• chopp sabora
  • Oticas Floriano
  • Garoto
  • Dario PAX
  • Jorge
  • Paraiba
  • Construforte
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Construforte
  • Garoto
  • chopp sabora
  • Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Paraiba
  • Jorge

A Seleção Brasileira de Futsal conquistou seu 10º título da Copa América na noite dessa quarta-feira. E o primeiro troféu erguido após a aposentadoria de Falcão da Seleção teve um sabor especial, já que veio em cima da Argentina, casa deles, e com uma virada para ficar marcada na história.

ed73e52ed7841698cea1329a4659a699Virada histórica e Brasil campeão da Copa América de Futsal sobre a Argentina.(Imagem: Divulgação/CBFS)

No fim, 4 a 2 na prorrogação e muita festa em San Juan, para um público que deixou o ginásio desolado. O clássico teve muitos altos e baixos das duas equipes. A argentina saiu na frente com Maxi Rescia, em um golaço por cobertura de Guitta.

A pressão era forte, o Brasil até contra-atacava, mas o placar estava até barato. Mas a situação ficou ainda pior quando o artilheiro Deives deixou o jogo contundido pouco antes do intervalo.

Na segunda etapa, dona do confronto, a Argentina martelou, martelou até chegar ao segundo gol. Cuzzolino rolou e Borruto ampliou aos três minutos. Apesar da derrota, Guitta era o melhor do Brasil em quadra, o que manteve a Seleção ainda na briga.

Ciente da necessidade de uma mudança, o técnico PC Oliveira foi para o tudo ou nada ao colocar Leandro Lino como goleiro linha. Talvez nem o próprio treinador imaginasse que daria certo tão rápido. Logo no primeiro lance nessa formação, o Brasil diminuiu com ele, Leandro Lino.

Dai para frente a Seleção Brasileira mudou o panorama e exerceu muita pressão, se expondo ao contra-ataque. E, no minuto final, veio o que nenhum argentino esperava. Gol de Felipe Valério. Tudo igual e prorrogação na grande decisão.

No tempo extra, embalado, o Brasil construiu a virada já no primeiro tempo. Marcel e Arthur marcaram um gol cada um e deixaram o 4 a 2 no placar. Na etapa final, de novo Guitta mostrou porque é um dos melhores goleiros do mundo e o Brasil se sagrou campeão da Copa América pela 10ª vez.

Confira toda a campanha do Brasil na Copa América de Futsal 2017:

Primeira fase
Brasil 9 x 0 Bolívia
Brasil 8 x 0 Chile
Brasil 0 x 0 Argentina
Brasil 6 x 3 Venezuela

Semifinal
Brasil 5 x 2 Paraguai

Final
Brasil 4 x 2 Argentina


Fonte: Gazeta Esportiva

“A taça Libertadores é obsessão”. O canto entoado pela torcida do Palmeiras nos estádios agora poderá ser levado no peito. A Adidas divulgou imagens do novo uniforme alviverde, que será um modelo especial para o torcedor.

2cb2e6586ab3782dc3fee2dbfe1c6eabPalmeiras lança camisa em alusão à “obsessão” pela Libertadores.(Imagem:Divulgação)

A camisa será uma edição limitada produzida pela Adidas, como demonstra a inscrição “Limited Edition”, em inglês, logo abaixo do escudo do Verdão. Nas costas, o destaque vai para a palavra “Obsessão”, pouco abaixo da gola.

O modelo, que terá gola V e o retorno do tom mais escuro de verde, característico do Palmeiras, não será utilizado como uniforme dos atletas para jogos. A expectativa é de que o manto seja comercializado por R$299,99.

O modelo começará a ser vendido já a partir desta quarta-feira (12) pelo site da Adidas, lojas próprias da fornecedora de material esportivo e Academia Store (lojas oficiais do Palmeiras).


Fonte: Gazeta Esportiva

O Flamengo entra em campo na noite desta quarta-feira para encarar o Atlético-PR pela Copa Libertadores. Em jogo não só os três pontos, mas a segunda posição do grupo e a chance de fechar o primeiro turno na zona de classificação para a fase de mata-mata.

cb7caf787806e51fabf5d0ccac2dbdf6Flamengo precisa vencer Atlético-PR; veja aproveitamento na Libertadores.(Imagem:Divulgação)

O clube carioca tem uma vitória e uma derrota no torneio e está em terceiro lugar do grupo 4, justamente atrás dos paranaenses, que venceram uma e empataram outra.

Jogando em casa, o Flamengo tem não só a necessidade, mas a obrigação de vencer. Por tudo isso, a promessa é de um Maracanã lotado; pelo retrospecto, a missão não será fácil.

