• Garoto
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Paraiba
  • Construforte
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Dalva
  • Farmaduty
  • Garoto
  • Paraiba
  • Dario PAX
  • Construforte
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Dalva

O grupo de jogadores da seleção brasileira para as duas próximas rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar começou a se apresentar na noite deste domingo (7), em São Paulo.

d0c7396ac9b97a947685ffee7a0d37e2Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

O primeiro jogador a chegar foi o meia Philippe Coutinho, que entrou em campo com a Amarelinha pela última vez em outubro de 2020 e voltou a ser convocado sob críticas.

Também concentrado no hotel da delegação em Guarulhos, o técnico Tite terá um problema para resolver nas próximas horas: o zagueiro Lucas Veríssimo deixou a partida entre Benfica e Braga pelo Campeonato Português lesionado aos 33 minutos do primeiro tempo.

O pé direito do jogador convocado para a seleção ficou preso no gramado e o joelho também torceu. Ele precisará ser cortado, como informou o UOL Esporte.

Lucas Veríssimo tinha chegada prevista em São Paulo para amanhã (8). Agora a comissão técnica precisará fazer uma nova escolha para a zaga.

Entre os zagueiros convocados recentemente por Tite estão Miranda (São Paulo), Léo Ortiz (Red Bull Bragantino) e Felipe (Atlético de Madri).

Na época da convocação, o coordenador da seleção Juninho Paulista informou que os jogadores que atuam em clubes nacional seriam poupados por causa da reta final do Campeonato Brasileiro, mas abriu uma brecha:

"Em caso de lesão ou suspensão por cartões usaremos prerrogativa de convocar atletas do Brasil se entendermos o melhor para a vaga". Este poderia ser o caso da vaga de Lucas Veríssimo.

Outros convocados por Tite chegarão ao longo desta segunda-feira (8) até no máximo terça (9). Apesar do prazo longo, já existe um treinamento agendado para hoje às 16h, no CT Joaquim Grava.

Também haverá atividades nos dois dias seguintes antes do jogo contra a Colômbia na quinta, às 21h30, na Neo Química Arena.

Na volta ao Brasil estão previstos três dias de treinamentos na Academia de Futebol do Palmeiras antes da viagem para San Juan, onde será o jogo contra a Argentina às 20h30, na terça-feira (16) da semana seguinte.

Caso o Brasil vença as duas partidas, pode sacramentar a classificação para o Mundial de 2022.

O Brasil tem 31 pontos com dez vitórias e um empate em 11 jogos nas Eliminatórias. Os jogos de novembro são os últimos da seleção neste ano.

Veja a lista de convocados da seleção:

- Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City), Gabriel Chapecó (Grêmio)
- Laterais-direitos: Danilo (Juventus) e Emerson (Tottenham)
- Laterais-esquerdos: Alex Sandro (Juventus) e Renan Lodi (Atlético de Madri)
- Zagueiros: Marquinhos (PSG), Thiago Silva (Chelsea), Éder Militão (Real Madrid) e Lucas Veríssimo (Benfica)*
- Volantes: Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United) e Gérson (Olympique de Marselha)
- Meias: Lucas Paquetá (Lyon) e Philippe Coutinho (Barcelona)
- Atacantes: Antony (Ajax), Vini Jr (Real Madrid), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG), Matheus Cunha (Atlético de Madri) e Raphinha (Leeds).

Fonte: Folhapress

O Sampaio Corrêa quebrou o jejum de quatro jogos sem marcar gols e com derrotas, ao vencer por 2 a 1 o Brasil-RS, neste domingo à noite, no estádio Castelão, em São Luis (MA), pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

893436e0749ab0e6c52300fd89b48a6aFoto - Jonh Tavares - Sampaio Correa

Com 43 pontos, em 11º lugar, a equipe está praticamente garantida na competição em 2022, que não vai ter o time gaúcho, lanterna com 23 pontos e já rebaixado à Série C.

