• Paraiba
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Jorge
  • Construforte
  • Oticas Floriano
  • chopp sabora
  • Construforte
  • Jorge
  • Garoto
  • chopp sabora
  • Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Paraiba

Os profissionais de educação da cidade de Floriano, estiveram reunidos na manhã de hoje na Câmara Municipal com o objetivo debater dentre outros temas, o pedido de ilegalidade da greve feito por parte do governo do estado. Ontem a presidente do Sinte Regional de Floriano, Professora Léa Almeida e  a presidente da categoria no estado Professora Odeni Silva estiveram reunidos com autoridades da justiça para falar sobre a legitimidade do movimento e agora os professores aguardam um posicionamento da justiça sobre a greve.

20160301 101317
Assembléia do sinte em Floriano. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

A reunião de hoje foi avaliada de maneira positiva pela Professora Léa principalmente no que se refere às presenças dos profissionais de educação. "Foi uma reunião que juntou pessoas que nunca estiveram aqui. Os aposentados que estão apavorados com essas determinações do governo por que se ele colocar os 5% na próxima semana só vai ser pro professor que estar em sala de aula e isso deixa o aposentado de fora". Disse a presidente do Sinte. 

20160301 101339Assembléia dos professores em Floriano. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

A reunião decidiu que vai ser realizada uma mobilização em Teresina na próxima quinta-feira na secretaria de educação e uma nova assembléia segunda-feira. "Nós vamos nas escolas de Floriano e nas escolas que compõem a regional e na terça-feira nós faremos a nossa assembléia pra avaliar o movimento e saber se já houve um posicionamento positivo ou não". Finalizou Léa Almeida.

20160301 101358Professores reunidos na CMF. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

 

Da redação 

Os familiares da senhora Maria do Carmo Santos Costa convidam parentes e amigos para a missa de sétimo dia de sua partida para o oriente eterno, que será realizada amanhã(02) as 19h na Igreja de São Sebastião, no bairro Monte Castelo em Teresina. 

A família enlutada agradece a todos os que comparecerem a esse ato de fé cristã.

IMG 20160229 WA0058Maria do Carmo Santos Costa. (Imagem:Arquivo da família)

 

Da redação

Em greve desde o último dia 04 de fevereiro, os profissionais de enfermagem do estado do Piauí decidiram retornar às suas atividades no dia de hoje(01), após uma reunião realizada ontem no Tribunal de Justiça do Piauí com representantes do governo e da categoria. Os grevistas fizeram uma assembléia para avaliar tudo o que foi debatido no TJ e decidiram por uma suspensão na greve mesmo sem ter sido nada resolvido. Os manifestantes tiveram apenas algumas garantias.

Na audiência de ontem foram colocadas quatro pautas com promessas de ganhos reais nas principais pautas a partir do dia 21.

O representante do governo também garantiu rever a questão da gratificação de insalubridade. 

IMG 20160229 WA0081Assembléia dos profissionais de enfermagem. (Imagem:DIvulgação/whatsapp)

IMG 20160229 WA0082Assembléia dos profissionais de enfermagem. (Imagem:Divulgação/jc24horas)

 

Da redação

 

 

 

O apelo nas redes sociais, nos portais, TV, rádios e em todas as formas de mídias no sentido de que as pessoas compareçam ao Hemocentro de Floriano com o objetivo de doar sangue tipo O- (O negativo) para a estudante Géssyca Veloso, que tem um problema de anemia falciforme, tem sido um sucesso na opinião da diretora do Hemocentro Elyomara Veloso. Mesmo assim ainda não foi encontrado o doador compatível para a jovem de 21 anos que está internada em um hospital particular de Floriano. Em entrevista ao jc24horas, Elyomara enalteceu o lado humanitário do florianense que compareceu em massa para doar sangue  e fez questão de lembrar que o sangue que não serve para Géssyca tem servido para salvar outras vidas. "Na situação da Géssyca, nós temos outros pacientes também, daí a importância da doação de sangue". Explicou Elyomara Carvalho.

20160229 164534Elyomara Carvalho. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

Internada há mais de 10 dias Géssyca fez com que aproximadamente 40 pessoas se deslocassem ao hemocentro para doar sangue O- e existe uma grande esperança que nas próximas horas o líquido precioso compatível para a jovem seja encontrado. De uma maneira generalizada, o hemocentro de Floriano sempre trabalhou no limite em termos de quantidade de bolsas em estoque. "O sangue coletado em Floriano é distribuído para o sul do estado e parte do Maranhão que a gente atende. O ideal seria que a gente tivesse 20 doações por dia". Disse Elyomara.

20160222 181305Géssyca Veloso. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

As pessoas interessadas em doar sangue e salvar uma vida, devem comparecer ao hemocentro ao lado do Hospital Regional Tibério Nunes. Para maiores informações podem ligar para o número 3522-2020 nos expedientes manhã e tarde.

 

Da redação.