• Garoto
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Oticas Floriano

Existente em Timon-Maranhão, a APAC (Associação de Proteção aos Condenados) foi instalada na cidade de Barão de Grajaú através de uma assembléia que escolheu os integrantes da primeira diretoria da entidade. A Apac vai trabalhar no sentido de evitar a ociosidade entre as pessoas que estão cumprindo pena e que tenham ligações familiares na cidade de Barão de Grajaú. O presidente eleito foi o senhor Juarez Azevedo.

WhatsApp Image 2019 09 10 at 04.43.52Diretoria da Apac em Barão de Grajaú-Ma. (Imagem:Divulgação/Apac)

Nossa reportagem registrou os momentos finais da reunião que aconteceu no plenário da Câmara Municipal da cidade de Barão de Grajaú na noite de ontem(09).

WhatsApp Image 2019 09 10 at 04.43.34Participantes da assembléia. (Imagem:Divulgação/Apac)

Da redação

Os familiares da senhora Francisca Martins Rodrigues, ainda consternados com o seu falecimento convidam parentes e amigos para a missa de sétimo dia em sufrágio de sua boníssima alma, que será celebrada às 17h30min do dia 10/09(terça-feira), na Igreja Matriz de São Pedro de Alcântara.

WhatsApp Image 2019 09 04 at 12.20.23 1Francisca Martins Rodrigues. (Imagem:Arquivo da família)

Os familiares comunicam ainda que a visita ao túmulo acontecerá às 08h da manhã no cemitério central São Pedro de Alcântara. A família enlutada agradece a todos que comparecerem a esse ato de fé Cristã.

 

 

Da redação

A força-tarefa da Lava Jato em São Paulo denunciou nesta segunda-feira (9) o ex-presidente Lula e um dos irmãos dele, José Ferreira da Silva, sob acusação de corrupção passiva continuada.

de4434c485929bc9a17fd106e7380b56Foto: Fábio Pozzebom/Abr

A denúncia afirma que o irmão, conhecido como Frei Chico, recebeu mesada da Odebrecht de 2003 a 2015 dentro de um pacote de vantagens indevidas oferecidas ao petista.

Segundo a acusação, o valor total chega a R$ 1,1 milhão, divididos em repasses de R$ 3.000 a R$ 5.000 ao longo do período. Também são denunciados Alexandrino Alencar, delator e ex-executivo considerado elo da Odebrecht com Lula, Emílio Odebrecht, patriarca do grupo, e Marcelo Odebrecht, ex-presidente do conglomerado empresarial.

A denúncia afirma que valores foram entregues em espécie para Chico em encontros marcados em São Paulo. O relacionamento começou, dizem os procuradores, quando o irmão de Lula foi procurado pelo grupo, nos anos 1990, como interlocutor com movimentos sindicais. Segundo os procuradores, à época uma das empresas da Odebrecht pagava a ele por consultoria sindical, em serviço efetivamente prestado.
Em 2002, ano em que Lula foi eleito presidente, o contrato foi rescindido. Mais adiante, segundo a denúncia, com a posse, começaram os pagamentos periódicos, sem que qualquer trabalho fosse prestado. A equipe da Lava Jato diz que os repasses só foram interrompidos com a prisão de Alencar, em 2015.

A denúncia, além de depoimentos dos delatores, cita informações do sistema Drousys, usado para organizar pagamentos de propina, no qual o codinome atribuído ao acusado é "Metralha".

Lula é incluído na denúncia porque, segundo a acusação, a Odebrecht optou pelos repasses para obter benefícios junto ao governo federal da época. Como contrapartida, é mencionada a articulação da empresa para evitar o retorno da Petrobras ao setor petroquímico, onde a Odebrecht atua por meio da Braskem.

Também foi incluído na denúncia um email de 2010 em que Alexandrino Alencar fala em "manter o programa do irmão do chefe".

Frei Chico é considerado o responsável por introduzir Lula no movimento sindical no ABC paulista, no anos 1970.

O ex-presidente tem negado ter recebido vantagens relatadas na delação da Odebrecht, homologada em 2017.

A defesa vem afirmando que ele tem sido alvo de perseguição judicial em processos no Paraná, São Paulo e no Distrito Federal.

Lula está preso desde abril em 2018 em Curitiba, cumprindo pena por condenação por corrupção e lavagem no caso do tríplex de Guarujá (SP).

Fonte: Folhapress

Os familiares da senhora Hilda de Jesus Oliveira, ainda consternados com o seu falecimento convidam parentes e amigos para a missa de sétimo dia em sufrágio de sua boníssima alma, que será celebrada nessa terça-feira(10) às 17h30min na Igreja Matriz São Pedro de Alcântara. A família comunica ainda que a visita ao túmulo será às 07h da manhã no cemitério central São Pedro de Alcântara.

WhatsApp Image 2019 09 09 at 18.35.14Hilda de Jesus Oliveira. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

A família enlutada agradece a todos que comparecerem a esse ato de fé Cristá.

 

Da redação

  • Cabedo
  • Rastek
  • Ada Atten
  • Blossom
  • Espeto e Cia
  • Paraiba