• Posto Aliança
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Dario PAX

O Bispo da Diocese de Floriano, Dom Edivalter Andrade, celebrou na tarde/noite dessa segunda-feira (10), o seu segundo ano como bispo. Sua sagração Episcopal foi realizada no dia 10 de Junho de 2017, em sua cidade natal, Barra de São Francisco, Espírito Santo. 14 dias depois, tomava posse na Diocese de Floriano.

WhatsApp Image 2019 06 10 at 12.25.31
A celebração que marcou a data, foi presidida por Dom Edivalter, na Catedral São Pedro de Alcântara e concelebrada por 5 sacerdotes: Frei Cláudio, Pe.Jairo, Pe.Aristides, Frei Pedro Messias e Frei Edilson, que mora na Itália. Também participaram da celebração várias religiosas, grupos da igreja católica e a comunidade.

WhatsApp Image 2019 06 10 at 20.36.04
Durante a homilia, o bispo diocesano fez uma reflexão sobre a liturgia do dia, com destaque para a graça de celebrar, por iniciativa do Papa Francisco, o dia de Maria, a Mãe da Igreja, mas também falou sobre a missão da igreja e do bispo.
No momento do ofertório, foram apresentadas, também, algumas Insígnias Episcopais. Ao final Dom Edivalter foi homenageado com mensagens e cantos e agradeceu aos fiéis, pedindo que os católicos sempre rezem pelo seu bispo.

 

Fonte e fotos:Pascom

O presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, pediu nesta terça-feira, 11, ao Supremo Tribunal Federal (STF) que seja reincluída na pauta da Corte a discussão sobre a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância. Apesar de ter se debruçado sobre o tema três vezes, o plenário do Supremo ainda não analisou definitivamente o mérito das ações sobre o assunto.

8c8c67b80befce8925a1b07f68a122b3Foto: Eugênio Novais/OAB

Na manifestação enviada ao Supremo, a OAB aponta o "crescente e notório agravamento" das condições do sistema prisional brasileiro.

O julgamento dessas ações também foi cobrado nesta tarde pelo decano do STF, ministro Celso de Mello. "Entendo que é mais do que necessário que o plenário do STF venha a julgar as três ações declaratórias de constitucionalidade para que se defina em caráter definitivo essa questão delicadíssima", disse Celso de Mello na ocasião.

A Segunda Turma decidiu que caberá ao plenário do Supremo analisar um habeas corpus coletivo que contesta a prisão automática de réus após a condenação em segunda instância, conforme fixado em súmula do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). O TRF-4 é a segunda instância de processos da Operação Lava Jato e condenou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no caso do "triplex do Guarujá".

O habeas corpus coletivo contesta a execução automática de prisão após a condenação em segunda instância. Para o ministro Ricardo Lewandowski, o Supremo já deixou claro que a prisão é possível após a condenação em segunda instância, mas ela não é automática nem obrigatória, mas devendo ser necessariamente motivada.

Entendimento

No dia 4 de abril, Toffoli retirou da pauta o julgamento das ações sobre prisão após condenação em segunda instância, que estava marcado para o dia 10 daquele mês. Na ocasião, os ministros poderiam mudar o entendimento atual, que permite a execução antecipada da pena - medida defendida pela força-tarefa da Operação Lava Jato no combate à corrupção e também pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Oficialmente, Toffoli retirou as ações da pauta depois de um pedido feito pela própria OAB, que é autora de uma delas. A Toffoli, a entidade afirmou que a nova diretoria da entidade, recém-empossada, precisava se "inteirar" do processo do qual é uma das autoras e no qual se posiciona contra a prisão após condenação em segunda instância.

Em abril, integrantes do STF avaliaram que o momento não era o melhor para a Corte julgar o assunto, já que havia um recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) contra a condenação no caso do triplex do Guarujá pendente de análise em uma instância judicial inferior, o Superior Tribunal de Justiça (STJ). O caso, no entanto, já foi apreciado pelo STJ, que confirmou a condenação de Lula, mas reduziu sua pena de 12 anos e 1 mês de prisão para 8 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão.

Fonte: Estadão Conteúdo

Há extamente um mês o Jc24horas participou da grande festa de reinauguração da loja Blosson Ville e na tarde de ontem (10) o portal voltou à loja para registrar avaliação do funcionamento após 30 dias de reinauguração.

WhatsApp Image 2019 06 11 at 11.20.15Lynardo. (Imagem: Temístocles Filho/ jc24horas)

Lynardo fala sobre o grande sucesso da loja que vem recebendo muitos clientes felizes com a reinauguração. Ele convida a todos a visitar a loja que está cheia de novidades na sessão de perfumaria feminina e masculina, infantil incluindo também maquiagens, hidratantes, sabonetes. Também convida os casais, pois a loja está preparando muitos quites para o dia dos namorados. A loja também possibilita a você uma grande oportunidade de gerar renda, revendendo os produtos da Blosson.

WhatsApp Image 2019 06 11 at 11.20.23Blosson Ville. (Imagem: Temístocles Filho/ jc24horas)

Blosson Ville está localizada na Avenida Euripedes de Aguiar, Centro/ N° 550, próximo a Clínica Vitalis. Confira o vídeo

WhatsApp Image 2019 06 12 at 09.02.30

WhatsApp Image 2019 06 12 at 09.02.23

WhatsApp Image 2019 06 12 at 09.02.24

Por Karolina Santos.

A apresentadora Ana Furtado, 45, terminou o tratamento contra um câncer de mama depois de pouco mais de um ano. Feliz da vida, publicou uma imagem dela no hospital com um terço na mão e agradeceu a todo o apoio recebido.

bf8ae59a4378bafb845ccf984c73b471Foto: Reprodução/instagram/@aanafurtado

"Hoje encerro o ciclo do meu tratamento. É dia de retirar o Port Cath (catéter), que foi o meu companheiro durante todo esse tempo. Através dele eu recebi os meus medicamentos para a minha cura. Foi o meu amigo do peito. Então, hoje é dia de festa! Muita emoção. Agradecimento a todos! Eu venci!", escreveu.

Logo a mensagem recebeu elogios e o carinho de fãs e de pessoas famosas. "Parabéns, querida! Pela sua força! Pela sua coragem", publicou Tatá Werneck. "Que boa notícia. Uma vitória e tanto", disse Fátima Bernardes. A atriz Marina Ruy Barbosa colocou muitos corações em sua mensagem de apoio, assim como o companheiro e É de Casa André Marques. "Que dia feliz", publicou Angélica. "Linda", elogiou Miguel Falabella.

Ana Furtado descobriu que tinha câncer de mama e revelou isso a todos em maio do ano passado por meio de um vídeo. Durante mais de um ano ela passou por um processo de quimioterapia, mas nunca perdeu a fé. "Eu tenho muita coragem para seguir adiante", dizia Ana naquela ocasião. Ana Furtado também dizia que 'o câncer não era um vilão'.

Curada, Ana se sente renovada. "Não há mal que dure para sempre", postou a apresentadora, em seu Instagram, uma mensagem de Chico Xavier para explicar a sua vitória.

Fonte: Folha Press

  • Paraiba
  • Blossom
  • Espeto e Cia
  • Casa Boa Esperança
  • Cabedo
  • Ada Atten