Muita gente não deu importância à primeira fala do recém-eleito senador Aroldo de Oliveira (PSD-RJ). Mas talvez tenha sido a fala que mais traduziu os dois dias de discussão (ou bate boca) em torno da escolha do novo presidente da Casa. “É envergonhado que eu profiro as minhas primeiras palavras na tribuna do Senado“, disse Aroldo, um político que estava há 36 anos na Câmara e surpreendeu em outubro ao conquistar uma vaga no Senado.

Alcolumbre Presidente07Vitória e confusão: Davi Alcolumbre comemora eleição para presidência do Senado após processo cheio de confusão (FOTO: Senado / Divulgação)

.As palavras de Aroldo foram pronunciadas exatamente no momento em que ia votar na eleição do novo presidente do Senado. Uma eleição confusa, onde há até mesmo suspeita de fraude. Foram dois dias de vexame: decisões autoritárias, roubo de pastas e a velha judicialização, obrigando o presidente do Supremo Tribunal Federal a decidir sobre como os senadores deveriam votar. Ao final, Davi Alcolumbre (DEM-AP) venceu, superando o velho cacique Renan Calheiros (MDB-AL).

É nesse contexto que surge a fala de Aroldo de Oliveira:

– É envergonhado que eu profiro as minhas primeiras palavras na tribuna do Senado da República para onde eu vim após 36 anos como deputado federal na outra Casa. O povo brasileiro sente-se justificado com a sua percepção de que esta Casa não é uma Casa séria. E eu estou envergonhado em nome do povo brasileiro – afirmou.

De fato, foi um vexame. E o novo presidente do Senado tem duas grandes tarefas. A primeira, apaziguar os ânimos de uma Casa que se dividiu e se engalfinhou em um triste espetáculo. Segundo, dar mostras de que o Senado, ao contrário da percepção popular lembrada por Aroldo de Oliveira, é sim uma instituição séria.

Alcolumbre presidente. E agora?

A sexta-feira começou com Renan Calheiros (MDB-AL) favorito na corrida pela presidência do Senado. Mas havia um movimento que achava que um quinto mandato de presidente para Renan passava da conta: seria um recado de que o Senado estava longe dos anseios de uma sociedade que pede mudança. E esse movimento ganhou corpo na figura de um pouco conhecido Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Alcolumbre mostrou força política logo na votação que assegurou eleição com voto aberto. Resistiu aos ataques e, em uma eleição que ficou para o sábado, terminou vencendo – ou melhor, Renan perdeu. Mas o novo presidente do Senado deixa dúvidas. Primeiro, sobre a estabilidade da Casa. Segundo, sobre a própria capacidade de liderar não apenas o Senado, mas até mesmo o andamento de uma simples sessão.

As dúvidas permanecem: Alcolumbre é presidente. E agora?

 

Fonte:cidadeverde.com

Na manhã deste domingo, um grande número de amigos, familiares e companheiros de trabalho estiveram na residência do Sgt Carlos para dar o último adeus ao homem que durante quase três décadas honrou a farda da Polícia Militar do Piauí no exercício de sua função. O PM faleceu durante o serviço na madrugada de sábado, ainda foi levado para o Hospital Regional tibério Nunes onde uma equipe médica comandada pelo Dr. Aluísio fez um trabalho no sentido de reanimar o seu coração infartado, mas todos os esforços foram em vão.

WhatsApp Image 2019 02 03 at 12.19.53Saída para o cemitério no carro do Corpo de Bombeiros. (Imagem:Reprodução)

Desde o momento em que a notícia foi publicada acerca do ocorrido com o Carlos, muita gente se deslocou para o horpital e ficou ao lado da família até o momento derradeiro nessas situações que é o sepultamento. Nossa reportagem registrou o momento em que o corpo deixava a residência localizada no Conjunto Caiçara, seguiu em direção ao Quartel do 3º Batalhão Policial Militar em seguida foi para o cemitério central São Pedro de Alcântara. Confira.

Da redação

Pertencente aos quadros da extinta banda de música do  Batalhão Policial Militar, o Sargento Carlos fazia parte da banda de música da Prefeitura Municipal de Floriano e sempre que tinha oportunidade mostrava as suas habilidades com instrumentos de percussão.

WhatsApp Image 2019 02 03 at 04.21.27Sgt Carlos e seu tarol. (Imagem:Reprodução)

Neste víveo, você confere a sua última apresentação no Clube dos professores em Floriano no dia 27 de janeiro. A gravação foi feita pelo cantor Zezinho

Da redação

Uma aposta do Rio de Janeiro levou sozinha o prêmio de R$ 24.666.686,76 do concurso 2.121 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (2) em Guaraciaba (SC).

volantes loterias q98a7808 credito marcelo brandt g1

Veja as dezenas sorteadas: 08 - 10 - 17 - 29 - 37 - 40.

A quina teve 82 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 31.988,03. A quadra teve 5.493 apostas vencedoras; cada uma receberá R$ 682,17.

O próximo concurso (2.122) será na quarta (6). O prêmio é estimado em R$ 3 milhões.

 

Fonte:G1

  • Ada Atten
  • Paçoka
  • Cabedo
  • Med Plan
  • Espeto e Cia