• Dario PAX
  • Farmaduty
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Oticas Floriano
  • Garoto
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Posto Aliança

Com o objetivo de testar de forma mais detalhada os sistemas das urnas eletrônicas e os procedimentos técnicos adotados durante as eleições municipais, o TRE – PI (Tribunal Regional Eleitoral) vai realizar uma simulação na cidade de Nazária, a 30 km de Teresina.

b316d915172fb29589e569abffc82e12Nazária terá simulação de eleições para teste de urnas.(Imagem:Divulgação)

Para realizar o teste, foi escolhida a seção 328, da 97ª Zona Eleitoral, que funciona na Escola Municipal Crispim, localizada na zona rural do município. Todos os eleitores deste foram convocados para votarem e os candidatos são fictícios.

As Eleições 2016 para prefeitos, vice-prefeitos e vereadores dos municípios ocorrem no dia 2 de outubro, em primeiro turno, e no dia 30 de outubro, quando houver segundo turno (nas eleições municipais, apenas cidades com mais de 200 mil eleitores podem ter segundo turno).

Desmembrada de Teresina em 1993, Nazária é o município mais novo do Piauí. Com uma população de pouco mais de 8 mil habitantes, possui uma grande disparidade entre a moradores e a quantidade de eleitores, que chega a 10 mil, tendo em vista que muitos residem na capital.

 

Fonte:cidadeverde.com

A Justiça Eleitoral deferiu pedido de liminar da coligação encabeçada por Amadeu Campos e determinou que todas as postagens na internet que contenham imagens da banda Xenhenhém, durante a Convenção que homologou a candidatura de Firmino Filho (PSDB), sejam retiradas no prazo de 24 horas. A determinação ocorreu após ação protocolada pelo PTB alegando abuso de poder econômico do atual prefeito. A decisão do juiz Carlos Augusto da 1° Zona Eleitoral é desta sexta-feira (05).
prefeito firmino filhoPrefeito Firmino Filho. (Imagem:Dias/GP1)
De acordo com a liminar, a Justiça é clara quanto à propaganda destinada à Convenção partidária, que deve ser voltada necessariamente aos convencionais, não podendo extrapolar para os eleitores em geral. O PTB alega ainda que Firmino descumpriu a legislação quando transformou a Convenção em ato público, convidando eleitores e contratando a apresentação musical.
O advogado Wildson Sousa, assessor jurídico do PTB explicou que a representação feita pelo partido tem duas alegações: a contratação da banda de forró e a divulgação de vídeos ao vivo da convenção, através do Facebook. O documento pede que o Tribunal aplique multa aos responsáveis pelo evento. “A representação leva o viés para a divulgação da convenção online, para quem não estivesse na convenção estava assistindo o discurso do Firmino; e a utilização da banda como forma de atrair pessoas para dentro da convenção, pessoas que não são filiadas, que não estão lá para distinguir o discurso, foram lá para assistir o show, esses são os principais argumentos ”, relatou.

A representação também pede o deferimento do pedido de cassação do registro de candidatura que será feito pelos candidatos. “Quando a coligação for formada, quando houver o pedido de registro, vai ser utilizado o viés do abuso de poder econômico. A gente pediu pela retirada das ilegalidades e depois vamos para abuso de poder econômico, pois houve esse abuso a partir do momento em que se contratou uma banda. Se isso foi feito pelo PSDB, pra gente não interessa, o que interessa é quem se privilegiou do abuso, que foi o Firmino Filho e o respectivo vice”, explicou o advogado.

O jurista entende que a concessão da liminar demostra uma sensibilidade do Judiciário em relação ao descumprimento da Lei Eleitoral. “A gente acredita que o deferimento da liminar comprova que houve um desrespeito à Lei Eleitoral. A gente compreende que esse primeiro passo é uma demonstração de que as coisas não estão tão corretas como o Firmino disse que estavam”, concluiu.

 

Fonte:GP1

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, candidato à reeleição, afirmou nesta quinta-feira (4) que se os adversários resolverem judicializar a apresentação da banda Xenheném durante a convenção do PSDB no último dia 30, vai responder a todas as dúvidas também na Justiça.

