• Oticas Floriano
  • Posto Aliança
  • Dario PAX
  • Farmaduty
  • Garoto
  • Posto Aliança
  • Oticas Floriano
  • Garoto
  • Dario PAX
  • Farmaduty

A Polícia Civil está investigando um caso de estupro de uma criança de apenas 11 anos, que teria sido abusada por pelo menos sete suspeitos, cinco menores e dois adultos, na cidade de Geminiano, próximo a Picos, região sul do estado.

delegado geral da policia civil do piaui riedel batista 362538Delegado Geral da Polícia Civil do Piauí, Riedel Batista.(Imagem: Lucas Dias/GP1)

De acordo com o delegado geral da Polícia Civil do Piauí, Riedel Batista, os familiares da vítima denunciaram o crime há 20 dias, data em que o delegado deu início ao inquérito. “As investigações estão bem avançadas e o delegado Divanilson já conseguiu identificar, até o momento, a participação de cinco menores e dois adolescentes, no entanto, não se trata de um estupro coletivo. Os casos ocorreram em situações diferentes, em momentos diferentes, mas dentro da cidade”, afirmou.O delegado acrescentou que o inquérito segue em sigilo, mas garantiu que logo depois que os envolvidos estiverem devidamente identificados as prisões serão solicitadas. “Foram colhidos os depoimentos, o delegado está tendo uma atenção especial para poder finalizar a identificação de todas as pessoas. O inquérito está sob segredo de Justiça, mas como eu ressaltei, está bem avançado”, finalizou.

O coordenador do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor no Piauí (Procon-PI), o promotor Nivaldo Ribeiro, disse, em entrevista ao Notícia da Manhã desta quinta-feira (28), que o “interesse público tem que prevalecer sobre o interesse privado”. A afirmação faz referencia a implantação do sistema de bloqueio de sinal de celulares nos presídios do Piauí.

4c0e5c5f88b06b45bacf52bd57e9dea0Celulares apreendidos em presídios. (Imagem:Divulgação)

Isso porque o sistema de bloqueio deverá interferir também nas residências localizadas ao redor dos presídios. Logo, os moradores vizinhos poderão ficar com o recebimento de sinal prejudicado.

O promotor reuniu-se ontem (27) com o secretário de Justiça do Estado, Daniel Oliveira, a assessora jurídica da Secretaria de Justiça, Lyana Floro, e os com representantes das operadoras de telefonia celular. A reunião aconteceu na sede do Procon-PI em Teresina. Representantes da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) também estiveram presentes

“Ontem foi a primeira audiência do mecanismo de implementação de bloqueadores dos presídios. Ficou marcada uma nova audiência para o dia 1º de setembro, quando iremos ouvir os especialistas para que o sistema seja implementado até dezembro. O sistema demorou um pouco, mas as operadoras deram sinal positivo. A Sejus também deverá informar as características dos presídios, inclusive as pessoas que moram entorno e poderão ser prejudica com o bloqueio, mas se algum consumidor for atingido ele deverá entender a questão da segurança e, se houver bloqueio, o interesse público deve prevalecer sobre o privado”, disse Nivaldo Ribeiro.

Para o secretário Daniel Oliveira, o objetivo da reunião é, junto com as operadoras e com apoio do Ministério Público e da Anatel, dar celeridade e eficiência à implantação dos bloqueadores de sinal telefônico nas unidades penitenciárias do Estado.

"A próxima reunião, prevista para o dia 1º de setembro, também contará com a parte técnica, para definir sobre a operacionalização em si do sistema de bloqueio de sinal", explica o gestor. Ele acrescentou ainda que o sistema deverá estar em operação até dezembro desde ano.

A Secretaria de Justiça apresentará, para as operadoras, informações acerca da estrutura física das 15 unidades prisionais, mapeamento do entorno dos presídios, dentre outras características técnicas das penitenciárias.

A Lei nº 6.844/2016, que trata da instalação, pelas operadores de telefonia celular, de tecnologia para bloquear sinais de radiocomunicação nos estabelecimentos penais do Piauí, foi sancionada pelo governador do Estado, Wellington Dias, no dia 14 de junho.

Com a sanção, as empresas de telefonia devem instalar os bloqueadores do sinal de celular no prazo máximo de 180 dias, a contar da data de publicação no Diário Oficial do Estado. O descumprimento da Lei prevê multas diárias, que variam de 100 a 1.000 salários mínimos.

18d3400d958b7d0239c075649f978fb0Promotor Nivaldo Ribeiro em entrevista ao Notícia da Manhã. (Imagem:cidadeverde.com)

 

Fonte:cidadeverde.com

Preso pelo Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público no último dia 14 e prestes a ter homologado um acordo de colaboração premiada, o advogado Igor Martins, será ouvido, dentro das próximas horas, na superintendência da Polícia Federal no Piauí, segundo fonte da instituição, sobre a maneira como opera o esquema de corrução em prefeituras municipais.

advogado igor martins 366970Advogado Igor Martins. (Imagem:Divulgação)
Entre outras coisas, a Polícia Federal quer saber se o esquema ultrapassa os limites das prefeituras e se receberia cobertura de integrantes de outras instituições, como existem suspeitas.

 

Fonte:GP1

A promotora de Justiça Vera Lúcia Santos está com quadro estável e se recuperando da cirurgia na cabeça em um quarto no Hospital São Marcos. A promotora da Infância e Juventude de Teresina se envolveu em um acidente em Regeneração, quando retornava para Teresina, no último dia 13 de julho.

031d848102b9691eeb1bbde65780f21fPromotora Vera Lúcia sai da UTI e se recupera ainda no hospital.(Imagem:Divulgação)

De acordo com o presidente da Associação Piauiense do Ministério Público (APMP), Glécio Setúbal, ela deixou a Unidade de Terapia Intensiva no final da semana passada.

“Ela ainda está no hospital, mas fora de risco. Não está conversando muito, acho que é natural por conta do trauma na cabeça, mas tem recebido visitas dos colegas”, declarou o promotor.

Vera Lúcia sofreu acidente em seu carro particular. A colisão do tipo frontal e resultou na morte do jovem identificado como Jardison Barbosa Filho, 20 anos, que pilotava uma motocicleta.

Após o acidente, ela foi encaminhada para o HUT e depois transferida para outro hospital. Ela sofreu uma fratura leve no crânio e, no primeiro momento, os médicos não fizeram nenhum procedimento cirúrgico, mas os exames mostraram a necessidade de uma pequena cirurgia, por causa de um edema que se formou.

 

Fonte:cidadeverde.com

  • Espeto e Cia
  • Paraiba
  • Blossom
  • Cabedo
  • Ada Atten
  • Casa Boa Esperança