• Farmaduty
  • Casa dos frios
  • veloso
  • Garoto
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Oticas Floriano
  • Casa dos frios
  • veloso
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Farmaduty

WhatsApp Image 2020 01 15 at 02.19.04Edwio Soares. (Imagem:Divulgação)

O Professor e Pastor Edwio Soares faleceu na noite de ontem(14) no Hospital Regional Tibério Nunes vítima de um infarto. O religioso sentiu-se mal e foi levado para aquela instituição de saúde onde os médicos tentaram reanimá-lo mas todas as tentativas foram em vão e ele acabou falecendo. O Repórter Temístocles Filho estava no hospital no momento em que foi dada a notícia do falecimento. Confira o vídeo.

Da redação

Uma mulher de 60 anos pode ser a segunda pessoa a morrer em Minas Gerais contaminada pela substância dietilenoglicol que, conforme investigação da Polícia Civil, foi encontrada em lotes da cerveja Belorizontina, produzida pela empresa Backer. A mulher é moradora de Pompéu, na região central do Estado, e esteve em dezembro no bairro Buritis, na capital mineira, onde foram identificadas as primeiras contaminações. A morte ocorreu em 28 de dezembro, mas as suspeitas de que seja mais um caso de contaminação só foram reveladas nesta terça-feira, 14, em nota da prefeitura da cidade.

c599abe8be7cac003b69ea5917d1c5d5Foto: Pixabay

A família da mulher informou às autoridades de saúde que ela tomou a cerveja Belorizontina. Os sintomas apresentados pela mulher são os mesmos de outras pessoas que podem ter ingerido a bebida e passado mal, como problemas de ordem neurológica e insuficiência renal. Na nota, a secretária municipal de Saúde, Fernanda Guimarães Cordeiro, afirma que "compete às autoridades hierarquicamente superiores o desenrolar dos fatos."

A primeira vítima a falecer com suspeita de contaminação pela substância foi um homem de 55 anos, morador de Ubá, na Zona da Mata, que também esteve em dezembro no bairro Buritis e consumiu a cerveja Belorizontina. A morte ocorreu em Juiz de Fora, no dia 7 de janeiro.

A Polícia Civil voltou na manhã desta terça-feira à fábrica da Backer, no bairro Olhos D'Água, região oeste da capital. Na segunda-feira, 13, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que já havia interditado a planta, proibiu a Backer de comercializar seus produtos e mandou a empresa recolher toda sua produção no mercado. A fábrica deverá se posicionar ainda nesta terça sobre como será esse procedimento.

Laudos da Polícia Civil apontaram a presença da substância dietilenoglicol em três lotes da Belorizontina. Houve a confirmação ainda da presença de monoetilenoglicol na fábrica. Ambas substâncias são utilizadas no processo de refrigeração da produção. Segundo a Polícia Civil, ambas são altamente tóxicas.

Atualização mais recente da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, divulgada nesta terça-feira, 14, afirma terem ocorrido até o momento 17 casos de intoxicação pelo dietilenoglicol. Do total, uma é mulher e 16, homens.

Em entrevista, a diretora de marketing e sócia-proprietária da Backer, Paula Lebbos, afirmou que ninguém deve consumir a cerveja suspeita de contaminação. "Não bebam a Belorizontina. Seja de que lote for", disse.

Fonte: Folhapress

O juiz federal Rodrigo Bentemuller, da 15ª Vara Federal em Brasília, rejeitou nesta terça-feira (14) uma denúncia do Ministério Público Federal contra o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Felipe Santa Cruz, acusado de ter caluniado o ministro da Justiça, Sergio Moro.

338541f9481501dba2dc93e041165638Foto: Marcos Correa/PR

Bentemuller também negou o pedido do MPF para afastar Santa Cruz do comando da entidade.
A acusação foi por causa de uma entrevista de Santa Cruz à Folha de S.Paulo na qual o presidente da OAB disse que Moro "banca o chefe da quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas".
Na ocasião, Santa Cruz comentava uma reportagem anterior da Folha que revelou que Moro telefonou para autoridades que teriam sido alvo de hackers anunciando que destruiria as conversas de Telegram obtidas pelos invasores.
Os hackers foram presos em julho de 2019 na Operação Spoofing, deflagrada pela Polícia Federal, que é ligada ao ministério comandado por Moro.

Para o juiz federal Bentemuller, Santa Cruz extrapolou suas funções ao dar a declaração sobre Moro, emitindo uma opinião pessoal, e não institucional. "Contudo, mesmo com uma fala mais contundente, não vislumbro a intenção de o denunciado imputar falsamente crime ao ministro da Justiça Sergio Moro", considerou o juiz.

Na decisão, o magistrado destaca uma nota divulgada por Santa Cruz após a entrevista, na qual ele afirmou que sua intenção foi fazer uma crítica jurídica e institucional, por meio de uma analogia, e não imputar crime ao ministro da Justiça.
"Demonstra-se cabalmente que o denunciado não teve intenção de caluniar o ministro da Justiça, imputando-lhe falsamente fato criminoso, mas sim, apesar de reconhecido um exagero do pronunciamento, uma intenção de criticar a atuação do ministro, quando instado a se manifestar acerca de suposta atuação tida como indevida no âmbito da Operação Spoofing por parte de Sergio Moro", escreveu Bentemuller.
"Desta feita, não vislumbrando o dolo específico [a intenção] para cometimento do crime de calúnia, entendo como atípico o fato narrado na denúncia."

Por fim, o juiz federal afirmou que "é descabido falar em afastamento do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, tendo em vista a ausência de cometimento de delito no caso apresentado".
"Eventual pronunciamento acima do tom por parte de representante da OAB não deve ser motivo para seu desligamento temporário do cargo por determinação do Judiciário, cabendo à própria instituição avaliar, dentro de suas instâncias ordinárias, a conduta de seu Presidente, legitimamente eleito por seus pares, através do sistema representativo."

Fonte: Folhapress

O Sine (Sistema Nacional de Emprego) oferece 01 vaga de emprego para pessoa formada em Patologia Clínica ou Análise Clínica. Os interessados devem se dirigir ao Espaço Cidadania ao lado do antigo terminal rodoviário de Floriano e procurar o órgão munido de documentos e currículo. 

sine piaui

Da redação

  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Blossom
  • Espeto e Cia
  • Paraiba