O ex-prefeito de Teresina, Sílvio Mendes, confirmou nesta terça-feira (10) que se ofereceu para ser o candidato a vice na chapa do PSDB à prefeitura de Teresina. Sílvio está sem legenda e ainda não definiu seu destino partidário.

c14352ddba900fc7a989957a611c972eFoto: Yasmim Cunha

"Surgiu uma história que eu seria o candidato a vice. Posso ser. Eu aceito e me ofereci. Me ofereci para importância que Teresina tem pra mim e por acreditar numa candidatura que represente a forma de cuidar da cidade que a prefeitura tem. Eu acredito nisso, pelos resultados", afirmou em entrevista à TV Cidade Verde.

O ex-prefeito disse ainda que, provavelmente, o candidato de Firmino será mesmo Kléber Montezuma e que não há possibilidade de ele sendo escolhido, desistir depois. "Seria muita cretinice você afunilar uma pesquisa qualitativa. Eu não me oferecia para ser (vice) de qualquer candidato, mas me ofereci para o Charles, para o Kleber. Tudo indica que o candidato deverá ser o Kléber. O Kléber desistir é impossível. Só se ele morrer", declarou.

Silvio revelou que falou sobre a possibilidade de ser vice apenas para o prefeito Firmino Filho e ressaltou que confia em Kléber Montezuma.

"Dependendo do candidato eu estou disponível. Fazer uma campanha exaure mentalmente. Confio no Kléber. Nem casa para morar ele tem. Eu disse isso só para o Firmino. Eu disse que posso ajudar dessa forma (sendo vice)", declarou.

 

Fonte:cidadeverde.com

O Progressistas realiza nesta segunda-feira (09) um festival de filiações de Teresina. O partido deve receber nomes como a líder do prefeito Firmino Filho (PSDB) na Câmara de Teresina, vereadora Graça Amorim, além dos vereadores Valdemir Virgino (PRP) e Pedro Fernandes (PRP).

917c24448b425bf3730bca2d6ae9a56b3Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

A meta da legenda é fazer uma bancada com, pelo menos, cinco vereadores no pleito de outubro. Com a abertura da janela de transferência política, os pré-candidatos têm até o dia 03 de abril para trocar de partido.

 

Fonte:cidadeverde.com

Com filiação agendada para o MDB, o vereador e presidente da Câmara Municipal de Teresina disse nesta quinta-feira (5) que sua filiação na sigla é "caminho natural" é independe da permanência de Luiz Lobão.

be715d45370f228f3a07b1d31db245e38 1Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

"A permanência ou saída do Lobão no MDB não é critério algum para eu ir para o MDB. O MDB é um caminho natural. Nós somos ligados ao presidente Themístocles e nosso caminho natural é o MDB", afirmou.

Com desgaste por conta da proximidade ao prefeito Firmino Filho diante das eleições municipais, Luiz Lobão ganhou estranheza de líderes do partido que já trabalham pela candidatura de Dr. Pessoa.

Jeová, por sua vez, defende um entendimento para a permanência de Lobão no partido.

"O Lobão é um bom quadro para as trincheiras de qualquer partido nas eleições de 2020", avalia Jeová Alencar.

O deputado Themístocles Filho chegou a negar que haja acordo sobre a permanência de Lobão na sigla. Mesmo apoiando a permanência de Luís Lobão, o vereador Jeová Alencar garante que sua relação com o presidente da Alepi não se desgasta por conta desse apoio.

 

Fonte:cidadeverde.com

O movimento na base aliada ao prefeito Firmino Filho já começou. Silvio Mendes aceita. Só muda a filiação: para ser vice de Montezuma, o caminho de Silvio Mendes seria o Progressistas, partido que já abrigou o ex-prefeito. Sobre a possível filiação, o deputado estadual Júlio Arcoverde se manifesta: “Seria um sonho receber de volta o dr. Silvio no Progressistas.”

silvio12Foto: Cidadeverde.com

 

Fonte:cidadeverde.com

  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Paraiba
  • Espeto e Cia
  • Blossom