando o Liverpool com o seu tradicional trio de ataque completo somente aos 39.

As trocas valeram a pena. Numa típica jogada do ataque inglês, Salah investiu pela linha de fundo, pela direita, e acionou o lateral Alex Arnold (outro que entrou somente no segundo tempo), que deu passe preciso para Firmino. Na pequena área, o brasileiro só completou para as redes, aos 45 minutos do segundo tempo, e sacramentou a vaga do Liverpool na final do Mundial.

FICHA TÉCNICA:

MONTERREY 1 x 2 LIVERPOOL

MONTERREY - Marcelo Barovero; César Montes (Layun), Nicolás Sánchez, Leonel Vangioni e John Stefan Medina; Celso Ortiz, Carlos Rodríguez, Jesús Gallardo, Rodolfo Pizarro (González); Dorlan Pabón (Meza) e Funes Mori. Técnico: Antonio Mohamed.

LIVERPOOL - Alisson; Milner (Alexander-Arnold), Joe Gomez, Henderson, Robertson; Oxlade-Chamberlain, Shaqiri (Mané), Lallana; Keita, Origi (Roberto Firmino) e Salah. Técnico: Jürgen Klopp.

GOLS - Keita, aos 11, e Funes Mori, aos 13 minutos do primeiro tempo. Firmino, aos 45 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Vangioni, Joe Gomez, Gallardo.

ÁRBITRO - Roberto Tobar (Chile).

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 45.416 torcedores.

LOCAL - Estádio Internacional Khalifa, em Doha (Catar).

Fonte: Estadão Conteúdo

O ciclista Marciano saiu na manhã de hoje(18) de Floriano com destino à cidade de Jerumenha para encontrar o ciclista Joel Duarte que vem da cidade de Itapevi-São Paulo, com destino a cidade de Luis Correia. Este é o terceiro ano consecutivo que Joel faz um desafio de sair do estado de São Paulo, indo cada vez mais a uma cidade mais distante em relação ao seu ponto de partida. No ano passado ele foi até Teresina e este ano o desafio é o litoral piauiense.

WhatsApp Image 2019 12 18 at 12.22.51

Nas duas vezes ele foi recebido com festa pelos ciclistas florianenses e desta vez não será diferente, pois os amigos do pedal liderados pelo Alex da Ciclopeças estão preparando uma recepção calorosa para esse expoente do ciclismo Joel Duarte, enquanto o nosso sempre surpreendente Mariano se antecipa e vai até Jerumenha receber o Joel. Confira o vídeo que o Marciano gravou antes de seguir rumo à Jerumenha, em seguida o vídeo da passagem  do Joel por Colônia do Gurguéia que aconteceu ontem(17).

Da redação

  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Blossom
  • Paraiba
  • Espeto e Cia