• Paraiba
  • Garoto
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Paraiba
  • Oticas Floriano

Por Paula Sampaio

Foi assinado nesta segunda-feira (10), o termo de cooperação entre o Governo do Estado e 50 municípios, envolvendo 50 milhões de dólares, para o combate a desnutrição infantil no estado. A iniciativa é uma reação a um dado ainda alarmante e que afeta o Índice Desenvolvimento (IDH) no Piauí: pelo menos 13 mil crianças ainda estão em situação de má alimentação na idade de 0 a seis anos.

92db9ef7b1f13ef8eda94a7e189499a7

A ação faz parte do Programa de Enfrentamento à Desnutrição Infantil e de Fortalecimento da Proteção Social e está sendo coordenada Sasc, Semplan e Sesapi. Segundo a secretária Regina Sousa (PT), os recursos são do Banco Municipal no valor de 50 milhões dólares (o total de R$ 268 milhões em real) para aplicação em cinco anos.

“Nós estamos fazendo um trabalho no projeto com o Banco Mundial e um dos itens é a questão da mortalidade infantil e materna. Então, é um trabalho que já tem muitos dados, mas, agora tem o enfrentamento a isso para fazer diminuir esse índice de mortalidade que ainda acontece em alguns municípios e ela é que puxa o IDH [Índice de Desenvolvimento] para baixo”, declarou.

Regina Sousa pontuou como a fome afeta saúde de família e explicou que outra frente de atuação acontece através da Secretaria de Agricultura Familiar (SAF). “As crianças de até dois anos morrem de desnutrição porque a mãe não tem leite no peito e nem recebe nenhum outro componente alimentar. Então, a gente já está trabalhando, por exemplo, com a SAF e a questão do leite. Vamos começar a entregar agora dia 17 a entrega do leite pasteurizado”, contou.
A secretária pontuou esperar que mais municípios venham a aderir ao programa, uma vez que os 50 municípios só abrangem 3 mil das 13 mil que vivem em situação de desnutrição no Piauí.

Ainda na solenidade, o governador Rafael Fonteles (PT) entregará certificados de créditos a 51 entidades selecionadas pelo Sistema Estadual de Incentivo à Inclusão e Proteção Social (SEIPS), que distribuirá R$ 8 milhões. As entidades podem receber até R$ 180.800,00 para desenvolver projetos de promoção e inclusão social. Os valores são oriundos de renúncia fiscal e contemplam despesas de custeio, aquisição de bens, reformas e construção.

Confira aqui os municípios que aderiram ao plano:

Entre Rios 13 Municipios

Água Branca
Curralinhos
Hugo Napoleão
Miguel Leão
Olho d’Agua do Piaui
Palmerais
Passagem Franca
Teresina
Pau d”Arco
Lagoa Alegre
Miguel Alves
Santo Antonio dos Milagres
Lagoa do Piauí

Vale do Sambito

Arroazes
Novo Oriente do Piaui
Barra D´` Alcantara
Elesbão Veloso
Pimenteiras

Vale do Rio Canindé

Bela Vista do Piauí
Santa Rosa do Piauí

Vale do Rio Guaribas

Itainopólis
Sussuapara
Monsenhor Hipólito
Alagoinha do Piauí
Carnaúbais 2 Municipios
Assunção do Piauí
Jatobá do Piauí

Cocais

Barras
Brasileira
Joca Marques
Piripiri
Pedro II

Piauí e Itaueira

Arraial do Piauí
Bertolinia
Flores do Piauí
Manoel Emídio
Nazaré do Piauí
Tamboril

Chapada das Mangabeiras

Corrente
Cristalândia
Redenção do Gurgueia
Julio Borges
Monte Alegre
Riacho Frio
Parnaguá

Serra da Capivara

Caracol
Pedro Laurentino
São Lourenço

Vale do Itaim

Queimada Nova
Acauã
Alto Parnaíba 1 municipio
Sebastião Leal

 

Fonte:cidadeverde.com

  • Ada Atten
  • Cabedo
  • Espeto e Cia