Atualizada às 21h10

O Internacional está na final do returno do Campeonato Gaúcho. Neste domingo (2), o Colorado resolveu o jogo contra o Esportivo em 15 minutos. Marcou o primeiro com menos de um minuto de jogo e aplicou 4 a 0. Os gols foram marcados por Thiago Galhardo, Marcos Guilherme, Guerrero e Boschilia.

23cb821e711884f53912bcacc134fec4Foto: Ricardo Duarte/S. C. Internacional

O adversário do Inter na decisão é o Grêmio. Em um jogo emocionante, o time tricolor se classificou ao bater o Novo Hamburgo, também neste domingo, por 4 a 3, na Arena. O gol decisivo foi marcado apenas aos 46min do segundo tempo por Luciano. A final, em jogo único, acontece nesta quarta (5), na Arena.

O destaque da partida foi Thiago Galhardo, que não deixou dúvida sobre sua condição de titular. Depois de desbancar D'Alessandro da equipe, ele novamente ocupou bem o posto de companheiro de Guerrero. Marcou, de cabeça, o primeiro gol do jogo. Recuperou a bola e deu assistência para o peruano no terceiro e firmou posto na equipe de Coudet.

O Internacional resolveu o jogo rápido. Com menos de um minuto, já estava na frente, com gol de Thiago Galhardo. E seguiu pressionando, tanto que Marcos Guilherme marcou em seguida e Guerrero fez o terceiro.

Com jogo resolvido em 15 minutos, o Colorado diminuiu o ritmo e administrou a vitória, nunca fugindo de suas características ofensivas e de pressão na saída rival. Só foi ameaçado em cruzamentos. No segundo tempo, Eduardo Coudet tratou de tirar os principais jogadores do time e preservar a equipe pensando na final. Mas ainda viu Boschilia marcar mais um.

O Esportivo começou o jogo decidido a se defender. Com três zagueiros e laterais defensivos formando uma linha de 5 atrás, a meta de Carlos Moraes era não sofrer gols. Não durou um minuto. Com 38 segundos de jogo a zaga falhou e Galhardo marcou de cabeça. As únicas chegadas do visitante ocorreram em cruzamentos. O Esportivo não conseguiu, em momento algum, se aproximar do Colorado.

Depois de praticamente cinco meses, o Internacional voltou a jogar no Beira-Rio. Com a liberação da prefeitura de Porto Alegre, o Colorado atuou novamente em seus domínios. Desde o dia 8 de março que o Gigante não recebia o time. O estádio esteve decorado com fotos de torcedores e ainda contou com os cânticos tradicionais no sistema de som.

Fonte: Uol/Folhapress

  • Paçoka
  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Espeto e Cia
  • Med Plan