O vereador Enzo Samuel se filiou ao PDT. O acerto com o novo partido ocorreu nos últimos minutos da janela partidária.

enzo17Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

Enzo deixou o PCdoB após anos na militância do partido. Ele saiu da sigla após o partido decidir apoiar o nome do deputado Fábio Novo para prefeito.

Enzo mantém o apoio ao prefeito Firmino Filho ( PSDB).

 

Fonte:cidadeverde.com

Chegou ao fim a janela partidária, que permitia aos vereadores mudarem de partido, para disputarem a eleição de outubro, sem o risco de perder os mandatos. Nos momentos finais do prazo, o vereador Zé Filho deixou o Avante e se filiou ao PSL.

zé filhoFoto: RobertaAline/CidadeVerde.com

No novo partido, ele irá formar chapa proporcional com Luis André, Ricardo Bandeira, Sérgio Bandeira, Teresinha Medeiros e Nilson Cavalcante. A legenda espera eleger pelo menos três parlamentares no pleito de outubro.

 

Fonte:cidadeverde.com

Devido a inúmeras dificuldades em articular um partido que desse sustentação a sua candidatura à prefeito de Floriano, o ex-vereador Carlos Antônio desistiu de sua pré-candidatura e resolveu apoiar o pré-candidato ao cargo Vereador Maurício Bezerra. Junto com o líder Carlos Antônio segue o seu filho Vereador Dessim Almeida.

WhatsApp Image 2020 02 05 at 18.39.15Irmão Carlos Antônio. (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

Nossa reportagem conversou com Carlos Antônio por telefone. No primeiro momento ele disse que não concederia entrevista mas em breve conversaria com a reportagem do jc24horas. 

 

Da redação

O presidente estadual do PT, deputado Assis Carvalho, afirma que para o partido, a prorrogação do prazo de filiações partidárias seria irrelevante. Para ele, o PT tem uma cultura interna diferente quando o assunto é formar lideranças, a legenda faria a formação de líderes e “não precisa correr atrás de prefeitos”.A declaração de Assis se deve a Ação de Direta de Inconstitucionalidade (ADI) do Progressistas, que pede a suspensão, por 30 dias, do prazo de filiações.

 assis34Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

“O PT tem uma forma diferente de tratar de filiações. Não precisamos correr atrás de prefeitos para inchar o partido. O PT tem uma forma diferente de trabalhar. Essa questão das filiações não interferem no nosso partido, como ocorre com os outros partidos”, destacou.

O Progressistas é o partido que mais tem conseguido filiações, no Piauí, nas eleições deste ano. A legenda comemorou a marca de ter atingido o número de 90 gestores municipais e quer mais tempo para filiações.

Assis voltou a se manifestar contra a Proposta de Emenda das Constituição (PEC), que pede o cancelamento das eleições 2020, com a prorrogação dos mandatos de prefeitos e vereadores até 2022.

“O PT já afirmou que não vai se manifestar quanto a isso. O partido considera que o momento é inoportuno. Porém, a minha opinião, é que não pode se prorrogar mandatos sem combinar com o povo. Eu sou totalmente contra essa proposta”, afirma.

 

Fonte:cidadeverde.com

  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Espeto e Cia
  • Paraiba
  • Blossom