• Casa dos frios
  • Garoto
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Farmaduty
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Casa dos frios

A equipe do portal jc24horas esteve na Galeria dos Calçados para conferir com o empresário José Wilson Filho, mais conhecido como Mano como está o estoque para atender a clientela que se prepara para voltar às atividades escolares, visto que tanto a Galaria dos Calçados como o Avistão tem tudo que você precisa em calçados, bolsas e outros produtos, sempre com o atendimento de primeira qualidade, além dos menores preços e melhores condições de pagamento. Confira o vídeo e procure a Galeria dos Calçados e o Avistão.

f5f61fe0 68f0 4240 9778 a6b2484f5db3José Wilson Filho, o Mano. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

 

 

Da redação

 

 

Garantia de água para consumo humano, produção agrícola, dessedentação animal e para a sobrevivência de pequenos cultivos que garantem a segurança alimentar de famílias inteiras. Apenas nos últimos três anos, mais de R$ 1,2 bilhão vêm sendo executados pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em ações emergenciais que visam aliviar, para mais de 1,7 milhão de moradores de comunidades rurais do semiárido brasileiro, os efeitos da longa estiagem – já considerada a mais severa do último século.

f2cb6031f6abfa585b3567e7c99c1c12

Somente neste ano, cerca de R$ 32 milhões estão, até o momento, em execução. Os recursos são oriundos da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional e também do Orçamento Geral da União destinados à Codevasf por emendas parlamentares.

O investimento federal vem sendo aplicado em ações como ampliação ou construção de adutoras, instalação de flutuantes ou desassoreamento de canais que permitem a chegada de recursos hídricos a lavouras familiares, em perfuração e montagem de poços artesianos sedimentares ou cristalinos, em limpeza e desassoreamento de aguadas, em implantação de cisternas, barreiros, sistemas simplificados de abastecimento, kits de irrigação.

“Para auxiliar as comunidades que convivem com a seca, é necessária a compreensão de suas vulnerabilidades, as condições de vida relacionadas à situação das famílias, a fragilidade das economias locais e as alternativas para solução dos problemas”, afirma a presidente da Codevasf, Kênia Marcelino. “Esse diagnóstico possibilita o investimento de recursos, mesmo limitados, nos meios adequados de subsistência, em estratégias e planos que acabam se revelando eficazes para mitigar o problema”, acrescenta.
Em todo o país, de acordo com os dados mais recentes da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional, a população de 960 municípios demanda ações urgentes pois enfrenta situação de emergência ou calamidade pública reconhecida pelo Governo Federal. Na grande maioria, 787 municípios, o problema é a estiagem; 105 sofrem consequências geradas por chuvas fortes, e 68 enfrentam outras circunstâncias, como doenças infecciosas virais, erosão de margens fluviais, colapso em edificações.

Em todos os estados do Nordeste e de parte de Minas Gerais, o infortúnio é gerado pela seca – que deve se agravar ainda mais na região, de acordo com a Previsão Climática Sazonal do Grupo de Trabalho em Previsão Climática Sazonal (GTPCS), do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC): a tendência é que os reservatórios do Nordeste não tenham recuperação significativa durante a estação chuvosa, uma vez que as precipitações devem ficar abaixo da média histórica.

 

Fonte:cidadeverde.com

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Olavo Rebelo, informou que todas as licitações de prefeituras e outros órgãos públicos previstas para quarta-feira de cinzas merecerão uma fiscalização específica do TCE.

olavo3O presidente do Tribunal de Contas, Olavo Rebelo:de olho na folia das licitações.(Imagem:Divulgação)

O alerta do presidente do Tribunal de Contas é dirigido principalmente aos prefeitos e outros gestores que aproveitam o feriadão de carnaval para fazer licitações. O TCE vê nisso um sinal de esperteza dos gestores para tentar burlar a Lei das Licitações.

Olavo Rebelo disse que, por lei, todas as licitações devem ser publicadas no Portal da Transparência de cada município e também no site do Tribunal de Contas. Então, a fiscalização dos atos dos gestores que marcaram licitações para a quarta-feira de cinzas já começa por aí.

Em caso de tentativa de fraude nas licitações agendas para a quarta-feira de cinzas, o Tribunal vai cancelar os procedimentos e punir os gestores, se ficar comprovada a má-fé. A fiscalização das licitações será realizada pela Divisão de Acompanhamento Concomitante de Licitações e Contratos (DALC).

O conselheiro Olavo Rebelo avisou que o Tribunal de Contas repetirá o mesmo procedimento na Semana Santa, de modo a impedir eventuais fraudes e resguardar a lisura e a legalidade dos processos licitatórios.

As licitações da folia
No Mural de Licitações do TCE, está registrada para amanhã, segunda-feira de carnaval, a abertura de licitações do Hospital Regional de Campo Maior, no valor de R$ 191.036,00, em dois lotes, para aquisição de material de limpeza Mop e carrinhos de limpeza e lixeira e para aquisição de material de limpeza geral e lavanderia.

