Luiza Brunet perdeu o processo que movia contra seu ex, Lirio Parisotto, na 4ª Vara de Família e Sucessões de São Paulo. A modelo pedia R$ 100 milhões, pois, segundo a própria, os dois viveram por cinco anos como marido e mulher.

9b939a9163b17eec7c0e84ab3273e8c6Luiza Brunet ainda terá que pagar os custos processuais.(Fonte: AgNews)

Segundo colunista Leo Dias, o juiz Leonardo Aigner Ribeiro definiu que a famosa, além de não ter direito ao valor, terá que pagar os custos processuais. Que seria algo em torno de R$ 1 milhão.

Luiza, para quem não sabe, também acusou o ex de agressão em 2016. A bela afirma que durante uma viagem aos estados Unidos, o bilionário teria quebrado suas costelas.

Em junho de 2017, Lirio foi condenado pela Justiça a um ano de detenção em regime semiaberto, porém, usou as redes sociais na época para afirmar que recorreria.

Fonte: Famosidades

A Globo teve que cancelar parte de sua programação por causa da greve dos caminhoneiros. Todos os produtos que não estão no ar atualmente tiveram suas gravações canceladas.

45ac571491a492bfcdb9a0802ac7b19bProgramação da Globo foi afetada pela greve dos caminhoneiros.(Fonte: Divulgação/TV Globo)

Segundo colunista Leo Dias, as cenas de “O Tempo não Para” - próxima novela das 19h do canal, que estreia no início de agosto - foram suspensas.

Várias cenas de “Segundo Sol” – trama das 21h da emissora - também não foram feitas na última segunda-feira (29). Mas devido à frente que a novela tem, isso não afetará a exibição na TV.

Vale destacar que o prejuízo também atingiu o Multishow. “Prazer Pabllo Vittar” não teve plateia e então os funcionários foram liberados para fazerem figuração na atração.

Fonte: Famosidades

A Maria das Graças Neiva foi a proprietária de um dos inúmeros quiosques localizados na Prala Coronel Borges que tiveram que deixar o local por conta de mudanças promovidas pela Prefeitura Municipal de Floriano. Sem perder o bom humor que lhe característico, Gracinha, como é mais conhecida, agora tem os seus produtos a venda no Mercado do Cruzeiro e pra não perder tempo, vai a qualquer lugar que tenha fregues querendo os seus produtos. Nossa reportagem conversou com a feliz empreendedora na calçada da Caixa Econômica Federal. "Eu não desisto nunca do nosso Brasil". Disse a nossa entrevistada toda caracterizada de verde e amarelo.

WhatsApp Image 2018 05 29 at 09.24.22Graça Neiva. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

Da redação 

  • Ada Atten
  • Cabedo
  • Blossom
  • Paraiba
  • Espeto e Cia