O time maranhense também quebrou uma sequência negativa em casa, onde tinha perdido os últimos dois jogos para Vitória e Guarani, ambos por 1 a 0.

Agora sob o comando do técnico João Brigatti, o Sampaio espera somar, pelo menos, mais sete pontos nos últimos quatro jogos.

Talvez pela pressão, o Sampaio Corrêa não fez um bom primeiro tempo. Até esteve mais com a bola nos pés e finalizou de longe, porém, sem pontaria. O Brasil não levou nenhum perigo no ataque.

Mas o Sampaio voltou determinado no segundo tempo e abriu o placar aos oito minutos, Pimentinha fez jogada individual dentro da área e a bola sobrou na pequena área para o chute de Roney. Um gol muito comemorado.

A festa, porém, não demorou muito porque o time gaúcho empatou aos 16 minutos. Erison foi lançado na grande área e bateu em diagonal para deixar tudo igual. Sétimo gol dele na competição.

O Sampaio voltou a brigar pela vitória e Jackson perdeu gol certo aos 26 minutos quando entrou na área sozinho e chutou em cima do goleiro Marcelo.

A ansiedade era cada vez maior. Aos 37 minutos o VAR foi consultado para analisar um possível toque de mão na bola de um defensor do Brasil, que seria um pênalti para o time da casa. Mas não foi confirmado a penalidade.

O gol da vitória saiu aos 44 minutos. Pimentinha iniciou a jogada e deixou a bola com Maurício, que pisou na bola na entrada da área e bateu de esquerda. A bola entrou no canto direito de Marcelo.

Na próxima quinta-feira o Sampaio Corrêa vai receber o Vila Nova, às 19 horas, enquanto um dia antes o Brasil vai receber o Guarani, em Pelotas (RS).

Fonte: Estadão Conteúdo

Com dois gols e homenagem à cantora Marília Mendonça, Neymar comandou a vitória do PSG por 3 a 2 sobre o Bordeaux, neste sábado (6) pela 13ª rodada do Campeonato Francês.

7fb7b8ce538b93ae880ccf8242082f01Neymar homenageia Marília Mendonça após gol pelo PSG - Imagem: Reprodução/Canal+ Décalé

Além dele, quem também balançou as redes foi o francês Mbappé, que deu as assistências para os gols do camisa 10.

Pressionando na segunda metade do segundo tempo, o Bordeaux diminuiu a vantagem parisiense com os gols de Elis e Niang.

Com este resultado, o PSG mantém a diferença de dez pontos sobre o Lens. Agora são 34 pontos para o time parisiense, contra 24 do vice-líder.

Já o Bordeaux é o 16º colocado com 12 pontos. Devido a pausa para a data Fifa, o próximo compromisso do PSG será apenas no próximo dia 20, contra o Nantes.

Após passar pelo seu pior começo de Campeonato Francês com a camisa do PSG, Neymar dominou o jogo e foi o grande responsável pela construção do placar.

O brasileiro marcou dois gols hoje. Ele havia balançado as redes apenas uma vez até então na nova temporada do Francês.

Mbappé foi mais uma vez um dos melhores jogadores do PSG em campo. Ele deu os passes para os gols de Neymar no primeiro tempo e depois, na etapa complementar, marcou o seu, após bela assistência de Wijnaldum.

Contudo, o excesso de vontade também tem seus pontos negativos. Ele recebeu cartão amarelo por uma falta em Elis e ainda tentar chutar a bola quando ela já estava nos braços do jogador.

Cronologia do jogo

Recebendo de Mbappé pelo lado direito e finalizando com estilo, Neymar abriu o placar aos 25 do primeiro tempo. A dupla mostrou entrosamento novamente aos 42, quando trocaram passes em direção à área.

De letra, Mbappé deu o passe para o brasileiro marcar o segundo gol do jogo.

No segundo tempo, foi a vez de Mbappé marcar o dele. Recebendo o passe de Wijnaldum, que tocou na saída do goleiro Costil, ele marcou o terceiro do PSG na partida.

