• Paraiba
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Oticas Floriano
  • Garoto
  • Dario PAX
  • Posto Aliança
  • Paraiba

Por Paula Sampaio

O ex-senador João Vicente Claudino anunciou, na manhã desta terça-feira (25), a desistência da pré-candidatura a prefeito pelo PSDB.

2e33fa1f696e2c70133403d3178427f5Fotos: Renato Andrade/Cidadeverde.com

Ainda em entrevista, JVC garantiu que o partido seguirá com a pré-candidatura própria em Teresina. Ele revelou que o ninho tucano encomendou duas pesquisas e que os nomes avaliados são o do presidente da federação Jorge Lopes, o vereador Edson Melo e o jornalista Silas Freire.

“Eu disse que só seria candidato se afastasse a direção estadual, eu comuniquei a nacional, acho que não afasta até o dia da convenção, marcada para o dia 27 de julho, e eu disse que nessa situação eu não seria candidato […] Não teria como participar dessa maneira, então o caminho era escolher o outro nome”, completou.

O resultado da pesquisa deverá ser divulgado na próxima segunda-feira.
O diretório estadual do PSDB está sob o comando do ex-deputado Luciano Nunes. O tucano, recentemente, declarou apoio à pré-candidatura do petista Fábio Novo.

A manutenção do comando estadual foi elencado por João Vicente como o principal motivo para não seguir como pré-candidato.

Sobre essa situação, JVC relembrou um momento que ele próprio viveu:

“Eu já vivi momentos em que estava no PTB, onde o Elmano lançou sua pré-candidatura e eu não concordei, votei no Firmino. O que eu fiz para não trair o partido? Eu me desfiliei para não cometer essa incoerência. As outras pessoas poderiam se afastar, se licenciar para deixar que os outros faça o seu caminho”, disse.

Por fim, ele também confirmou que o nome dele segue à disposição para comandar o PSDB no Piauí.

 

Fonte:cidadeverde.com

  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Espeto e Cia