Uma pesquisa do Ibope divulgada neste sábado aponta uma grande rejeição do governo do presidente Michel Temer (PMDB) nas capitais. Na maioria dos locais, a média de avaliação positiva – como “ótimo” e “bom” é de 8% a 19%. Em Teresina, 49% avaliaram como “ruim/péssimo”.

de327eb39157657e6fde16ab7f709866Presidente Michel Temer. (Imagem:Divulgação)

A pesquisa foi feita nas duas últimas semanas e a maioria do levantamento foi feita antes do impeachment de Dilma Rousseff, quando Temer ainda ocupava o cargo interinamente. Das capitais, a que teve o maior índice de aceitação do novo governo é Manaus, com 19% dos entrevistados classificando a administração como “ótima/boa”. 36% indicaram como “ruim/péssimo”.

Em Salvador, apenas 8% avaliam o governo como “ótima/boa” e 53% classificaram como “ruim/péssimo”, a pior avaliação de Temer no país.

Em Teresina, a capital do estado que concentrou o maior número de votos proporcionais na chapa Dilma/Temer nas últimas eleições presidenciais, 11% classificaram a administração como “ótima/boa”, enquanto 35% avaliaram como “regular” e 49% como “ruim/péssimo”.

O nível de confiança da pesquisa do Ibope é de 95% e ela foi registrada no TSE.

 

Fonte:cidadeverde.com

Com apenas 12 anos, Jeremy Shuler se tornou neste semestre o estudante de graduação mais jovem da história da Universidade Cornell, em Nova York. A instituição faz parte da Ivy League, grupo composto pelas oito universidades americanas de maior prestígio, incluindo Harvard, Princeton, Yale e Columbia. Mas esse é apenas mais um de uma coleção de recordes que o prodígio acumula desde quando ainda era bebê.

c9d95d062ea8347155f61d0453de070cAluno de 12 anos bate recorde como o mais jovem em universidade dos EUA.(Imagem:Divulgação)

De acordo com o Distrito Escolar Independente da Universidade Estadual do Texas (TTU, na sigla em inglês), onde o menino cursou, pela internet, o curso equivalente ao ensino médio, Jeremy sempre foi precoce. Aos 18 meses, já lia em coreano, língua materna de sua mãe.

Aos dois anos, aprendeu a ler também em inglês. Aos oito, começou a estudar conteúdos do currículo do ensino médio. "Ele aprendeu todo o conteúdo de matemática que podíamos ensiná-lo quando tinha 10 anos", afirmou o pai de Jeremu, segundo o TTU. O detalhe é que tanto o pai quanto a mãe do garoto são engenheiros aeroespaciais.

Agora, a família se mudou para Ithaca, cidade do estado de Nova York onde fica a Cornell, para que o garoto pudesse começar a graduação – ele pretende estudar física aplicada e engenharia, com ênfase também em matemática.

Por causa do seu desempenho acima da média, Jeremy acabou estudando em casa com o auxílio da mãe, que precisou largar o emprego. Mas, para ser aceito em uma universidade, é preciso ter um diploma que, pela idade, ele ainda não poderia receber. Por isso, a família decidiu matricular o garoto no curso online equivalente ao ensino médio, que Jeremy levou dois anos para concluir. Ele só conheceu os professores, tutores e colegas no dia da formatura.

Como ainda é muito novo, Jeremy terá que seguir morando com os pais (o pai, que é ex-aluno da Cornell, pediu uma transferência no emprego e a família se mudou toda para lá).

No primeiro semestre da faculdade, entre as disciplinas que o garoto vai cursar estão cálculo multivariável, física mecânica e relatividade espacial e introdução à linguística. Ele também pode acabar estudando latim intermediário, dependendo da nota que tirar no teste de nivelamento.

De acordo com a instituição, nesse ritmo, ele pode terminar seu doutorado com a idade de 21 anos, mais ou menos a mesma com que um estudante regular termina sua graduação.

Fonte: G1

Em sua primeira participação como presidente na reunião do BRICS (grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), o presidente Michel Temer garantiu que "o caminho do crescimento está sendo reconstruído" no Brasil e que as medidas tomadas nos últimos meses, quando ainda era interino, já mostram efeitos sobre a economia.

d29b89750fd5408abdc912c660569a00Presidente Michel Temer. (Imagem:Divulgação)

— Com as medidas tomadas nos últimos meses, já há sinais de retomada da economia brasileira. Estamos seguros de que, em breve, a nossa economia voltará a crescer, em benefício dos brasileiros e da economia global.

Temer também enfatizou o que chamou de uma ambiciosa agenda de reformas estruturais e afirmo que, com a ajuda do Congresso, o governo vai instituir um teto constitucional para o crescimento das despesas governamentais.

— No Brasil, o caminho do crescimento está sendo reconstruído. Estamos promovendo ajuste fiscal amplo e sustentável.