Aos 33 minutos, o Bordeaux colocou um pouco de fogo no jogo ao descontar o placar com o gol de Elis.

Nos acréscimos, Neymar teve a chance de marcar o seu terceiro gol após bela arrancada, mas acabou travado.

O juiz não viu falta no lance e permitiu o contra-ataque do Bordeaux, que terminou com Niang marcando o segundo do time da casa e dando números finais à partida.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Com um gol chorado aos 50 minutos do segundo tempo, marcado pelo zagueiro David Braz, o Fluminense se reabilitou no Campeonato Brasileiro ao vencer por 1 a 0 o Sport, neste sábado à noite, no Maracanã, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

a4c24c653958587fc3316af4cbd71d1aFoto: Lucas Merçon/FFC

empate sem gols parecia ser o resultado final para a frustração de pouco menos de quatro mil torcedores. A torcida já tinha perdido a paciência e gritava "time sem vergonha" nas arquibancadas. Mas, nos acréscimos, saiu o gol salvador.

Marlon cruzou do lado esquerdo e David Braz saltou entre dois marcadores para desviar de cabeça. A bola tocou na trave esquerda e entrou aos 50 minutos.

A torcida explodiu nas arquibancadas e passou a cantar feliz da vida: "Para pra ver que começou o show do meu tricolor".

Vindo de derrotas para Ceará e Santos, o time carioca também desencantou no ataque, porque não balançava as redes há três jogos.

Com 42 pontos, vai terminar a rodada em oitavo lugar. Dono do pior ataque, com apenas 17 gols, o Sport continua na 17 ª posição, com 30 pontos e ameaçado pelo rebaixamento.

O Fluminense foi melhor no primeiro tempo, com mais volume e mais finalizações. Chutou nove vezes, contra apenas três do Sport, bastante recuado e tímido nos contra-ataque.

Apesar do domínio em campo, o time carioca não conseguia as infiltrações e não criava chances para finalizar dentro da área, em melhores condições de gol.

Até o experiente Fred tentou vir buscar o jogo no meio-campo, na tentativa de abrir espaços para furar o bloqueio defensivo pernambucano.

Aos 16, Fred até balançou as redes, após receber um passe recuado de Samuel Xavier. Mas o lateral estava impedido quando recebeu o lançamento.

O VAR foi acionado e anulou o gol. A outra boa chance saiu somente aos 38, quando Fred rolou para Jhon Kennedy, mas ele errou e isolou a bola por cima do travessão.

No intervalo, o técnico Marcão optou pela entrada de Cazares no lugar de Jhon Arias. Mas o Sport se comportou bem em campo, ocupando bem os espaços e não dando chances para o Fluminense.

Além disso, passou a se arriscar no ataque. Ameaçou num chute de Sander, mesmo sem ângulo, e que Marcos Felipe espalmou para escanteio aos 13 minutos.

A melhor chance do jogo aconteceu aos 27, quando Cazares foi lançado pelo lado direito e levantou para o outro lado.

Luiz Henrique, de frente, bateu de primeira. A bola saiu em diagonal, passou pelo goleiro Mailson e tocou na trave esquerda. Ela ainda passou por trás do goleiro e saiu do lado esquerdo.

Cazares ainda armou jogadas para finalizações de Lucca, de cabeça, e de Caio Paulista, para fora. Passados os lances de perigo, um susto. José Welison, volante do Sport, subiu na dividida com Lucca e ao cair bate a cabeça no chão.

Ficou desacordado por alguns instantes e deixou o campo de ambulância, ainda com dificuldades de respirar. Foi encaminhado para um hospital para exames detalhados.

Após os 45 minutos, a torcida passou a vaiar. Mas nos acréscimos, saiu o gol da vitória.

Na 31.ª rodada, o Fluminense vai enfrentar o Grêmio, terça-feira, às 21h30, em Porto Alegre (RS). O Sport jogará na quarta-feira em casa diante do América-MG.

Fonte: Estadão Conteúdo