• Farmaduty
  • Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Garoto
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Farmaduty
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Oticas Floriano

A Polícia Civil do Rio de Janeiro indiciou dois filhos da deputada federal Flordelis dos Santos pelo assassinato de seu marido, pastor Anderson do Carmo de Souza. A titular da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí, Bárbara Lomba, pediu ainda a prisão preventiva dos dois, que já estão presos desde 20 de junho.

35cc6fb2030e0815b9081c31cb527932Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Ao entregar o inquérito ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, a delegacia especializada pediu que Flávio dos Santos Rodrigues e Lucas Cezar dos Santos de Souza respondam pelo crime de homicídio qualificado.

A delegada titular da delegacia especializada desmembrou as investigações e dará início agora à segunda fase do inquérito, para identificar possíveis coautores do crime.

Anderson foi assassinado a tiros em 16 de junho, logo após ter chegado em casa, na cidade de Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Foram encontradas 30 perfurações de balas em seu corpo e seu aparelho celular desapareceu no dia do crime.

A defesa de Lucas Cezar dos Santos de Souza disse à Agência Brasil que seu cliente é inocente e que provas colhidas na investigação mostram que ele saiu da casa antes do crime. "Os elementos colhidos na investigação denotam a não participação do Lucas. Ele esteve na casa, porém saiu muito antes da suposta execução", disse o advogado Victor Viana.

Já a defesa de Flávio criticou a condução das investigações e disse que não teve acesso ao inquérito, nem a depoimentos de seu cliente, que foram prestados sem a presença de um advogado. "Nos traz um alívio que seja remetido ao Judiciário. Sabemos que vamos poder desempenhar o nosso papel com mais lisura, efetividade e mais respeito por parte do Judiciário", disse o advogado Maurício Mayr, acrescentando que a defesa pretende contestar provas e inquirir testemunhas.

Fonte: Agência Brasil

A moto Honda Pop 100, ano 2013, cor vermelha, placa LWC-1825 Floriano-Piauí, que foi tomada de assalto na tarde de 25 de julho quando a sua proprietária Professora Graciane se dirigia para seu local de trabalho,foi encontrada totalmente destruída pelo fogo. Segundo informações chegadas a nossa reportagem, o responsável pelo ato foi um menor residente no Conjunto Gabriel Kalume. O caso deve ser apurado pela equipe da Polícia Civil de Floriano.

WhatsApp Image 2019 08 13 at 13.34.50Moto totalmente destruída. (Imagem:Divulgação)

Da redação

Como acontece todas as manhãs, nossa reportagem esteve no Quartel do 3º Batalhão Policial Militar para colher informações do plantão policial e segundo a equipe de plantão, não foi registrada nenhuma ocorrência nas últimas 12 horas. No momento em que a gente foi naquela unidade militar, o Tenente Renato Fernandes estava em rondas, mas o Cabo de Sousa sem conceder entrevista falou que foi sem alteração

WhatsApp Image 2019 08 13 at 09.00.00Temístocles Filho. (Imagem:jc24horas)

Da redação

Mais um suspeito de participar da morte do jogador Helton Carlos do Nascimento, que atuou no Campeonato Piauiense sub-19, foi preso - em cumprimento de mandado de prisão temporário - nesta segunda (12). O suspeito foi identificado como Anderson Carvalho da Silva.

61559b2bdbf56b50fbcb9ccc093edde3

O major Audivam Nunes, da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública, informou ao Cidadeverde.com que Anderson Carvalho tentou fugir do local em que estava escondido - uma casa na Vila Jerusalém, zona Sul de Teresina, pulando alguns muros residências. Ao ser preso, o major disse que o suspeito se manteve calado sobre as acusações.

“Nós o prendemos hoje, por volta das 11 horas. Ele estava escondido em uma ‘boca de fumo’ com medo de ser preso. Tivemos informações que ele estava lá. Então, montamos uma operação e, quando chegamos ao local, ele tentou fugir, pulou uns muros, mas conseguimos prendê-lo”.

Anderson foi encaminhado para a Central de Flagrantes e deverá passar por audiência de custódia nesta terça (13).

De acordo com o major, o preso de hoje é suspeito de atirar contra a vítima. “A informação que nós temos é que são três envolvidos: um já foi preso, o outro, que seria o atirar, foi pego hoje, e tem um terceiro, que está foragido e teria dado cobertura”, disse.

Lucas Felipe Santos de Melo, 19 anos, foi preso em casa, na zona Norte de Teresina, no dia 07 de agosto desde ano.

O assassinato do jogador foi investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ao Cidadeverde.com, o coordenador do DHPP, delegado Francisco Costa Baretta, disse que a vítima foi morta por engano. O alvo seria um indivíduo com as mesmas características da vítima, suspeito de ter matado a mãe de um dos envolvidos em 2008.

"Foi um crime complexo porque os atiradores estavam de capacetes. A motivação foi vingança. A mãe do Wagner foi morta em 2008 e ele prometeu vingar. No dia da morte do jogador, um indivíduo identificado como Bruno que seria parente do autor da morte da mãe de Wagner, estava lá e eles foram para matar, mas acabaram tirando a vida de um inocente, um jovem com um futuro promissor", disse Baretta na época da primeira prisão.

 

Fonte:cidadeverde.com

  • Espeto e Cia
  • Blossom
  • Paraiba
  • Rastek
  • Casa Boa Esperança
  • Cabedo
  • Ada Atten