• Casa dos frios
  • Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Posto Aliança
  • Casa dos frios
  • Garoto
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Dario PAX

O Grêmio finalmente ganhou a primeira partida no Campeonato Brasileiro. Neste sábado (25), o time gaúcho fez 1 a 0 em cima do Atlético-MG, em Porto Alegre, e encerrou jejum de cinco rodadas.

a62cd6d3d66bb2caee8cb5aa4741aa0f FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

A vitória veio acompanhada de boa atuação, que gerou pressão total no primeiro tempo. O duelo também teve gol de Geromel anulado e pênalti perdido por André. Felipe Vizeu, no início da etapa final, decidiu.

A vitória na Arena do Grêmio faz o time de Renato Gaúcho chegar a cinco pontos. Com isso, a equipe gremista deixa temporariamente a zona de rebaixamento. O Atlético-MG, por sua vez, estaciona nos 12 pontos e assiste o Palmeiras - que venceu o Botafogo mais cedo, abrir diferença na ponta.

Na próxima rodada o Grêmio visita o Bahia e o Atlético-MG recebe o CSA. A partida em Salvador acontece no sábado e o jogo em Belo Horizonte é domingo.

Antes de voltarem a campo pelo Campeonato Brasileiro, os clubes entram em campo no meio de semana. O Grêmio recebe o Juventude, na quarta-feira, pela Copa do Brasil. O Atlético-MG atua diante do Unión Calera-CHI, pela Copa Sul-Americana, na terça.

O Grêmio de domínio e imposição, que havia sumido nas últimas partidas, reapareceu diante do Atlético-MG. Com intensidade e contundência, o time gaúcho criou três chances nos primeiros minutos e fez o adversário se fechar dentro da própria defesa. Juninho Capixaba, Maicon e Jean Pyerre ajudaram a equipe gremista a ter repertório. A posse de bola teve pico de 83% na etapa inicial. Foram 17 conclusões e, pelo menos, três ótimas chances.

Depois do intervalo, o domínio não foi igual. Apesar do cenário geral diferente, o início da etapa final foi suficiente. Além do gol de Felipe Vizeu, o Grêmio teve outra boa oportunidade. Na reta final, a equipe recolheu as linhas e passou a suportar a pressão do Atlético-MG.

A equipe de Rodrigo Santana nem fez jogo de cena. Desde o início, sinalizou que a estratégia era esperar o Grêmio para jogar no contra-ataque. O estilo reativo exigiu muito de Luan e Chará, mas falhou. A transição para a área adversária parou nos erros de passe. Paulo Victor fez apenas uma defesa após conclusão de primeira de Luan.

O desempenho do Galo mudou depois do gol de Felipe Vizeu. Mais ofensivo, o Atlético-MG passou a explorar o cansaço do Grêmio e ganhou posse de bola. Também começou a concluir de fora da área atrás do empate.

GRÊMIO
Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Rodriguez e Juninho Capixaba; Michel, Maicon, Alisson (Diego Tardelli), Jean Pyerre (Thaciano) e Everton; André (Felipe Vizeu)
T.: Renato Gaúcho
ATLÉTICO-MG
Victor; Patric, Leonardo Silva, Igor Rabello e Fábio Santos; Jair, Zé Welison (Nathan), Y. Chará, Cazares (Geuvânio) e Luan (Bruno); Ricardo Oliveira
T.: Rodrigo Santana
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Carlos Berkenbrock (SC)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Público/Renda: 15.450 pessoas e 13.714 pagantes/R$ 444.432,00
Cartões amarelos: Maicon (GRE); Luan, Zé Welisson, Patric, Geuvânio (CAM)
Gol: Felipe Vizeu (GRE), aos 2 minutos do segundo tempo (GRE)
Fonte: UOL/FOLHAPRESS

  • Cabedo
  • Rastek
  • Ada Atten
  • Espeto e Cia
  • Paraiba