622d388e2fc62e09978fbf8ddd17b9f1Se resolverem judicializar, vamos tirar as dúvidas, diz Firmino.(Imagem:Divulgação)

Segundo o tucano, não há razão para polêmicas, já que se trata de um ato partidário. "A rigor nós não temos ato de campanha. É um ato partidário. Entendemos que há base jurídica para a realização da convenção e todos os seus atos", declarou em entrevista ao Jornal do Piauí

"Se alguém discorda, vamos tirar as dúvidas. Não é um ato de campanha propriamente dito, a convenção é um ato interno, é financiada pelo partido. Entendemos que não há motivo para isso, mas se resolverem judicializar nós vamos dirimir as dúvidas na justiça", acrescentou.

Polêmicas de lado, Firmino disse já está trabalhando no planejamento de sua campanha eleitoral. "Nós já estamos na parte de planejamento da campanha. Estamos trabalhando o planejamento dos eventos, estamos fazendo o plano operacional para esta reta final que começa em agosto. Queremos uma campanha bonita, de prestação de conta, pra cima e que respeite as boas tradições da cidade de Teresina", disse.

Ainda de acordo com o candidato, o momento é de prestar contas do que fez nos últimos 4 anos. " É hora de prestar contas do que fizemos. Prefeito tem que acordar cedo, vestir a camisa da cidade, arregaçar as mangas e suar a camisa", destacou.

Aliados

Outro problema superado, segundo o tucano, foi a formação da super aliança que reúne 20 partidos. "Tivemos algumas dificuldades no diálogo final, mas são todos os partidos que deram sustentação à nossa base", concluiu.

 

fonte:cidadeverde.com

O deputado federal Heráclito Fortes (PSB-PI) está mais uma vez na lista dos “100 Cabeças do Congresso”, levantamento realizado anualmente pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) que relaciona os parlamentares mais influentes do Poder Legislativo. Os “Cabeças” do Congresso Nacional representam, na definição do DIAP, aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de qualidades e habilidades, como a capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações, liderando sua repercussão e tomada de decisão. A série “Os Cabeças” está em sua 23ª edição.

507c184ee9b730f1e72091e4d6d88c90Heráclito Fortes está entre os 100 mais influentes do Congresso.(Imagem:Divulgação)

Heráclito foi o único deputado piauiense citado pela publicação, sendo esta a 13ª vez que o deputado Heráclito Fortes figura na lista do Diap. O deputado é citado pelo órgão como merecedor de estar entre os mais influentes por suas qualidades como debatedor e articulador. Para o Diap, o “debatedor” está sempre atento aos acontecimentos, possui grande senso de oportunidade e capacidade de repercutir, seja no plenário ou na imprensa, os fatos políticos gerados dentro ou fora do Congresso. “São, por essência, parlamentares extrovertidos, que procuram ocupar espaços e explorar os assuntos que possam ser notícia. Conhecedores das regras regimentais, que regem as sessões e o funcionamento das Casas do Congresso, exercem real influência nos debates e na definição da agenda prioritária”, afirma o Diap.

Dos 100 parlamentares que comandam o processo decisório no Congresso, 62 são deputados e 38 são senadores. Entre outros atributos que caracterizam um protagonista do processo legislativo, vale destacar ainda a capacidade de negociações, votações, articulações e formulações, seja pelo saber, senso de oportunidade, eficiência na leitura da realidade, que é dinâmica, e, principalmente, facilidade para conceber ideias, constituir posições, elaborar propostas e projetá-las para o centro do debate, liderando sua repercussão e tomada de decisão. Enfim, é o parlamentar que,
isoladamente ou em conjunto com outras forças, é capaz de criar seu papel e o contexto para desempenhá-lo. A pesquisa inclui apenas os parlamentares que estavam no efetivo exercício do mandato no período de avaliação, correspondente ao período de fevereiro a julho de 2016.

Além dos “100 Cabeças”, desde a sétima edição da série, o DIAP divulga levantamento, incluindo na publicação um anexo com outros parlamentares que, mesmo não fazendo parte do grupo dos 100 mais influentes, estão em plena ascensão, podendo, mantida a trajetória ascendente, estar futuramente na elite parlamentar.

 

Fonte:cidadeverde.com

  • Blossom
  • Paraiba
  • Espeto e Cia
  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Casa Boa Esperança