• Oticas Floriano
  • Garoto
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Garoto
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano

Mais um suspeito de participar da morte do jogador Helton Carlos do Nascimento, que atuou no Campeonato Piauiense sub-19, foi preso - em cumprimento de mandado de prisão temporário - nesta segunda (12). O suspeito foi identificado como Anderson Carvalho da Silva.

61559b2bdbf56b50fbcb9ccc093edde3

O major Audivam Nunes, da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública, informou ao Cidadeverde.com que Anderson Carvalho tentou fugir do local em que estava escondido - uma casa na Vila Jerusalém, zona Sul de Teresina, pulando alguns muros residências. Ao ser preso, o major disse que o suspeito se manteve calado sobre as acusações.

“Nós o prendemos hoje, por volta das 11 horas. Ele estava escondido em uma ‘boca de fumo’ com medo de ser preso. Tivemos informações que ele estava lá. Então, montamos uma operação e, quando chegamos ao local, ele tentou fugir, pulou uns muros, mas conseguimos prendê-lo”.

Anderson foi encaminhado para a Central de Flagrantes e deverá passar por audiência de custódia nesta terça (13).

De acordo com o major, o preso de hoje é suspeito de atirar contra a vítima. “A informação que nós temos é que são três envolvidos: um já foi preso, o outro, que seria o atirar, foi pego hoje, e tem um terceiro, que está foragido e teria dado cobertura”, disse.

Lucas Felipe Santos de Melo, 19 anos, foi preso em casa, na zona Norte de Teresina, no dia 07 de agosto desde ano.

O assassinato do jogador foi investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ao Cidadeverde.com, o coordenador do DHPP, delegado Francisco Costa Baretta, disse que a vítima foi morta por engano. O alvo seria um indivíduo com as mesmas características da vítima, suspeito de ter matado a mãe de um dos envolvidos em 2008.

"Foi um crime complexo porque os atiradores estavam de capacetes. A motivação foi vingança. A mãe do Wagner foi morta em 2008 e ele prometeu vingar. No dia da morte do jogador, um indivíduo identificado como Bruno que seria parente do autor da morte da mãe de Wagner, estava lá e eles foram para matar, mas acabaram tirando a vida de um inocente, um jovem com um futuro promissor", disse Baretta na época da primeira prisão.

 

Fonte:cidadeverde.com

Duas pessoas foram presas nesta segunda (12) suspeitas de participação na morte de Francismar Araujo Vieira da Silva, vulgo "Lourim", no dia 11 de junho deste ano. A vítima dormia com a família quando foi alvejada com disparos de arma de fogo em sua residência, na invasão Dandara dos Cocais, no residencial Jacinta Andrade, na zona Norte de Teresina.

dc6631465dadd015bed12b958f500022Foto: Roberta Aline

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa identificou os presos como Jose Humberto da Costa, conhecido por "Betim", e Eduardo Rodrigues Batista, o "Dudu".

A investigação esteve sob o comando do delegado Robert Lavor, do DHPP. Lavor destacou que as duas prisões ocorreram na mesma invasão onde aconteceu o assassinato. Na oportunidade, o delegado ressaltou que o DHPP disponibiliza o número 181 para denúncia anônimas.

"Eles moram próximos, na mesma invasão. Por isso, diante da familiaridade entre vítima e suspeitos foi mais fácil desenhar a dinâmica do crime e seus autores. Houve o cumprimento dos dois mandados de prisões preventivas. Agora, o inquérito será finalizado e enviado à Justiça", disse o delegado.

 

Fonte:cidadeverde.com

Um lavrador foi preso nesta segunda (12) suspeito de estuprar e engravidar a própria Irmã, que tem menos de 14 anos. Atualmente com 23 anos, o suspeito foi identificado como Francisco das Chagas Cordeiro e, apesar de ter confessado aos pais, negociou a acusação em depoimento, relatou o delegado titular de Piracuruca, Hugo Alcântara.

3f32306ffb1aa5984f910419a3590460Foto: PCPI

O caso ocorreu na zona rural de Piracuruca. O irmão manteve relações com a vítima desde quando ela tinha nove anos de idade. Ela teve a gravidez interrompida assegurada por meio do Código Penal.

“Esse inquérito é de 2017, quando chegou ao nosso conhecimento que a vítima passou mal na escola e, após isso, descobriram que ela estava grávida do próprio irmão. Ela era menor de 12 anos, e confessou que manteve relações com os dois irmãos, o mais velho e um de quase a mesma idade. O pai seria o irmão velho (Francisco)”, disse o delegado.

Hugo Alcântara relatou que na época os pais chegaram a expulsar o filho mais velho de casa. Na época, a vítima passou um tempo na casa de parentes em outro estado, por onde passou por exames de corpo de delito. “Ele mantinha relações frequentes com ela sempre que os pais saiam de casa. O inquérito foi concluído e enviado a Justiça, mas só agora saiu esse mandado de prisão preventiva. Os envolvidos confessaram aos pais, mas Francisco negou os fatos para a polícia”.

O irmão mais novo não foi preso porque, na época dos fatos, os dois tinham praticamente a mesma idade, menores de 14 anos. O delegado comentou que, nestes casos, há uma discussão sobre estupro bilateral, não se sabe até que ponto qual dos dois é vítima uma vez que ambos são crianças. Nesse caso, não comporta prisão.

Francisco das Chagas foi preso pela prática do crime de estupro de vulnerável, artigo 217-A do Código Penal Brasileiro, que dispõe sobre a conjunção carnal ou ato libidinoso com menor de 14 anos. A pena de reclusão é de oito a 15 anos.

 

Fonte:cidadeverde.com

A comerciária que foi vítima de roubo nas primeiras horas da manhã de hoje quando dois homens tomaram a sua motocicleta de assalto no momento em que ela chegava ao seu local de trabalho, concedeu uma entrevista ao Portal jc24horas, falando dos momentos de terror que passou e que graças aos colegas de trabalho  e aos policiais militares o elemento foi preso e a moto recuperada.

WhatsApp Image 2019 08 12 at 12.23.56 1Faca do suspeito e bolsa da vítima. (Imagem:Reprodução/jc24horas)

Lucileide Alves disse que nunca tinha passado por esse tipo de experiência mas o seu esposo Gilson Osório, já foi assaltado duas vezes. Os dois elementos começaram a seguir a vítima no bairro Irapuá e fizeram a abordagem no centro da cidade levando sua bolsa e sua moto. Durante a entrevista que foi concedida ao vivo, ela preferiu não mostrar o rosto mas contou com detalhes como tudo aconteceu. 

Da redação

  • Blossom
  • Paraiba
  • Espeto e Cia
  • Casa Boa Esperança
  • Rastek
  • Cabedo
  • Ada Atten