• Paraiba
  • Oticas Floriano
  • Dario PAX
  • Garoto
  • Posto Aliança
  • floriano shop
  • Construforte
  • Vista bela
  • Farmaduty
  • Vista bela
  • Construforte
  • Garoto
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Posto Aliança
  • floriano shop
  • Paraiba
  • Oticas Floriano

A mulher identificada como Vera Lúcia, que foi conduzida pela Polícia Militar para a Central de Flagrantes para explicar como gastou R$ 29.000,00 (vinte e nove mil) reais adquiridos na venda de um imóvel de um casal de idosos no MT, prestou depoimento e foi liberada. Apesar dela ter usado o dinheiro para se hospedar em hotel de luxo em Floriano e da história de maus tratos com o casal contada por uma das vítimas, na legislação não existe motivo para que ela ficasse presa, por conta disso ela prestou depoimento e foi liberada.

WhatsApp Image 2021 09 19 at 04.22.09
É no mínimo revoltante saber que um casal idosos doentes, ela com fratura no fêmur e ele com AVC, vendeu seu único bem com o objetivo de vir para Floriano e daqui providenciar o tratamento em Teresina, hoje não tem condições sequer, de pegar um taxi para ir numa consulta médica. Todo o dinheiro que eles tem é R$ 100,00 (cem reais) que a Vera Lúcia deixou com a cuidadora para comprar o remédio segunda-feira.
Em entrevista concedida ao jc24horas, a idosa disse que pagava R$ 600,00 (seiscentos reais) para Vera cuidar deles, mais R$ 1.000,00 (mil reais) para as despesas de alimentação, mas só comiam duas vezes por dia, sendo um pão com café por volta das 10h da manhã e um almoço geralmente requentado por volta das 15h
A casa que eles estão morando em Floriano está com o aluguel pago adiantado por seis meses, depois disso eles vão continuar pagando com o dinheiro da aposentadoria que já as vezes não é suficiente nem pra despesa de farmácia e alimentação. Além de ficarem sem o único bem, o casal que não tem filhos adquiram duas novas despesas. Aluguel e pagamento de cuidadora em Floriano.

Da redação

A reação rápida de um policial civil do Maranhão durante uma tentativa de assalto terminou na morte de um suspeito, na tarde deste sábado (18), no bairro Vermelha, zona Sul de Teresina. O caso aconteceu na Rua João Bastos, por volta de 13h20.

3ba83f211379333191118808543913ceFoto enviada por WhatsApp

De acordo com a Polícia Militar, o homem estava em uma moto acompanhado de outro suspeito, que conseguiu fugir.

"Eram dois em uma moto e o policial conseguiu alvejar um deles. A perícia está no local", disse o 1º BPM.

De acordo com as primeiras informações, o policial estaria tirando seu carro de uma garagem quando foi abordado e reagiu.

"Ninguém sabe se os bandidos vinham atrás da vítima", disse um policial do 1º BPM.

O policial foi conduzido à Central de Flagrantes para depoimento.

 

Fonte:cidadeverde.com

Policiais Penais da Secretaria de Justiça participaram, na última quinta-feira (16), de operações na região Sul do Estado. Nas cidades de Floriano, São Raimundo Nonato e Dirceu Arcoverde, os servidores da Sejus estiveram em ação em missões conjuntas com as Polícias Civil e Militar.

136ae1b5bef0c402d6529cf470df0743Foto: Ascom/Sejus

As ações foram realizadas para combater organizações criminosas que atuam no tráfico de drogas nas cidades. Os policiais penais, juntamente com policiais civis e militares, deram cumprimento a mandados de prisão e busca e apreensão.

“A Polícia Penal faz parte da segurança pública, foi reconhecida na Constituição Federal. Por isso, buscaremos sempre fazer com que a nossa polícia seja integrada em operações com as demais forças de segurança do nosso Estado. Vai ser importante tanto dentro quanto fora de nossas unidades penais. A Sociedade piauiense só terá a ganhar”, ressaltou o Secretário de Justiça, Carlos Edilson.

 

Fonte: cidadeverde.com

WhatsApp Image 2021 09 18 at 13.01.54Dona Vera Lúcia, sendo conduzida à Central de Flagrantes. Imagem: Reprodução

Foi conduzida à Central de Flagrantes de Floriano, uma mulher conhecida por Vera Lúcia. A mesma estava no Conjunto Aparecida Procópio e pesa sobre ela a acusação de ter vendido a casa de um casal de idosos em Mato Grosso, no valor de R$ 29.000,00, e ter gasto todo dinheiro.

O portal jc24horas esteve no local no momento da condução e conversamos com as assistentes sociais Teles e Regina e as mesmas disseram que dona Vera Lucia teria chegado em Floriano com o casal de idosos e se hospedado no Hotel Pousada. Ao tomarem conhecimento, as assistentes estiveram no hotel e tentaram convencer dona Vera a mudar para um local mais em conta ou até mesmo uma casa de acolhimento, mas ela alegou que precisaria de uma cadeira de rodas. Quando as assistentes conseguiram a cadeira de rodas, dona Vera disse que não precisava mais porque já tinha outros planos. Ela alugou uma casa pra o casal no citado conjunto, e comprou alguns móveis usados.

WhatsApp Image 2021 09 18 at 13.01.54 1Sr. Lourival, Bonjesuense. (Imagem: Reprodução)

Nós conversamos com o casal, Dona Audália e Sr. Lourival, que alegam que a dona Vera foi era vizinha deles no MT e trabalhava como cuidadora dos mesmos e recebia 600,00 pela função. Ela teria convencido o sr. Lourival, que é piauiense da cidade de Bom Jesus, a vender a casa e vir embora pra o Piauí para tratamento médico. Dona Audália disse que eles não eram bem tratados por dona Vera e até a comida era limitada. A idosa reivindica o dinheiro da venda da casa.

No momento em que a policia chegou, dona Vera já estava com as malas arrumadas e tudo indica que era pra ir embora de Floriano e, questionada por nossa reportagem sobre o dinheiro, começou a falar sobre os móveis que comprou, mas disse não se lembrar de tudo que foi gasto e alega que não tem mais dinheiro nenhum.

Da redação