• Garoto
  • Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Casa dos frios
  • Casa dos frios
  • Farmaduty
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Oticas Floriano

O senador Elmano Férrer (Pode) e o ex-senador João Vicente Claudino participaram nesse sábado, dia 20, da inauguração de calçamento na cidade de Água Branca.

dde8ab54ef45256a684ba6240c16ca83Foto: Ascom

“Aqui antigamente era muito buraco, lama, poeira. No tempo da dengue, muita gente doente. Agora é só felicidade. Ficou ótima. A comunidade está muito contente. Nós esperávamos há 28 anos essa obra aqui no bairro Bulungão”, contou Rosildo de Sousa, morador do bairro.

O senador Elmano Férrer destinou recursos para o calçamento e para saúde do município. “Ficamos felizes em poder ver os resultados da destinação dos recursos para os municípios. Já conseguimos contemplar mais de 200 cidades nesses quatro anos que passaram de mandatos. Comprometo-me a continuar trabalhando e corresponder à confiança do povo. Já é a terceira emenda que destinamos para Água Branca. Sei o quanto representa uma obra simples dessa como de calçamento. É saúde. No inverno é lama e no verão é poeira”, afirmou o parlamentar.

O ex-senador João Vicente Claudino falou sobre a importância da obra para a saúde dos moradores da região. “Aqui se inaugura uma obra que se transforma um bairro. Não é só o melhoramento urbano do bairro. É também uma obra de saúde. Quando você urbaniza um bairro, que tira poeira e coloca um calçamento, você dá qualidade de vida. As pessoas ficam menos expostas a algumas enfermidades”, ressaltou.

O prefeito Jonas Moura agradeceu a atenção dada ao município pelo senador Elmano Férrer. “Estamos felizes aqui na entrega desse benefício para o bairro Bulungão. Sensibilidade muito grande do senador Elmano Férrer. Não só pela obra em si, mas pela atenção dada a nós e nossa cidade. Aqui temos o resultado. Sempre buscamos melhorar a vida das pessoas, também não ficamos presos a questões partidárias”, disse.

Após a inauguração, o senador Elmano Férrer e João Vicente visitaram o Hospital Dirceu Mendes Arcoverde, que passou por ampliação recentemente. Elmano destinou R$ 650.000,00 para aquisição de equipamentos e para custeio da saúde.

 

Fonte:cidadeverde.com

Numa solenidade bastante concorrida que aconteceu na manhã de ontem(20) no plenário da Câmara Municipal de Floriano e que contou com a participação de várias lideranças políticas locais e estaduais, o Professor Gilmar Duarte assumiu a presidência do PRB (Partido Republicano Brasileiro). Prestigiaram esse momento importante na vida do ex-vereador o Presidente do PRB regional Gessivaldo Isaias, o suplente de deputado federal Silas Freire, vários presidentes de partidos e lideranças políticas de Floriano.

WhatsApp Image 2019 07 21 at 03.59.02Gilmar Duarte assume a presidência do PRB (Imagem:Temístocles Filho/jc24horas)

Antes dos pronunciamentos dos integrantes da mesa de honra, aconteceu  abertura da solenidade com o Hino Nacional. Nossa reportagem registrou esse momento que você confere no vídeo abaixo.

Da redação 

Numa solenidade marcada para as 09h da manhã de sábado, no plenário da Câmara Municipal de Floriano, o Professor Gilmar Pereira Duarte assume a presidência do PRB(Partido Republicano Brasileiro) na cidade de Floriano. Confirmaram presença ao evento o Presidente Regional Gessivaldo Isaias, o ex-deputado federal Silas Freire, dentre outras autoridades.

WhatsApp Image 2019 07 20 at 08.46.32Matheus Carvalho. (Imagem:Reprodução/jc24horas)

Nosa reportagem entrevistou o tesoureiro do diretório do PRB em Floriano Matheus Carvalho, que falou da importância desse ato para o cenário político florianense. Nosso entrevistado disse que o PRB em Floriano não será uym partido que vai existir apenas em época de campanha. Confira o que diz Matheus Carvalho.

Da redação

O deputado federal Flávio Nogueira e mais sete deputados do PDT são alvo de processo de suspensão da comissão de ética nacional do partido após contrariarem a sigla e votarem a favor da reforma da Previdência, no primeiro turno, na Câmara.

33a14fe84edbf3ecd9cd31991c1c713eFoto: arquivo Cidadeverde.com

A decisão do PDT estabelece que os oito deputados estão com suas atividades partidárias suspensas até a deliberação do diretório. Ou seja, nos próximos meses, esses parlamentares não podem usar o partido e perdem as funções que têm por causa da legenda.

Em entrevista ao Cidadeverde.com, o deputado disse que já esperava a decisão e que votará à favor da reforma da Previdência no segundo turno da votação na Câmara. “Eu repito, não me arrependo, votei e farei tudo novamente. Estou com consciência tranquila e não vou trair meu povo”.

O deputado Flávio Nogueira disse ainda que seu voto se baseou em apoios de prefeitos e entidades civis. “Essa reforma não é para os servidores, mas para os desempregados. A economia vai soerguer e essa reforma é necessária”.

Ele ressalta que essa reforma não é do presidente Bolsonaro e foi modificada na Câmara.

Com a suspensão do partido, o parlamentar brinca que está se sentindo no colegial. “Voltei ao tempo do ginásio, fui suspenso. Vou manter minha decisão e no segundo turno vou votar a favor da reforma”, reafirmou o parlamentar.

PDT Nacional

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, disse esperar que os oito deputados mudem de posição no segundo turno da votação da reforma na Câmara, em agosto.

"Os oito parlamentares estão com suas atividades partidárias, de representação na Câmara suspensas. Nenhum desses oito pode falar em nome do partido, ter função em nome do partido, pode participar da direção do partido até a decisão final do diretório nacional", disse Carlos Lupi.

Pelo estatuto da legenda, as punições variam desde uma advertência até a expulsão. A comissão tem 45 dias para elaborar um parecer consultivo e a decisão cabe ao diretório nacional, que só deve ser convocado entre setembro e outubro.

"Como o processo não está esgotado, tem o segundo turno, e acreditamos que o ser humano é o único ser vivo capaz de evoluir, quem sabe alguns evoluem, ouvem o que está se fazendo de maldade com a base da sociedade que ganha até R$ 2.500 e voltem atrás e votem com o partido", disse Lupi.

Votação

No dia da votação, 8 dos 27 deputados presentes votaram a favor da reforma: Tabata, Alex Santana (BA), Subtenente Gonzaga (MG), Silvia Cristina (RO), Marlon Santos (RS), Jesus Sérgio (AC), Gil Cutrim (MA) e Flávio Nogueira.

 

Fonte:cidadeverde.com

  • Ada Atten
  • Rastek
  • Cabedo
  • Paraiba
  • Espeto e Cia