• Jorge
  • chopp sabora
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Paraiba
  • Construforte
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Paraiba
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Oticas Floriano
  • Construforte
  • Jorge
  • Posto Aliança
  • chopp sabora

A deputada Margarete Coelho (Progressistas) afirmou nesta segunda-feira (30) que estão acima do esperado pela oposição as adesões de lideranças no interior do estado às pré-candidaturas de Joel Rodrigues (Progressistas) e Silvio Mendes (União Brasil)

a44e5403cae18e7b86b996b78a2ac696Foto: Renato Andrade/ Cidade Verde

"As adesões estão acima do esperado pela oposição, não só a questão da adesão das lideranças, mas também também da adesão popular. Estive em sete municípios e apenas dois não estão fechado, situação e oposição, com nossos pré-candidatos Silvio Mendes e Joel Rodrigues”, declarou.

Pré-candidata a reeleição, Margarete Coelho cumpriu agende neste final de semana em cidades com Currais, Santa Luz, Bom Jesus e Oeiras.

 

Fonte:cidadeverde.com

O grupo político liderado pelo ministro chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, anuncia adesão de liderança importante do estado ao pré-candidato a senador, Joel Rodrigues. Em Teresina, os aliados do grupo avaliam que o nome deve ser do presidente da Câmara de Vereadores, Jeová Alencar. O apoio do vice-prefeito Robert Rios também é esperado pelo grupo.

2a7cd4fc57fe51d73b74a1a677a12c2aFoto: Arquivo/Cidadeverde.com

Eles acreditam que com Jeová na campanha de Silvio Mendes ao governo do estado, vereadores que já anunciaram apoio ao petista Rafael Fonteles, podem mudar de lado acompanhando Jeová. A questão é que Jeová faz parte do grupo político do prefeito Dr. Pessoa.

Jeová é filiado ao Republicanos e será candidato a deputado estadual. Porém, o grupo de Ciro e Silvio aposta que o Republicanos não sairá unido e poderá liberar as lideranças. Ciro conversou com o prefeito Dr. Pessoa em Brasília, e reforçou o convite para união de forças. A expectativa é que o apoio de Jeová possa ser anunciado amanhã como a grande adesão a Joel Rodrigues.

Porém, nem Jeová e nem Ciro confirmam até o momento. Ao ser questionado pela coluna, o ministro Ciro fez ministério. "Segredo total", disse.

Fonte: cidadeverde.com

O pré-candidato Wellington Dias (PT) afirmou nesta sexta-feira (27) que vai anunciar o nome que será indicado para a segunda suplência de senador nos próximos 15 dias. O anúncio estava previsto para ocorrer no final deste mês, mas foi adiado. O nome será indicado pelo Solidariedade, presidido pelo deputado Evaldo Gomes.

350b73b36ff253306e4d949c14f8c3aaFoto: Arquivo Cidade Verde

Wellington Dias explicou que o adiamento se deu por conta de agendas de votações no Congresso Nacional e Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi).

O ex-governador acrescentou que o objetivo é reunir os partidos que compõem a base governista para acertar a definição.

“Teríamos uma agenda que terminou sendo adiada em razão de agendas e votações no Congresso Nacional e votações na Assembleia Legislativa. Mas, eu acredito que é provável que nos próximo 15 dias a gente tenha essa agenda com os partidos e nela a gente tenha essa definição”, disse.

Os nomes apresentados pelo Solidariedade para a segunda suplência são os vereador Daniel Jackson, o ex-vereador Caio Bucar e o ex-vereador Edvan Silva.

As ex-governador foram dadas durante solenidade na qual recebeu honraria de amigo do 25º Batalhão de Caçadores do Piauí.

Fonte: cidadeverde.com

O ex-governador Wilson Martins (PT) e pré-candidato a deputado federal fez projeções de como será o desempenho da federação PT, PV e PCdoB nas eleições de outubro para a Câmara Federal. Para o ex-governador, há a possibilidade de até 5 candidatos serem eleitos.

60bec76052d0de8ba7c1e864a3c70fd0Foto: Renato Andrade

“Vamos eleger a maioria dos deputados federais. Não posso garantir, mas acho que vamos eleger em torno de 4 a 5 pela federação”, afirmou em entrevista à TV Cidade Verde.

Martins aposta em um coeficiente eleitoral de 180 mil votos. “Temos uma chapa muito mais forte, com número de candidatos maior. Seguramente vamos ter o maior número de votos para a chapa proporcional”, declarou, ressaltando a tradição de o PT ser bem votado na legenda.

“Sempre no Piauí o PT teve uma quantidade enorme de voto de legenda em relação aos outros”, afirmou.

Fonte:cidadeverde.com