• Paraiba
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Garoto
  • chopp sabora
  • Posto Aliança
  • Jorge
  • Construforte
  • Paraiba
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Construforte
  • Jorge
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • chopp sabora

A revista inglesa 'FourFourTwo' divulgou, na última quinta-feira (23), a lista dos 50 melhores técnicos do mundo em 2021. O técnico da seleção brasileira, Tite, aparece na 35ª posição.

db42cd731b407989c64de3d8802de419Foto: Lucas Figueiredo/CBF

O texto utilizado pela publicação para descrever o ano do técnico Tite diz: "O técnico do Brasil fez 60 anos este ano, inaugurou uma geração de estrelas da Seleção e chegou à final da Copa América - seu time estará entre os favoritos para a Copa do Mundo no ano que vem e ele ainda é um técnico internacional astuto, capaz de encontrar harmonia entre as estrelas do samba do Brasil".

Quem lidera o ranking é o técnico Pep Guardiola, do Manchester City. Seguido por Thomas Tuchel, campeão da última Liga dos Campeões com o Chelsea, em 2º, e Jürgen Klopp, do Liverpool, foi o 3º.

Os critérios utilizados pela revista para rankear os treinadores foram: a habilidade deles e quanto a equipe deles conquistou no decorrer do ano com os recursos que eles tinham à disposição.

CONFIRA COMO FICOU O TOP 10

1º - Pep Guardiola (Manchester City)
2º - Thomas Tuchel (Chelsea)
3º - Jurgen Klopp (Liverpool)
4º - Antonio Conte (Tottenham)
5º - Hans-Dieter Flick (Seleção da Alemanha/Bayern de Munique)
6º - Roberto Mancini (Seleção da Itália)
7º - Diego Simeone (Atlético de Madri)
8º - Julian Nagelsmann (Bayern de Munique)
9º - Gareth Southgate (Seleção da Inglaterra)
10º - Mauricio Pochettino (PSG)

Fonte: Folhapress

Depois de um ano vitorioso com o bicampeonato da Libertadores, o Palmeiras trabalha em duas frentes pensando na próxima temporada. Enquanto vai ao mercado da bola atrás de reforços para a disputa do Mundial de Clubes, o clube alviverde tenta resolver a situação de jogadores badalados que não renderam como esperado.

5c7a2f8aeb16c53758e3d21ecec23507Lucas Lima em treino do Palmeiras, na Academia de Futebol - Imagem: Cesar Greco

O primeiro deles foi Miguel Borja. Contratado em 2017 com direito a recepção da torcida no aeroporto, o colombiano não conseguiu repetir no Palmeiras o sucesso meteórico que teve no Atlético Nacional, da Colômbia.

Agora, o atacante está a caminho de seu time do coração. O Junior Barranquilla deve desembolsar US$ 3,5 milhões (cerca de R$ 19,91 milhões, na cotação atual) por 50% dos direitos econômicos do atleta. O valor abate parte do prejuízo com a maior contratação da história palmeirense. Borja foi contratado por US$ 10,5 milhões.

O próximo da lista a sair deve ser Lucas Lima. O Fortaleza tem interesse em renovar o empréstimo do meia, e o Palmeiras não deverá impor dificuldades. O acordo poderá significar o fim da passagem pelo time alviverde, com quem tem contrato com até o fim de 2022.

Lucas Lima chegou ao Palmeiras no fim de 2017 como grande contratação depois de não renovar com o Santos. O clube alviverde desembolsou R$ 50 milhões na operação, contando salários, luvas e comissões.

O meia, no entanto, não conseguiu repetir no Palmeiras as boas atuações do Santos. Em 165 jogos, foram 12 gols e 19 assistências. O alto salário fez com que sua saída fosse vista como uma prioridade para Anderson Barros, diretor de futebol.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Nesta sexta-feira (24), o São Paulo acertou a chegada do meia-atacante Alisson, de 28 anos, que estava no Grêmio e assinou contrato até 31 de dezembro de 2024.

3141e5baafc026ad20b40915d13c6da4Foto: SPFC

Após a contratação de Rafinha e Jandrei, o elenco dirigido pelo técnico Rogério Ceni ganhou mais uma importante peça para as disputas da próxima temporada.

CARREIRA

Alisson nasceu em Rio Pomba, Minas Gerais, e iniciou a carreira no Cruzeiro. Ainda nas categorias de base, o jogador defendeu a Cabofriense antes de retornar ao clube de Belo Horizonte para concluir o seu processo de formação.

Após estrear no profissional, o jogador foi emprestado ao Vasco da Gama em 2013. Ao retornar do Rio de Janeiro, foi bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro, em 2013 e 2014, e recebeu a oportunidade de defender a Seleção Brasileira no Torneio de Toulon, na França.

Em 2017, conquistou a Copa do Brasil e encerrou a sua passagem pelo clube mineiro. Pelo Grêmio, Alisson ergueu a taça da Recopa Sul-Americana e foi tetracampeão gaúcho.

Fonte: SPFC

O atacante piauiense Crislan é novo reforço do Brusque para temporada 2022. Após seis anos Crislan volta a atuar em um clube no Brasil o seu último clube foi o Bucheon 1995, da Coreia do Sul. O contrato com o time catarinense é até dezembro de 2022 e o atacante se apresenta ao clube no dia 3 de janeiro para dar início a fase de pré-temporada.

cbba6ff85b7c4f751d015342a4c4966f Foto: Divulgação/Bucheon FC 1995

Natural de Teresina, Crislan, 29 anos, volta a atuar no Brasil após seis temporadas. Antes de defender o Bucheon passou por Shonan Bellmare (Japão), Shimizu S-Pulse (Japão), Vegalta Sendai (Japão), SC Braga (Portugal) e CD Tondela (Portugal).

No Brasil, Crislan Henrique defendeu Penapolense, Náutico, Athletico, Boa Esporte, Andraus, Salgueiro e River-PI.

Em 2015, seu último ano o Brasil defendeu a Penapolense e na época foi eleito o craque do interior e chamou atenção do mercado fora do país.

A estreia do atacante piauiense deve acontecer no Campeonato Catarinense diante do Concórdia, em 23 de janeiro, no Oeste do estado. Além do Estadual, o Brusque também disputa Campeonato Brasileiro Série B.

 

Fonte:cidadeverde.com