Também amanhã será aberta licitação da Prefeitura Municipal de Baixa Grande do Ribeiro para aquisição de gêneros alimentícios perecíveis e não perecíveis para a Secretaria Municipal de Saúde e Hospital Milton Reis, no valor de R$ 216.305,50.

A mesma Prefeitura abre amanhã outra licitação para aquisição de material de limpeza, cozinha e conservação também para a Secretaria de Saúde e o hospital local, no valor de R$ 402.279,00. Em outra licitação, a Prefeitura de Baixa Grande do Ribeiro abre propostas para a aquisição de carteiras escolares para escolas municipais, no valor de R$ 105.500. Ainda amanhã, a Prefeitura abre licitação para contratação de empresa para o transporte escolar de alunos e professores da rede pública, no valor de R$ 995.974,08.

Quarta-feira de cinzas
Para quarta-feira de cinzas, está registrada no Mural das Licitações do TCE a abertura de licitação para aquisição de material de expediente, higiene, limpeza, copa, cozinha, lanches e refeições destinados a atender às necessidades da Câmara Municipal de Oeiras, no valor de R$ 58.000,00.

Outra abertura de licitação na quarta-feira de cinzas será na Prefeitura de Morro do Chapéu, no valor de R$ 559.713,00, para a aquisição de combustível para uso na frota de veículos da prefeitura. Ainda na quarta-feira, haverá a abertura de licitação da Secretaria Estadual de Transportes (Setrans), no valor de R$ 473.057,02, para a contratação de empresa especializada para execução dos serviços de recuperação da estrada vicinal ligando os municípios de Hugo Napoleão e Jardim do Mulato.

Finalmente, haverá na quarta-feira de cinzas a abertura de licitação, no valor de R$ 1,00, para registro de preço para futura contratação de empresa de serviços de locação de veículos para uso do município de Uruçuí.

 

Fonte:cidadeverde.com

Das tradicionais festas de carnaval, bloquinhos de rua, as matinês destinadas às crianças, o feriado pode ser aproveitado com os pequenos de várias formas. Entretanto, os pais devem se atentar a saúde das crianças nesse período que a rotina fica alterada. É importante manter a atenção na criançada, pois nesses períodos de folga pode-se relaxar mais do que deveria na vigilância.

Veja algumas dicas simples de como a família pode aproveitar as festas com tranquilidade sem tirar atenção da criançada:

1. Cuidado com a queda das crianças

66771a7b0687d6a1d24f3f4286aa2c95Cinco dicas de saúde para as crianças durante o carnaval.(Imagem:Divulgação)

A cabeça da criança corresponde a 25% do seu peso total, enquanto no adulto a porcentagem é de 6%. Por isso, as crianças têm tendência a se desequilibrar fácil. Se atente e mantenha a mão da criança com a sua. Se for assistir algum bloco ou desfile de sacadas o cuidado tem que ser redobrado.

2. Leve frutas e muito líquido ( bolsas térmicas são ótimas)

Se você vai aproveitar o carnaval fora de casa, pode ser praças, museus, ou blocos de rua tenha sempre um lanche saudável para dar aos pequenos. Vale lanches naturais,frutas, sucos e muita água. Nesse período a temperatura tende a ser elevada e a desidratação é algo recorrente nas crianças e adultos.

3. Carnaval em casa: cuidado com os ambientes

Vale confeccionar máscaras, cozinhar e brincar na residência, mas lembre-se crianças brincam com outras crianças e nesse período o resfriado e gripe é algo comum nessa faixa etária. Tenha sempre um esterilizador em casa para evitar doenças e alergias respiratórias. E mantenha os tapetes e cortinas limpos. Se for cozinhar com os pequenos, cuidado com o fogão e itens cortantes.

4. Protetor solar: lambuze os pequenos

Independente se o seu intuito no feriado seja ficar na cidade grande ou ir para o litoral passe protetor solar nas crianças. A exposição ao sol denigre a pele e pode acarretar muitas doenças. O ideal, se for sair com os filhos nos bloquinhos de rua, praças ou praia, é renovar o bloqueador a cada 3 horas.

5. Fantasia: cuidado com os itens cortantes

Toda criança gosta e quer ter uma fantasia bonita e colorida. E é muito válido colocar os filhos para ajudar na confecção da própria roupa. A atividade desperta itens cognitivos e a curiosidade. Porém, cuidado com lantejoulas que podem ser engolidas facilmente pelos pequenos, itens pontiagudos e atente-se as tintas que devem ser apropriadas para as crianças.

 

Fonte:cidade.verde.com

  • Ada Atten
  • Cabedo
  • Rastek
  • Paraiba
  • Espeto e Cia