• Posto Aliança
  • Garoto
  • Oticas Floriano
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Dario PAX

O Partido da Mobilização Nacional (PMN) realizou neste sábado (30) convenção que oficializou a candidatura de 31 filiados para disputar vaga na Câmara de Teresina nas eleições municipais.

amadeu campos na convencao 368835Amadeu Campos na convenção. (Imagem:Divulgação/Ascom)

O PMN faz parte da coligação “Hora do Novo – Tempo de Mudar” juntamente com o PTB, PT, PTC e PROS em apoio ao candidato à prefeito de Teresina, jornalista Amadeu Campos (PTB), que também esteve presente no ato juntamente com seu candidato a vice Décio Solano (PT).
O presidente do diretório municipal do PMN, Gilmar Ovelhão, destacou que o partido escolheu apoiar a candidatura do jornalista Amadeu Campos por representar a renovação que a cidade de Teresina precisa. “Iremos marchar juntamente com Amadeu Campos convictos de que fizemos a melhor escolha e de que ele atende os objetivos do nosso partido. Nossos candidatos a vereadores farão a diferença nesta disputa eleitoral”, defendeu o presidente.
O candidato à Prefeitura de Teresina, petebista Amadeu Campos, em discurso durante a convenção, ratificou seu desejo de contribuir com a melhoria da vida dos teresinenses para que não precisem se descolar de madrugada para marcar consultas, ficar em paradas de ônibus desconfortáveis, dentre outros problemas que fazem parte diariamente da cidade.

“Quero atuar ao lado do secretário estadual de segurança Fábio Abreu para a redução da microcriminalidade, dando paz aos teresinenses que estão sendo vítimas da violência a todo o momento. Nós representamos a mudança e a esperança de dias melhores”, enfatizou o jornalista.
O presidente estadual do PTC, deputado Evaldo Gomes, que também esteve presente no ato afirmou que o novo sempre ganhou na cidade de Teresina. Em seu discurso, o parlamentar relembrou a última eleição para o Senado em que Elmano Férrer ganhou a vaga em disputa contra o ex-governador Wilson Martins. “Todo mundo dizia que o trator iria derrubar o Véin e hoje Elmano é nosso senador. Esse time vai vestir a camisa para eleger Amadeu Campos e ele vai governar Teresina porque passou 32 anos no telejornalismo denunciando os equívocos da atual gestão”, finalizou o deputado estadual.

 

Fonte:cidadeverde.com

O Ministério Público Estadual, por meio da promotora Rita de Cássia de Carvalho, instaurou procedimento investigatório preliminar para apurar possíveis irregularidades em contrato firmando pela prefeitura de Municipal de Miguel Leão, que tem como gestor o prefeito Joel de Lima. A portaria foi assinada no dia 5 de julho.

A investigação se refere ao contrato firmado com a empresa Flaubeto Batista de Mesquita - ME, para os serviços de fornecimento de prótese dentária no valor de R$ 75 mil, com recursos do Cofinaciamento LRPD, na modalidade "Tomada de Preços".

joel de lima 286349Joel de Lima.(Imagem: Divulgação)

Para abrir o procedimento, a promotora considerou que em consulta ao Sistema LicitaWeb, do Tribunal de Contas do Estado, observou-se que no ano de 2015 o Município não realizou licitações acerca do objeto do contrato investigado. Rita de Cássia de Carvalho afirmou na portaria que cabe ao prefeito Joel de ima comprovar as razões pelas quais não abriu procedimento licitatório para contratar os serviços de fornecimento de prótese dentária no ano de 2015, vez que a Portaria de Habilitação do Centro de Especialidades Odontológicas - CEO do Município de Miguel Leão corresponde à GM 40, de 10 de janeiro de 2012.

De acordo com a promotoria, Miguel Leão recebe anualmente o montante equivalente a R$ 60 mil e mensalmente o valor de R$ 5 mil, figurando como sendo estadual a gestão dos ditos recursos.

A promotora Rita de Cássia Carvalho ainda determinou que seja encaminhado ofício ao prefeito Joel de Lima, requisitando cópia integral do contrato realizado pela Prefeitura de Miguel Leão e a empresa Flaubeto Batista de Mesquita – ME, cópia integral da Tomada de Preços que resultou na contratação e toda a documentação referente aos serviços já pagos pelo Município. Determinou também que o prefeito e o secretário de saúde sejam notificados para participar de audiência extrajudicial a ser realizada na promotoria de Justiça de Monsenhor Gil.

 

Fonte:GP1

 

Outro lado

Procurado, o prefeito Joel de Lima não foi localizado para comentar a investigação.

Na manhã desta quarta (27) o líder Zé Otávio declara apoio à pré-candidatura de Joel Rodrigues a prefeito em Floriano. O pré-candidato falou que homens que pensam adiante, que não pensam só em si, fazem como o líder que aderiu ao grupo.

thumbnail 28.7 Zé Otávio declara apoio à pré candidatura de Joel Rodrigues a prefeito em FlorianoAntonio Reis, Zé Otávio e Joel Rodrigues. (Imagem:Ascom)

“Mais um homem de bem que estava em caminhos diferentes, mas como todo bom guerreiro e pensante, deixou sua pré-candidatura pelo PSDB para ficar conosco. Tanto ele como nós, aqui do grupo, somos agora mais fortes. Receba nossas boas vindas, caríssimo Zé Otávio”, afirma Joel Rodrigues.


Fonte:Ascom, Jaquelina Nascimento

A defesa da presidente afastada Dilma Rousseff deve entregar até as 18h30 desta quinta-feira (28), as alegações finais na fase intermediária do processo de impeachment no Senado. O documento será entregue a Comissão Especial que analisa o caso.

O prazo inicial para a entrega da defesa deveria ter sido cumprido nesta quarta-feira (27). No entanto, o presidente da Comissão, Raimundo Lira (PMDB-PB), concedeu mais um dia para o envio das considerações finais, a pedido da defesa.

dilma entrega defesa do impeachment nesta quinta 368494Dilma entrega defesa do impeachment nesta quinta.(Imagem: AFP)

De acordo com o G1, nas alegações finais, a presidente afastada deve reforçar que não cometeu crimes de responsabilidade ao praticas as chamadas “pedaladas fiscais”. Os advogados da petista devem incluir, o recente pedido do Ministério Público do Distrito Federal para que a Justiça arquive a investigação nas “pedaladas fiscais”.

O procurador da República Ivan Cláudio Marx, acredita que os atrasos de pagamentos não configuram crime, por não se tratarem de operações de créditos. Já a acusação alega que as pedadas são empréstimos bancários, o que é vedado pela Lei de Responsabilidade Fiscal, caracterizando crime. No entanto, Marx afirma que as operações caracterizam improbabilidade administrativa, um delito civil e não crime de responsabilidade.

 

Fonte:GP1

  • Espeto e Cia
  • Blossom
  • Paraiba
  • Cabedo
  • Rastek
  • Casa Boa Esperança
  • Ada Atten