• Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Paraiba
  • Oticas Floriano
  • Garoto
  • Paraiba
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) investiu, em 2023, mais de R$ 186 milhões na execução de obras, aquisição de máquinas e implementação de ações em 167 municípios piauienses. Oriundos do Orçamento Geral da União, os recursos beneficiaram prefeituras e associações distribuídas nos 12 territórios do estado.

a540ce4ce738d67ddc21e49e5f79d4fd

Por meio da Superintendência Regional da Codevasf no Piauí, diversas comunidades foram contempladas com perfuração de poços tubulares; kits de irrigação; máquinas e equipamentos agrícolas, como tratores, retroescavadeira, grades aradoras e carretas agrícolas; caminhões compactadores e de carrocerias; casas de farinha móvel; unidades para extração de mel; além de iniciativas em ovinocultura, apicultura, piscicultura, dentre outras.Atividade produtiva que mais recebeu apoio desde a instalação da Companhia no Piauí, em 2001, a apicultura tem trazido bons frutos às famílias que vivem do mel e contribuído para manter o estado como um dos maiores produtores do país. No ano passado, a empresa pública federal concluiu a destinação de 10 mil caixas de abelhas que, em plena atividade, representam um aporte de, no mínimo, 200 toneladas para ofertar ao mercado, bem como casas de mel em containers equipadas, estruturas que oferecem melhores condições higiênico-sanitárias em comparação aos moldes convencionais.

Equipamentos agrícolasJá com o foco em potencializar a capacidade produtiva das comunidades rurais, a Companhia investiu quase R$ 25 milhões na entrega de patrulhas agrícolas a 98 municípios piauienses. Esses tratores e implementos básicos contribuíram na preparação mecanizada da terra para o período chuvoso em propriedades que até então utilizavam ferramentas rudimentares. O avanço nas técnicas de plantio e colheita refletiu no aumento da renda dos trabalhadores, maior competitividade no mercado interno e diversidade de culturas.Mais que estruturação das atividades produtivas, mecanização na zona rural, melhorias no transporte de resíduos sólidos nos municípios e escoamento da produção, a atuação da Codevasf abrange também projetos de infraestrutura, saneamento básico e mobilidade urbana, como adutoras, barragens, cisternas, sistemas de abastecimento de água, pavimentações e proteção de nascentes.

Duas destas obras, as adutoras de Dirceu Arcoverde e de Vila Nova, já foram concluídas. Com o investimento de R$ 6,6 milhões, as estruturas atendem juntas uma população de quase 5 mil habitantes distribuídos nos territórios Serra da Capivara e Vale do Rio Guaribas. Outras adutoras estão em execução nas cidades de São Raimundo Nonato, Curimatá e Buriti dos Lopes.O superintendente da 7ª Regional no Piauí, Marcelo Castro Filho, destaca a importância da Codevasf como fomentadora do desenvolvimento e parceira dos municípios. “Somos uma companhia que atua em diversas frentes e, no ano passado, mostrou a competência do seu corpo técnico, capacidade de planejamento, gestão financeira e execução de obras que impactam direta e indiretamente na vida de milhares de famílias piauienses, sempre atenta à responsabilidade socioambiental”, disse

Ccom

  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Espeto e Cia