Contra times brasileiros, a equipe da Gávea tem nove vitórias e quatro empates nas 20 partidas que fez na Libertadores, um aproveitamento de 56,6%.

O último confronto, contra o Corinthians, aconteceu em 2010 e com vitória dos paulistas por 2 a 1, no Pacaembu - a vitória flamenguista por 1 a 0 no jogo de ida não foi suficiente para o time paulista garantir a classificação para as quartas de final.

Contra times de fora do Brasil, o aproveitamento é um pouco melhor, 60,6% - 43 vitórias e 24 derrotas em 83 partidas. O Atlético-PR, que veio da fase preliminar do torneio, já fez três partidas longe de seu estádio e tem duas vitórias e uma derrota.

Por outro lado, jogando diante de sua torcida, o Flamengo jogou 9 vezes na Libertadores contra brasileiros: venceu cinco, marcou 17 vezes e perdeu apenas uma, em 1983, para o Grêmio por 3 a 1.

Outro duelo de flamenguistas contra times compatriotas que merece ser lembrado aconteceu no ano em que Zico levaria seu time ao título da América e do Mundo: 1981.

Naquela ocasião, a equipe carioca e o Atlético-MG estavam no mesmo grupo e jogaram duas vezes, ambas com o mesmo resultado, 2 a 2. Para piorar, terminaram empatados em primeiro lugar.

Foi realizado então um jogo de desempate, em campo neutro, que não durou nem o primeiro tempo. Aos 37 minutos, após inúmeras confusões no decorrer da partida, o juiz José Roberto Wright expulsou o quinto jogador da equipe mineira, Osmar, e os atleticanos foram declarados perdedores por W.O.

O episódio é até hoje lembrado como um dos mais polêmicos da história do torneio.

Confira números do Flamengo na Libertadores:

Contra times brasileiros
20 jogos
9 vitórias
7 empates
4 derrotas
30 gols marcados
22 gols sofridos
56,6% de aproveitamento

Contra times de fora do Brasil
83 jogos
46 vitórias
13 empates
24 derrotas
165 gols marcados
103 gols sofridos
60,6%


Fonte: ESPN

Lembrou a Olimpíada, e como! Nesta terça-feira (11 de abril) se o Grêmio deixou sua Arena com uma goleada por 3 a 2 sobre o Deportes Iquique-CHI, e disparou na liderança do Grupo 8 da Conmebol Libertadores Bridgestone, existe um responsável: Luan.

a905d2e7e5324c12caed9eb26785c3eaLibertadores: Grêmio vacila no segundo tempo, mas vence o Deportes Iquique-CHI.(Imagem:Divulgação)

O camisa 7 do Tricolor Imortal teve atuação memorável contra os chilenos, marcando duas vezes, na primeira delas, lembrando o golaço marcado nos 2 a 0 sobre a Colômbia, pelas quartas-de-final da campanha do ouro olímpico, conquistado pela Seleção Brasileira.

Após a vitória por 2 a 0 sobre o Zamora-VEN na estreia da competição continental, o Grêmio manteve o ritmo e ainda aproveitou o fator casa para se manter com 100% de aproveitamento.

O Iquique, que este ano participa apenas pela segunda vez da Libertadores - a primeira delas em 2013 - não foi páreo para um camisa 7 dedicado, apesar de ter dado um verdadeiro susto na etapa final, com dois gols.

Luan abriu o placar logo aos 15 minutos, após arriscar de fora da área, ainda contando com um desvio, que deixou o goleiro Brayan Cortéz sem reação. O segundo gol saiu menos de dez minutos depois, com o atacante tocando na saída do arqueiro, após bom passe de Léo Moura.

E a contagem na primeira etapa não parou por aí. Aos 28 minutos, Miller “Killer” Bolaños ampliou para o clube gaúcho, que abriu 3 a 0 na contagem. Foi a terceira partida consecutiva (somando todas as competições) que o equatoriano balançou as redes.

Na segunda etapa, o Grêmio tirou consideravelmente o pé do acelerador, e deu brecha para dois gols dos chilenos. O primeiro deles veio dos pés de do meio-campo Rafael Caroca, aos 15 minutos. Aos 22, Dávila ampliou para os adversários, fechando a contagem: 3 a 2.

Nesta quarta-feira (12), o Guaraní-PAR, vice-líder do Grupo 8, recebe o Zamora-VEN, e pode igualar o Grêmio no número de pontos. O saldo de gols do clube gaúcho, que é de cinco, porém, não deixa a primeira colocação em risco.

Os paraguaios serão os próximos adversários do Tricolor Imortal, que viaja até assunção na próxima semana, para enfrenta-los pela quarta rodada.


Fonte: Fox Sports