O presidente também afirmou que o país quer estimular investimentos em infraestrutura, sobretudo por meio de concessões de estradas, portos, aeroportos, ferrovias e sistemas de geração e transmissão de energia.

— Uma ambiciosa agenda de reformas estruturais também está em curso para elevar a produtividade da economia e gerar ambiente de negócios mais favorável.

Temer destacou que os países BRICS são forças positivas para estabilidade econômica global e enfatizou o novo banco de desenvolvimento e o arranjo contingente de reservas.

— Ilustram como podemos trabalhar em conjunto de modo criador, inovador e eficiente. Um trabalho coletivo em prol de uma sociedades mais prosperas e mais justas.

Segundo ele, a ênfase no tema do crescimento econômico inovador durante a presidência chinesa do G20 é muito oportuna.

— Vivemos um momento de profundas transformações nos modos de produção. Nosso desafio é compreender o significado desse momento e encontrar novas fontes de dinamismo.Essa não é tarefa que podemos levar de maneira isolada.

Momento de transformação

Segundo temer, o mundo vive um momento de profundas transformações nos modos de produção.

— Nosso desafio é compreender o significado desse momento e encontrar novas fontes de dinamismo. Essa não é tarefa que possamos levar adiante de maneira isolada. É tarefa que pressupõe, antes, nossa capacidade de articulação e de cooperação.

Ele defendeu o aprofundamento das reformas do Fundo Monetário Internacional e do Banco Mundial para que os organismos internacionais sejam mais legítimos e eficazes.

— Precisamos de instâncias decisórias internacionais mais representativas e, portanto, mais legítimas e eficazes.

Aos desafios econômicos com que nos deparamos somam-se o agravamento de ameaças à segurança e a deterioração de crises humanitárias. O Brasil é solidário com os países que sofreram ataques terroristas, como alguns de nossos parceiros do BRICS. Temos plena ciência de que nenhum de nós está imune a esse mal.

Temer afirmou que a cooperação internacional é vital para prevenir e punir atos de terrorismo, e a prevenção requer plena coordenação entre nossos órgãos de segurança e de inteligência.

— As Nações Unidas são o foro mais adequado para o desenvolvimento de estratégias globais contra a ameaça terrorista. Devemos enfrentar essa ameaça por meios compatíveis com o Direito Internacional, sem jamais descurar de suas causas profundas.

Desenvolvimento sustentável

O presidente Michel Temer defendeu a promoção do desenvolvimento sustentável e afirmou que há que não há receitas simples para a adequada integração das dimensões econômica, social e ambiental do desenvolvimento econômico.

— Mas a tarefa é necessária e urgente. No capítulo da mudança do clima, o Acordo de Paris é exemplo significativo de contribuição que podemos dar para estar à altura de nossas responsabilidades. Responsabilidades perante as gerações presentes e futuras.

Ele disse que o combate à mudança do clima e — mais amplamente, a promoção do desenvolvimento sustentável — sofrem de carência crônica de financiamento adequado. O Novo Banco de Desenvolvimento, segundo ele, é poderosa ferramenta de mobilização dos recursos necessários para vencer esse desafio sistêmico.

— É significativo que os primeiros empréstimos da nova instituição sejam destinados a projetos de energia renovável.

Fonte: O Globo

Antes da festa, o ensaio oficial. Neste domingo (4), ocorre o treinamento da cerimônia de abertura para a Paralimpíada Rio 2016, no Maracanã, Zona Norte do Rio. Bloqueios de ruas e esquemas de trânsito serão implementados para organizar o trânsito na região.

maracanaMaracanã recebe ensaio da cerimônia de abertura da Paralimpíada (Foto: Reprodução/CET-Rio)
A operação começa a partir das 5h de domingo. Serão fechadas as ruas General Herculano Gomes e Visconde de Niterói, além da Avenida Bartolomeu de Gusmão, na Quinta da Boa Vista.
Como na Olimpíada, é reforçado o pedido para que o público vá à cerimônia em transporte público.
Para os motoristas que pretendam ir ao Centro da cidade, a opção é é utilizar o Viaduto da Mangueira e acessar a Radial Oeste. É também possível seguir pelas avenidas Pedro II e Francisco Bicalho. Durante todo o dia, o Centro de Operações da prefeitura vai monitorar toda a operação.
Além das interdições, também vão haver bloqueios para a simulação das rotas de ônibus que serão utilizadas pelas delegações paralímpicas na chegada e saída do Maracanã.
Reforço nos trens
A SuperVia, concessionária de trens do Rio, informou que composições extras serão colocadas para o ensaio da abertura da Paralimpíada. As viagens adicionais são para os ramais Japeri, Santa Cruz e Saracuruna, com partidas na Estação São Cristóvão.

 

Fonte:G1

  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Paçoka
  • Espeto e Cia
  • Med Plan