O Corinthians está eliminado da Copa Libertadores pela quarta vez em casa desde que inaugurou seu estádio em Itaquera, em 2014.

0faa915bc5c91c087c8df0c5703a5944Foto - SC Corinthians - Divulgação

Nesta quarta-feira (12), a equipe do técnico Tiago Nunes até venceu o Guaraní (PAR) por 2 a 1, pela segunda fase eliminatória da competição, mas com a derrota por 1 a 0 na ida e o gol fora de casa anotado pelos paraguaios, viu sua arena se transformar novamente em cenário de glória alheia.

Luan e Boselli marcaram ainda no primeiro tempo, que também teve a expulsão de Pedrinho com apenas 28 minutos de jogo.

No início da etapa final, Gil derrubou Bobadilla na entrada da área em marcação discutível da arbitragem do argentino Néstor Pitana, Fernando Fernández cobrou forte no canto de Cássio e anotou o gol da classificação dos visitantes.

No retrospecto dos insucessos do time alvinegro no campeonato sul-americano desde que inaugurou o Itaquerão, o mesmo Guaraní já havia sido algoz da equipe no estádio pela Libertadores, em 2015.

Curiosamente, Fernando Fernández, autor do gol da classificação nesta quarta, foi o herói do triunfo paraguaio por 1 a 0 na arena há cinco anos.

Além da queda em 2015, o Corinthians também foi eliminado no Itaquerão em 2016 e 2018, para Nacional (URU) e Colo-Colo (CHI), respectivamente.

Fonte: Folhapress

  • Paçoka
  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Espeto e Cia
  • Paraiba