O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa (MDB), e o vice-prefeito, Robert Rios (PSB), tomaram posse, na manhã de sexta-feira (1°), em sessão virtual da Câmara dos Vereadores. A solenidade aconteceu de forma virtual em virtude da pandemia do novo coronavírus.

963f42fd 9552 4794 8ad2 5a5dcf5ec3ec

Após receber o cargo do prefeito Firmino Filho, do PSDB, Doutor Pessoa, garantiu, em discurso, que vai administrar a cidade em um momento difícil por causa da crise econômica gerada pela pandemia da Covid-19.

Ele declarou que sua gestão terá seis eixos de desenvolvimento, como sustentabilidade, segurança, esporte, educação, saúde e emprego.

"Sou José Pessoa Leal e dou graças a Deus pelo dom da vida em me permitir mais essa alegria que é ser prefeito de Teresina junto com meu amigo Robert Rios. Dedico esse momento a memória dos meus pais, que me orientaram a ser um cidadão. Vamos administrar a cidade num momento difícil que o Brasil vive de descontrole da economia e pela presença do coronavírus", declarou Doutor Pessoa, enfatizando que focará no social.

"Nossa administração será focada com prioridade nas políticas públicas, social e emprego e renda. Nossas ações sempre serão analisadas por indicadores internos e externos em 6 eixos", declarou Doutor Pessoa.

Doutor Pessoa disse que vai promover concursos públicos e olhar pelo patrimônio público da capital, como o Centro. Também prometeu que, em 3 meses, vai acabar as filas na saúde de Teresina, como consultas para médicos especialistas. "Após 3 meses, a fila que aí está quilométrica irá se acabar", garantiu.

Disse que terá uma administração eficiente e organizada. "Acharam que a gente ir jogar pedra na lua e que éramos incompetentes", declarou Doutor Pessoa.

Após a transmissão do cargo, Doutor Pessoa deu posse ao secretário de Governo, Adolfo Nunes.

 

 

Fonte: Meio Norte