• Paraiba
  • chopp sabora
  • Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Garoto
  • Farmaduty
  • Construforte
  • Jorge
  • Jorge
  • Dario PAX
  • chopp sabora
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Paraiba
  • Garoto
  • Construforte
  • Posto Aliança

O papa Francisco expressou neste domingo (16) sua solidariedade às vítimas das inundações das últimas semanas no Brasil. Após o Angelus dominical, na praça de São Pedro, no Vaticano, ele pediu também proteção aos que conduzem salvamentos nessas situações.

ba7f8b727d67edb3112dde1dd54f7372Foto: Daniel Marenco/FolhaPress

"Expresso minha proximidade das pessoas atingidas pelas fortes chuvas e inundações em várias regiões do Brasil nestas últimas semanas. Estou rezando especialmente pelas vítimas e suas famílias e por aqueles que perderam suas casas. Que Deus sustente os esforços daqueles que estão prestando socorro", disse.

As chuvas que atingem Minas Gerais desde o início do ano deixaram mais de 370 municípios em situação de emergência (44% do estado) e levaram a inundações de rios, moradores desalojados pelas enchentes ou pelo risco de rompimento de barragens. Segundo a Defesa Civil do Estado, 25 pessoas morreram e 52 mil ficaram desabrigadas.

Na Bahia, desde o fim do ano passado mais de 25 pessoas morreram e quase 100 mil ficaram desabrigadas ou desalojadas.

Pais e mães 'heróis' Na última semana, o papa de 85 anos voltou a fazer um apelo pela acolhida dos migrantes e solicitantes de asilo, um dos grandes temas de seu pontificado.

Em entrevista publicada na quinta-feira (13) no jornal do Vaticano, L'Osservatore Romano, o pontífice falou do papel dos pais e mães frente aos conflitos e dificuldades do mundo moderno, como a pandemia do coronavírus, as guerras e a pobreza.

"Penso em muitos pais, muitas mães, muitas famílias que fogem das guerras, que são empurradas para as fronteiras da Europa e não só, e que vivem em situações de dor, injustiça e que ninguém as leva a sério", admitiu o papa.

"Queria dizer a estes pais, estas mães, que para mim são heróis, porque vejo neles a coragem de quem arrisca a vida por amor a seus filhos, por amor à sua família", acrescentou.

Francisco disse que se sente próximo "do drama destas famílias, destes pais e destas mães que estão vivendo uma dificuldade particular, agravada sobretudo por causa da pandemia".

 

Fonte: Folhapress

O número de pessoas vacinadas com ao menos uma dose contra a covid-19 no Brasil chegou nesta quinta-feira, 22, a 161.905 777, o equivalente a 75,37% da população total, de acordo com a nova projeção populacional do IBGE para este ano. Nove capitais do País começaram a vacinação infantil nesta manhã. Nas últimas 24 horas, 37.149 pessoas receberam a primeira aplicação da vacina, segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. Ao todo, 13 Estados não divulgaram os boletins de imunização do período.

6d9d61196620bc9d2caee3b04ffc47e0Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Entre os mais de 161 milhões de vacinados, 145,6 milhões receberam a segunda dose ou um imunizante de aplicação única.

Nas últimas 24 horas, 343.333 pessoas receberam a segunda dose e outras 3.212 receberam o imunizante produzido pela Johnson & Johnson.

Neste sábado, 188,9 mil pessoas ainda receberam a dose de reforço. Ao todo, 32,5 milhões de brasileiros já foram "revacinados" - o equivalente a 15,15% da população total.

Somando todas as vacinas aplicadas, o Brasil administrou 572,6 mil doses nas últimas 24 horas.

Os Estados que não divulgaram os registros de vacinação neste sábado são: Acre, Alagoas, Amapá, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Roraima, Rio Grande do Sul e Tocantins.

São Paulo tem 81,71% da população total vacinada ao menos com uma dose contra o coronavírus, e 78,65% com duas doses ou aplicação única, o mais avançado do País. Os outros quatro Estados com a maior proporção de habitantes com essa taxa são: Piauí (75,33%), Minas Gerais (72,66%), Santa Catarina (72,39%) e Mato Grosso do Sul (72,78%).

 

Fonte: Estadão Conteúdo

No Piauí, 23 cidades estão com mais de 80% da população totalmente imunizada, ou seja, completaram o esquema vacinal com duas doses ou dose única da vacina contra a Covid-19. Os dados são do Vacinômetro da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) desse sábado (15).

da9e98c4cfd3c397f71ea647e5381fa6Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Na lista, somente as cidades de Lagoa do Barro do Piauí e São Gonçalo do Gurguéia se destacam como as mais avançadas na vacinação, com mais de 100%.

Em Lagoa do Barro são 4.656 habitantes, de acordo com o IBGE, e 103,8% da população está vacinada com as duas doses ou dose única. O município aplicou 10.606 doses.

Já em São Gonçalo do Gurguéia, com 2.825 habitantes, o Vacinômetro aponta 100,46% da população com o esquema vacinal completo e a cidade aplicou 6.872 doses.

Outras cidades que também seguem avançando na vacinação são Sebastião Leal, com 92,34% e Geminiano, com 88,46% da população totalmente vacinada.

A capital Teresina segue logo atrás com 87,78% da população com o esquema vacinal completo. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) divulgou a programação de vacinação contra a Covid-19 para essa semana, de segunda-feira (17) a sexta-feira (21).

Entrega de mais doses

Nessa última terça-feira (11) a Sesapi enviou mais uma remessa de vacinas contra a Covid-19 para que os municípios façam as retiradas nas Regionais de Saúde. No total foram encaminhadas 185.590 doses de 03 imunizantes.

Nesta nova remessa de distribuição a Coordenação de Imunização encaminhou 22.835 FioCruz/AstraZeneca, 145.080 Pfizer/BionTech e 17.125 Janssen.

Confira lista dos municípios:

Brejo do Piauí - 82,19%
Buriti dos Lopes - 80,14%
Caldeirão Grande do Piauí - 85,17%
Canavieira - 80,13%
Capitão Gervásio Oliveira - 81,68%
Caxingo - 82,56%
Coivaras - 85,17%
Dom Inocêncio - 82,1%
Geminiano - 88,46%
Jatobá do Piauí - 82,53%
João Costa - 81,82%
Jurema- 82,2%
Lagoa do Barro do Piauí - 103,8%
Nazaria - 81,2%
Novo Santo Antônio - 82,95%
Olho DAgua do Piauí - 86,13%
Palmeirais - 82,68%
Pio IX - 84,82%
São Gonçalo do Gurgueia - 100,46%
São Raimundo Nonato - 84,89%
Sebastião Leal - 92,34%
Teresina - 87,78%
Vera Mendes - 86,71%